• newsbr badge

Carlos Bolsonaro critica financiamento de jatinho para "determinados nomes", e Doria responde

No Twitter, governador de SP reclamou do BNDES por divulgar a lista dos beneficiados e pediu que o banco "focasse nos bilhões emprestados" durante o governo do PT.

Adriano Machado / Reuters

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente e tuiteiro contumaz da família, aproveitou a divulgação de uma relação de empresas que usaram empréstimos do BNDES para comprar jatinhos da Embraer e mandou um recado para o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que — depois de incentivar o voto "BolsoDoria" nas eleições do ano passado — está tentando se descolar do bolsonarismo.

Alguns gastos de dinheiro público facilitado para caprichos pessoais: JATINHOS. Determinados nomes explicam muitos comportamentos!

"Alguns gastos de dinheiro público facilitado para caprichos pessoais: JATINHOS. Determinados nomes explicam muitos comportamentos", escreveu Carlos no Twitter, e divulgou um card do Movimento Conservador em que o nome de Doria aparece com destaque na lista de empréstimos para compra de aeronaves, com o valor de R$ 44,03 milhões.

Ontem, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimentos Econômico e Social) divulgou a lista de empresas que pegaram empréstimos de banco para comprar um jato. Além da Doria Administração de Bens Ltda., estão na lista empresas como JBS e Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos, de propriedade do casal de apresentadores de TV Luciano Huck e Angélica Ksyvickis Huck.

Hoje, Doria respondeu às críticas. Chamou (sem citar nomes) de "oportunistas" os que divulgaram a notícia, que ele considera "requentada", uma vez que foi citada em todos os debates eleitorais que ele manteve com Márcio França (PSB), seu então adversário na disputa eleitoral pelo governo paulista.

Alguns oportunistas tentam associar um financiamento que realizei junto ao BNDES para compra de uma aeronave, totalmente dentro das regras que o Banco estabelece, como se tivesse feito algo errado.

O governador diz que o empréstimo foi ocasionado para fomentar a indústria nacional, uma vez que o jatinho é fabricado pela Embraer.

E, para finalizar, Doria reclamou da direção do BNDES, tentando lembrar o inimigo comum de tucanos e bolsonaristas: o PT.

Recomendaria que a cúpula do banco focasse nos bilhões emprestados pelo BNDES para obras de “desenvolvimento” em países “companheiros” durante a gestão do PT no Governo Federal e que nunca foram pagas.


Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.