• newsbr badge
11 de set de 2018

Joice Hasselmann, envolvida em briga interna do PSL, tem candidatura negada pela Justiça Eleitoral

A candidata a deputada teve problema com filiação a partido de Bolsonaro e com o domicílio eleitoral. Antes de concorrer à eleição por SP, ela votava no Paraná.

A ativista de direita Joice Hasselmann (PSL) teve seu registro de candidatura a deputada federal indeferido pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo nesta segunda-feira (10). Os magistrados rejeitaram a candidatura porque havia problemas nos documentos de filiação e domicílio eleitoral dela.

Joice afirma ter se filiado ao PSL, partido do candidato Jair Bolsonaro, na véspera de vencimento do prazo para filiações de futuros candidatos: em 5 de abril deste ano. Foi na mesma data em que, segundo seu advogado, ela alterou seu domicílio eleitoral. Antes de tentar a candidatura em São Paulo, Joice votava no Paraná.

Reprodução/YouTube

Joice Hasselmann em um dos vídeos de seu canal no YouTube.

Ela tem três dias para recorrer da decisão. Seu advogado, Thiago Tomassi, afirmou que vai ingressar com um recurso de embargos de declaração no próprio TRE e que Joice está fazendo campanha normalmente. Ele disse que o problema dos documentos foi uma "divergência de dados" e que isso é "de fácil reversão".

Youtuber, Joice criou inimizade com os outros candidatos do PSL quando falou em um vídeo que, além de Eduardo, filho do candidato, ela era o único nome apoiado por Bolsonaro em São Paulo para disputar a Câmara dos Deputados.

Entre os inimigos que fez com a gravação, está o ator Alexandre Frota, que também disputa uma vaga de deputado federal pelo PSL. Frota chegou a chamar Joice de "biscate" no Twitter. Ela representou contra ele na Justiça Eleitoral e ganhou direito de resposta na página do ator na rede social.

Frota também reclamou na Justiça alegando que Joice havia plantado "fake news" no YouTube quando disse ser a única chancelada por Bolsonaro. Ele perdeu o pedido de direito de resposta.

Reprodução/Youtube

Frota em uma das cenas de seu canal no Youtube.

"As únicas candidaturas que o Jair está chancelando, de fato, são a do filho, Eduardo Bolsonaro, para federal, a minha, Joice Hasselmann, para federal, a Janaina Paschoal para estadual", diz ela no vídeo que, depois da confusão, foi apagado por ela, mas já havia viralizado nos grupos de WhatsApp do PSL.

Veja também:

Candidata se diz a “única” apoiada por Bolsonaro e causa nova briga interna no PSL

Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here