back to top

19 problemas penianos que realmente existem

A vida é difícil. Mas talvez seja bem gostoso no final.

publicado

1. Você pode quebrar o seu pênis.

instagram.com

Pois é, não há nenhum osso no seu pênis, mas você pode fraturá-lo. Isso acontece quando há um rompimento na parte do pênis chamada túnica albugínea. Quando isso acontece (tipicamente durante o sexo), você ouve um som alto de estalo e acontece uma perda imediata da ereção.

Vá para a sala de emergência o mais rápido possível, pois estudos mostram que os resultados são melhores se você for atendido dentro das primeiras 24 horas. Aqui há mais informações sobre como não quebrar o seu pênis.

2. Seu pênis não vai cooperar depois de umas biritas.

Álcool demais pode fazer com que seja mais difícil para você ter uma ereção, mantê-la ou ejacular, diz ao BuzzFeed Life o Dr. Harry Fisch, professor clínico de urologia e medicina reprodutiva do Weill Cornell Medical College. É mais provável que o álcool aja como um calmante que entorpece os seus sentidos (incluindo a sensibilidade peniana). Então, se você planeja usar o seu pênis mais tarde, estabeleça um limite de álcool no começo da noite.
Artlite / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Álcool demais pode fazer com que seja mais difícil para você ter uma ereção, mantê-la ou ejacular, diz ao BuzzFeed Life o Dr. Harry Fisch, professor clínico de urologia e medicina reprodutiva do Weill Cornell Medical College. É mais provável que o álcool aja como um calmante que entorpece os seus sentidos (incluindo a sensibilidade peniana). Então, se você planeja usar o seu pênis mais tarde, estabeleça um limite de álcool no começo da noite.

3. Você pode notar sangue no seu pênis.

youtube.com

OK, tente não enlouquecer. Isso se chama hematospermia ou hemospermia e, geralmente, isso não significa câncer, diz Fisch. Pode ser uma coisa que acontece de vez em quando ou um problema persistente, e mesmo que esse problema vá embora sozinho, você provavelmente vai querer se consultar com um médico, caso ele persista.

"Sangue no sêmen quase sempre tem uma causa não tão grave", diz ao BuzzFeed Life o Dr. Abraham Morgentaler, diretor do Men's Health Boston e professor clínico associado de urologia na Harvard Medical School. Pode ser inflamação ou infecção na próstata ou nas vesículas seminais, pedras nos dutos ejaculatórios ou uma lista inteira de outras coisas. Às vezes, os médicos não conseguem descobrir precisamente a causa, mas na maioria dos casos não é nada grave, diz Morgentaler. Dito isso, se você vir sangue na sua urina, vá ao médico, já que pode ser uma coisa mais séria.

4. Você pode ter dor nas bolas.

instagram.com

Tecnicamente não é um problema peniano, mas é da mesma vizinhança e seu membro está envolvido. Dor nas bolas é muito real. Isso se refere à dor testicular que ocorre depois de estimulação sexual prolongada sem ejaculação. Basicamente, o que acontece é que todo o fluxo sanguíneo e de fluídos aumentado pode fazer com que os seus ovos doam MUITO. Felizmente, essa dor vai embora com a ejaculação ou um pouco depois. E obviamente isso não é razão para se queixar com a sua parceira pedido para ela acabar com isso — sua própria mão pode se encarregar de fazer o serviço.

5. Você pode continuar mandando ver, sem conseguir ejacular.

Comedy Central / Via madeupmonkeyshit.tumblr.com

Ejaculação tardia acontece quando você não tem problemas para ter ou manter uma ereção, mas tem problemas ao ejacular — particularmente com uma parceira. Isso acontece muito como resultado de masturbação em excesso ou se masturbar de forma que não seja recíproca com uma parceira (como com muita firmeza ou rapidez ou quando se está assistindo pornografia), diz Fisch.

Certos remédios, como comprimidos para pressão alta, antidepressivos e narcóticos também podem ser responsáveis. Se isto está acontecendo com você, primeiro veja se pode dar um tempo com seus hábitos de masturbação ou mude a forma de relaxar. Se isso não ajudar, fale com o seu médico sobre quaisquer fatores físicos ou psicológicos que possam estar por trás disso. Aqui há mais algumas razões pelas quais você pode não estar conseguindo ter um orgasmo.

6. Você pode ter orgasmos muito, muito rápidos e ficar frustrado com isso.

gifhop.tumblr.com

Ejaculação precoce é tipicamente definida como ter um orgasmo em menos de um minutos de penetração e se sentir aflito ou ansioso por isso, diz Morgentaler. Há dois tipos de ejaculação precoce: o primário (quando acontece desde sempre) e o secundário (que é recente). O importante a se notar aqui é que não há nada de biologicamente errado com pessoas que têm ejaculação precoce, diz Morgentaler, e os especialistas não estão totalmente certos do que causa isso. Na maioria das vezes, no caso da ejaculação precoce secundária, há um elemento psicológico presente (e quanto mais acontece, mais ansioso você fica, e quanto mais ansioso você fica, mais acontece etc.)

Tipicamente, o tratamento inclui aconselhamento, medicações que podem desacelerar o processo de ejaculação, sprays ou lenços dessensibilizantes (Fisch inclusive desenvolveu um produto chamado Preboost, que contém um ingrediente aprovado pela FDA para tratamento de ejaculação precoce). Importante: isso não deve incomodar você ou a sua parceira, então, se for o caso, não se preocupe!

7. Seu pênis pode entortar e te causa dor.

A doença de Peyronie é o tipo de curvamento do pênis que, na verdade, é um problema — não confundir com um pênis curvado que sempre foi assim. "Muito poucos homens tem pênis perfeitamente retos como um bastão de aço", diz Morgentaler. Um certo grau de curvatura — até a curva de uma banana — é normal, especialmente se sempre foi desse jeito.A doença de Peyronie acontece quando você desenvolve uma nova curvatura do pênis que é associada a ereções dolorosas. É causada por cicatrização na lateral do pênis, o que é comum ser resultado de algum tipo de trauma ou ferimento que não se curou adequadamente (tipo a fratura do pênis, ver acima). Um trauma no pênis soa como algo que você se lembraria, mas na verdade apenas cerca de 20% das pessoas com essa condição podem apontar a causa, diz Morgentaler. Então, mesmo que você não se lembre de ter batido seu pênis em nada, se você tiver uma nova curvatura no seu membro e ereções dolorosas, consulte-se com o seu médico agora mesmo.
Ntdanai / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

A doença de Peyronie é o tipo de curvamento do pênis que, na verdade, é um problema — não confundir com um pênis curvado que sempre foi assim. "Muito poucos homens tem pênis perfeitamente retos como um bastão de aço", diz Morgentaler. Um certo grau de curvatura — até a curva de uma banana — é normal, especialmente se sempre foi desse jeito.

A doença de Peyronie acontece quando você desenvolve uma nova curvatura do pênis que é associada a ereções dolorosas. É causada por cicatrização na lateral do pênis, o que é comum ser resultado de algum tipo de trauma ou ferimento que não se curou adequadamente (tipo a fratura do pênis, ver acima). Um trauma no pênis soa como algo que você se lembraria, mas na verdade apenas cerca de 20% das pessoas com essa condição podem apontar a causa, diz Morgentaler. Então, mesmo que você não se lembre de ter batido seu pênis em nada, se você tiver uma nova curvatura no seu membro e ereções dolorosas, consulte-se com o seu médico agora mesmo.

8. Você tem intertrigo.

Na verdade, isso é chamado de tinea cruris e é uma infecção fúngica na sua virilha ou genitais. Você pode sentir alguma coceira ou vermelhidão na área entre a sua coxa e a sua bunda, e em casos piores, pode se alastrar para o seu escroto ou suas genitais.

É causada pelo calor, suor e fricção da pele, então usar tecidos que permitem a respiração da pele e roupas confortáveis pode ajudar. E se você sua muito (especialmente na região do saco), Morgentaler sugere usar talco para prevenir o aparecimento do intertrigo. Certifique-se também de lavar e secar sua genitália devidamente para prevenir a doença. Se você já teve isso, há cremes antifúngicos livres de prescrição que podem ajudar, ou você pode se consultar com seu médico à procura de um controlado.

9. Seu pênis pode ficar vermelho e ter coceira e queimação.

Pode ser infecção por levedura. Sim, homens podem contraí-la, também. Pode acontecer se você estiver acima do peso, se você for diabético ou pode contraí-la através de sexo sem proteção com alguém que tenha infecção por levedura, diz Fisch. É também muito comum em pênis não circuncidados, simplesmente porque a levedura se desenvolve em áreas escuras e úmidas, como abaixo do prepúcio. Então, se você tiver alguma erupção vermelha ou alguma coceira ou queimação, consulte-se com o seu médico. É bem provável que ele te receite um tratamento com antifúngicos livres de prescrição.
Ugreen / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Pode ser infecção por levedura. Sim, homens podem contraí-la, também. Pode acontecer se você estiver acima do peso, se você for diabético ou pode contraí-la através de sexo sem proteção com alguém que tenha infecção por levedura, diz Fisch.

É também muito comum em pênis não circuncidados, simplesmente porque a levedura se desenvolve em áreas escuras e úmidas, como abaixo do prepúcio. Então, se você tiver alguma erupção vermelha ou alguma coceira ou queimação, consulte-se com o seu médico. É bem provável que ele te receite um tratamento com antifúngicos livres de prescrição.

10. Você pode ter MUITA inflamação no seu pênis.

Também pode ser balanite, um termo genérico para qualquer inflamação no pênis, diz Fisch. Pode também ser causada por infecções por levedura e outras DSTs, mas também pode ser causada por falta de higiene, irritação da pele ou esmegma (uma substância malcheirosa que pode se desenvolver sob o prepúcio). Basicamente, a balanite aparece quando o seu pênis está inflamado por qualquer outra razão. Se isso acontecer, vá ao médico. Ele pode apontar a causa e ajudá-lo a tratar o problema.
Ye Liew / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Também pode ser balanite, um termo genérico para qualquer inflamação no pênis, diz Fisch. Pode também ser causada por infecções por levedura e outras DSTs, mas também pode ser causada por falta de higiene, irritação da pele ou esmegma (uma substância malcheirosa que pode se desenvolver sob o prepúcio). Basicamente, a balanite aparece quando o seu pênis está inflamado por qualquer outra razão. Se isso acontecer, vá ao médico. Ele pode apontar a causa e ajudá-lo a tratar o problema.

11. Alguma coisa pode sair do seu pênis e não ser gozo nem mijo.

Se você expele alguma coisa pela sua uretra que não seja ejaculação, vá ao médico. Pode ser um sinal de gonorreia ou clamídia, que são doenças sexualmente transmissíveis (DTSs) tratáveis.
Jfjacobsz / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Se você expele alguma coisa pela sua uretra que não seja ejaculação, vá ao médico. Pode ser um sinal de gonorreia ou clamídia, que são doenças sexualmente transmissíveis (DTSs) tratáveis.

12. Você pode ter protuberâncias no pênis ou perto dele.

Podem ser verrugas genitais, também conhecidas como condiloma. São feridas associadas a alguns tipos de papilomavírus humano (HPV), uma DST bem comum. Elas podem ser encontradas nas genitais, boca, reto ou ânus (basicamente em todo lugar aonde ocorreu contato sexual com alguém que tenha o vírus).
Ninell_art / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Podem ser verrugas genitais, também conhecidas como condiloma. São feridas associadas a alguns tipos de papilomavírus humano (HPV), uma DST bem comum. Elas podem ser encontradas nas genitais, boca, reto ou ânus (basicamente em todo lugar aonde ocorreu contato sexual com alguém que tenha o vírus).

13. Você tem um piercing no pênis que pode te dar algumas...complicações.

Então você decidiu fazer um piercing Prince Albert (ou PA, que é um piercing na cabeça do pênis, para sua informação). Lembre-se que há uma complicação bem comum nisso. Já que passa pela uretra, há uma chance de o piercing criar uma fístula uretral e você acabar urinando por fora daquele buraco, diz Morgentaler. Você pode fazer uma cirurgia para consertar isso.
Michaklootwijk / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Então você decidiu fazer um piercing Prince Albert (ou PA, que é um piercing na cabeça do pênis, para sua informação). Lembre-se que há uma complicação bem comum nisso. Já que passa pela uretra, há uma chance de o piercing criar uma fístula uretral e você acabar urinando por fora daquele buraco, diz Morgentaler. Você pode fazer uma cirurgia para consertar isso.

14. Você pode não conseguir ter uma ereção.

Importante: disfunção erétil pode ocorrer em qualquer idade, então não ache que está muito jovem para ter esse problema. A causa mais comum, na verdade, é psicológica, diz Morgentaler, o que não significa que é tudo da sua cabeça — simplesmente significa que a ansiedade e os nervos (dois fatores muito fortes) estão atrapalhando a sua ereção. "Se os homens podem ter uma ereção em qualquer outra ocasião, então o encanamento está funcionando bem e é alguma coisa a ver com a situação que não está deixando as mudanças normais de fluxo sanguíneo ocorrerem", diz ele. Mas também há algumas causas físicas para a disfunção erétil, que são primariamente vasculares. Pode ser que não haja fluxo sanguíneo o suficiente para o pênis ou o fluxo sanguíneo está diminuindo antes do normal, diz Morgentaler. Pode ser também neurológico (relacionado às suas terminações nervosas) ou hormonal (relacionado aos seus níveis de testosterona). Se você está lidando com disfunção erétil e quer resolver isso, fale com seu médico ou terapeuta para ajudar a apontar a causa.
Saiyood / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Importante: disfunção erétil pode ocorrer em qualquer idade, então não ache que está muito jovem para ter esse problema. A causa mais comum, na verdade, é psicológica, diz Morgentaler, o que não significa que é tudo da sua cabeça — simplesmente significa que a ansiedade e os nervos (dois fatores muito fortes) estão atrapalhando a sua ereção. "Se os homens podem ter uma ereção em qualquer outra ocasião, então o encanamento está funcionando bem e é alguma coisa a ver com a situação que não está deixando as mudanças normais de fluxo sanguíneo ocorrerem", diz ele.

Mas também há algumas causas físicas para a disfunção erétil, que são primariamente vasculares. Pode ser que não haja fluxo sanguíneo o suficiente para o pênis ou o fluxo sanguíneo está diminuindo antes do normal, diz Morgentaler. Pode ser também neurológico (relacionado às suas terminações nervosas) ou hormonal (relacionado aos seus níveis de testosterona). Se você está lidando com disfunção erétil e quer resolver isso, fale com seu médico ou terapeuta para ajudar a apontar a causa.

15. Você pode ter feridas no seu pênis ou perto dele.

Isso pode ser um sinal de DST, então você vai querer se consultar com seu médico. Pode ser sífilis, que pode causar feridas indolores ou úlceras chamadas cancros. Elas podem parecer pequenas crateras com bordas elevadas, diz Morgentaler. Ou pode ser herpes genital, caso as feridas pareçam bolhas d'água. "Depois de um dia ou dois, as bolhas desaparecem e deixam um grupo de úlceras superficiais ou pequenas cicatrizes que costumam ser associadas a dor ou coceira", diz Morgentaler. Herpes é uma DST incurável, porém tratável que afeta cerca de 1 em cada 6 adultos nos Estados Unidos.
Mark Jessup / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Isso pode ser um sinal de DST, então você vai querer se consultar com seu médico. Pode ser sífilis, que pode causar feridas indolores ou úlceras chamadas cancros. Elas podem parecer pequenas crateras com bordas elevadas, diz Morgentaler.

Ou pode ser herpes genital, caso as feridas pareçam bolhas d'água. "Depois de um dia ou dois, as bolhas desaparecem e deixam um grupo de úlceras superficiais ou pequenas cicatrizes que costumam ser associadas a dor ou coceira", diz Morgentaler. Herpes é uma DST incurável, porém tratável que afeta cerca de 1 em cada 6 adultos nos Estados Unidos.

16. Você pode ter outros inchaços ou protuberâncias lá embaixo e não ter certeza do que são.

Às vezes, um pequeno inchaço é apenas um pequeno inchaço, diz Morgentaler. "Vários homens tem pequenos inchaços na pele, alguns deles sendo como pequenos folículos capilares aonde não há cabelo. Alguns são pequenos cistos sebáceos", que são inchaços benignos sob a pele. De qualquer maneira, se isso te preocupa, consulte o seu médico (especialmente se você fez sexo sem proteção), mas pode não ser nada.
Allg / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Às vezes, um pequeno inchaço é apenas um pequeno inchaço, diz Morgentaler. "Vários homens tem pequenos inchaços na pele, alguns deles sendo como pequenos folículos capilares aonde não há cabelo. Alguns são pequenos cistos sebáceos", que são inchaços benignos sob a pele. De qualquer maneira, se isso te preocupa, consulte o seu médico (especialmente se você fez sexo sem proteção), mas pode não ser nada.

17. Você pode ter dificuldades de retrair o seu prepúcio, ou você o retrai e não consegue colocá-lo no lugar.

A fimose acontece quando o prepúcio está muito firme (em homens adultos não circuncidados) e você não consegue retraí-lo para trás da cabeça do pênis. Isso pode ser causado por uma infecção, inflamação ou cicatrização do pênis. Vá ao médico para ver o que é e receber um tratamento, que pode incluir um creme tópico ou circuncisão.Já a parafimose acontece quando o prepúcio já está retraído e não consegue voltar para a sua posição normal, sobre a cabeça do pênis. Isso é considerado uma emergência cirúrgica, já que pode privar o pênis de fluxo sanguíneo, diz Fisch.
Sruce2638 / Getty Images

A fimose acontece quando o prepúcio está muito firme (em homens adultos não circuncidados) e você não consegue retraí-lo para trás da cabeça do pênis. Isso pode ser causado por uma infecção, inflamação ou cicatrização do pênis. Vá ao médico para ver o que é e receber um tratamento, que pode incluir um creme tópico ou circuncisão.

Já a parafimose acontece quando o prepúcio já está retraído e não consegue voltar para a sua posição normal, sobre a cabeça do pênis. Isso é considerado uma emergência cirúrgica, já que pode privar o pênis de fluxo sanguíneo, diz Fisch.

18. Você pode ter uma ereção que não passa e isso se tornar doloroso.

DreamWorks SKG / Via aaronsmokesweedandwatchesmovies.tumblr.com

Se você tem uma ereção dolorosa que não passa ou persiste até depois de você ter ejaculado, isso é chamado de priapismo. Isso pode acontecer caso você tenha tomado um remédio para disfunção erétil chamado Viagra.

Pode acontecer também se você tiver anemia falciforme, se estiver tomando certos medicamentos, se você injetou alguma coisa no seu pênis para ter ereções mais longas ou se você sofreu algum tipo de trauma no pênis, diz Fisch. É basicamente um problema com o fluxo sanguíneo do pênis e você deve buscar ajuda o mais rápido possível. O tratamento pode incluir medicação injetiva, drenagem de sangue do pênis ou, possivelmente, cirurgia.

19. Você pode perceber um tumor ou outras mudanças visíveis no seu pênis.

Podem ser muitas coisas diferentes (ou não pode ser nada), mas também pode ser câncer peniano. Apenas lembre-se: o câncer peniano é muito raro na América do Norte e na Europa, mas pode acontecer. Ocorre em menos de 1 a cada 100.000 homens nos Estados Unidos, de acordo com a American Cancer Society. Frequentemente, os sintomas são mudanças visíveis no pênis — como uma parte espessa do pênis, inchaços ou tumores rígidos ou outras anormalidades novas da pele. Então, se você notar um destes sinais ou sintomas, diga ao seu médico. Há alguns fatores de risco associados ao câncer peniano, incluindo tabagismo, infecção crônica por alguns tipos de HPV, fimose (que nós falamos anteriormente), AIDS e ter mais de 55 anos. É também mais comum em homens não circuncidados, apesar de que isso possa estar relacionado a outros fatores de risco. De acordo com a American Cancer Society, o risco de câncer peniano é mais baixo em homens que foram circuncidados quando crianças, mas não é mais baixo em homens que foram circuncidados quando adultos. É importante notar que a decisão de circuncidar é pessoal, e também há riscos associados a essa cirurgia.
Leeavison / Getty Images / Via thinkstockphotos.com

Podem ser muitas coisas diferentes (ou não pode ser nada), mas também pode ser câncer peniano. Apenas lembre-se: o câncer peniano é muito raro na América do Norte e na Europa, mas pode acontecer. Ocorre em menos de 1 a cada 100.000 homens nos Estados Unidos, de acordo com a American Cancer Society. Frequentemente, os sintomas são mudanças visíveis no pênis — como uma parte espessa do pênis, inchaços ou tumores rígidos ou outras anormalidades novas da pele. Então, se você notar um destes sinais ou sintomas, diga ao seu médico.

Há alguns fatores de risco associados ao câncer peniano, incluindo tabagismo, infecção crônica por alguns tipos de HPV, fimose (que nós falamos anteriormente), AIDS e ter mais de 55 anos. É também mais comum em homens não circuncidados, apesar de que isso possa estar relacionado a outros fatores de risco. De acordo com a American Cancer Society, o risco de câncer peniano é mais baixo em homens que foram circuncidados quando crianças, mas não é mais baixo em homens que foram circuncidados quando adultos. É importante notar que a decisão de circuncidar é pessoal, e também há riscos associados a essa cirurgia.

Moral da história: Se você perceber alguma coisa estranha no ou perto do seu pênis, vá ao médico!

instagram.com

Não se sinta envergonhado e não presuma o pior. Provavelmente não é nada, mas também pode ser alguma coisa que possa ser resolvida rápido e fácil. Se for alguma coisa mais séria, será muito bom que você tenha buscado ajuda cedo. Nós sabemos que você provavelmente ama o seu pênis (quem não faria o mesmo?), então cuide bem dele — e leve-o ao médico sempre que a situação justificar.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.