go to content

Entenda como o sexo afeta o desempenho dos atletas olímpicos

Porque, você sabe, a Vila está pegando fogo.

publicado

Caso você ainda não saiba, rola muito sexo entre os atletas durante a Olimpíada.

Yasuyoshi Chiba / AFP / Getty Images / Via gettyimages.com

O que faz sentido. Os atletas treinam duro por anos para os Jogos Olímpicos. Agora, eles finalmente – e literalmente – veem a linha de chegada. E eles dividem a Vila Olímpica com milhares de outras pessoas com ambições parecidas e que são privilegiadas quando o assunto é força, flexibilidade e resistência.

Eles não vão deixar de fazer sexo.

O Comitê Olímpico Internacional inclusive disse que iria fornecer 450 mil camisinhas para os atletas.

Buda Mendes / Getty Images / Via gettyimages.com

O que faz sentido, especialmente se considerarmos que o vírus da zika, embora incomum nos meses de inverno, pode ser transmitido sexualmente. Sem mencionar todos os outros ótimos motivos para fazer sexo com proteção.

Então, com tudo isso acontecendo, é possível que o sexo afete o desempenho dos atletas?

BBC / Via prostheticknowledge.tumblr.com

Para descobrir se os orgasmos atrapalham (ou melhoram!) o desempenho físico, o BuzzFeed Health conversou com o cientista esportivo e treinador Mike Young, diretor de desempenho e pesquisa do Athletic Lab, nos EUA, e com o psicólogo esportivo Stephen Graef, professor na Universidade Estadual de Ohio (EUA). Eis o que eles disseram:

Existe muita superstição com relação ao sexo antes do esporte.

youtube.com / Via giphy.com

Especialmente para os homens.

"Muitos ainda acreditam que o vigor do homem está em seu esperma e que, ao se abster da atividade sexual, é possível manter a testosterona alta ou aumentá-la," diz Young. "Mas isso já foi completamente refutado pela ciência."

Na verdade, as pesquisas mostram que os níveis de testosterona normalmente sobem depois do sexo, tanto para homens quanto para mulheres. Portanto, sexo antes de um grande evento pode, na verdade, criar uma vantagem drástica, diz Young, embora ela não dure até o dia seguinte.

Outra crença é que a frustração sexual pode levar a um aumento de agressividade, o que seria benéfico para alguns esportes. Mas não existe nenhuma pesquisa que embase essa hipótese.

Até agora, nenhuma pesquisa descobriu efeitos negativos de transar antes de competir.

Nike / Via giphy.com

Uma revisão de todas as pesquisas sobre sexo antes de eventos esportivos descobriu que aliviar a tensão antes do dia da competição não parece fazer mal.

Por outro lado, um estudo descobriu que fazer sexo até duas horas depois de um evento pode impactar o tempo de recuperação. Fora isso, o sexo não atrapalha a concentração ou o desempenho do atleta.

O que importa, na realidade, é como as pessoas reagem ao sexo.

Jordan Mansfield / Getty Images / Via ew.com

Para alguns, o sexo pode ser uma distração bem-vinda, um redutor de estresse e um reforço no ego antes do jogo, explica Graef. Para outros, pode criar ansiedade, cansaço e esgotamento mental.

Tudo também depende do parceiro sexual, do esporte a ser realizado e se os parceiros competirão um contra o outro no dia seguinte, disse Graef. Sim, isso pode acontecer.

Um estudo feito por Young descobriu que existe uma autoprofecia quando se trata de sexo.

m_phelps00 / Via instagram.com

"Descobrimos que o que mais importava era a noção preconcebida do impacto – ou não – do sexo nas pessoas," diz Young.

O estudo, encomendado por Adam & Eve, incluía jogadores universitários de atletismo de alto nível – 11 homens e 10 mulheres. Os pesquisadores perguntaram quais eram as percepções dos atletas com relação a fazer sexo ou se masturbar antes de uma competição e, depois, registraram o desempenho deles, observando se eles tinham feito sexo ou não na semana anterior.

"Descobrimos que o código moral ou a percepção dos atletas do que ia acontecer tinham muito peso", disse Young.

Atletas que acreditavam que deveriam se abster tinham maior probabilidade de ter um impacto negativo no desempenho se tivessem feito sexo ou se masturbado recentemente. Já os atletas que acreditavam que o sexo trazia benefícios tinham maior probabilidade de ter um impacto positivo no desempenho depois de uma transa.

Mesmo que o ~sexo~ não atrapalhe o atleta, outras coisas podem – como ficar acordado a noite toda, beber, fumar etc.

Flickr: whitehouse

Segundo rumores, a Vila Olímpica pega fogo.

Então, não estamos falando de fazer sexo com um parceiro comum – estamos falando de sexo com alguém que você provavelmente acabou de conhecer e que pode ou não falar a mesma língua que você.

Se você ficou fora até tarde com essa pessoa, bebeu e ficou acordado a noite toda com ela, isso pode afetar você física e mentalmente, independente de ter feito sexo ou não.

O que isso significa para os atletas não olímpicos, que às vezes também transam antes de malhar?

youtube.com / Via giphy.com

Mais uma vez, tudo depende da pessoa, diz Graef. Existem muitos motivos para o sexo ajudar – ele traz um aumento drástico de testosterona e reduz os hormônios do estresse.

Mas, se você é do tipo que prefere rolar para o lado e dormir depois da transa, então, sim, você provavelmente não vai querer sexo antes de ir para a academia.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss