• Viral badge
  • win badge
29 de set de 2015

Assista a esta adolescente trans descobrir que finalmente pode começar a terapia hormonal

"Este foi o momento de mudança mais crucial em sua vida, e nós duas sabíamos disso."

Erica Maison, mãe de cinco filhos em Detroit, surpreendeu sua filha transgênero, Corey, com sua primeira dose de hormônios — algo que a garota de 14 anos estava esperando receber há mais de dois anos. Ela conseguiu capturar o momento emotivo em vídeo:

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

De acordo com sua mãe, Corey geralmente está ocupada andando em seu skate, jogando Call of Duty em seu Xbox e obcecada com maquiagem. "Ela tem mais do que eu já tive a minha vida toda", disse Erica ao BuzzFeed News. Mas neste dia em especial foi diferente. Este foi o dia em que Corey seria autorizada a iniciar a terapia hormonal.

No vídeo, Erica instrui sua filha a olhar atrás de uma almofada e ver o que há lá para ela. Corey sabe que algo está acontecendo, mas entra no jogo e encontra um saco misterioso.

"Eu percebi que ela realmente não tinha ideia do que estava acontecendo", disse Erica. "Eu estava muito ansiosa e não conseguia parar de sorrir."

No vídeo você pode ver o momento em que Corey percebe o que está dentro da caixa. "Ela me apertou, e eu parei de filmar para que pudesse abraçá-la. Nenhuma de nós soltou pelo que pareceu uma eternidade."

Os momentos após a gravação ser interrompida foram emotivos tanto para Corey quanto para sua mãe. "Nós duas estávamos chorando e tremendo. Ela literalmente tirou meu fôlego, já que nunca tinha me dado um abraço assim antes. Eu nunca senti mais amor dela do que naquele momento. Foi uma mistura de pura alegria e alívio da nós duas."

"Este foi o momento de mudança mais crucial em sua vida, e nós duas sabíamos disso", Erica disse em relação as emoções capturadas no vídeo.

Courtesy of Erica Maison

No hospital, pouco antes do Implante Supprelin ser colocado.

Courtesy of Erica Maison

Festa do 14º aniversário de Corey

Erica disse ao BuzzFeed News que Corey sempre foi feminina, mesmo quando era muito jovem. "Ela adorava colocar saltos altos e vestidos. Em público, ela usava roupas de menino — eu achei que ela pudesse ser gay."

Quando Corey estava na quinta série, ela foi tão maltratada que sua mãe tomou a decisão de tirá-la da escola pública e começar a dar aulas em casa. Foi só aos 11 anos de Corey que a dupla mãe e filha encontrou um vídeo da youtuber transgênero Jazz Jennings e tudo de repente fez sentido. "Ela disse: 'Mãe, eu sou como ela, SOU uma menina.'"

Corey and her mother, before her transition began.

Quando estava em casa e livre para ser ela mesma, Corey começou a ganhar confiança e começou a se vestir como uma menina em público — o que nem sempre foi fácil.

"Seu cabelo ainda estava muito curto e ela ainda parecia um menino. As pessoas davam olhares de reprovação e tiravam fotos dela com suas câmeras de celular", disse Erica. "Elas iriam rir, apontar, olhar. Eu disse a Corey, 'toda vez que alguém apontar seu telefone para você para tirar uma foto, você vira, sorri e faz uma pose!' Isso realmente aumentou sua autoestima. Eu queria ensiná-la a transformar qualquer coisa negativa em algo positivo."

Courtesy of Erica Maison
Courtesy of Erica Maison

Erica começou a busca por um terapeuta que fosse especializado em crianças transgênero, para ajudar a família através do processo de transição de Corey. Eventualmente, ela foi direcionada para a clínica de gênero no Lurie Children's Hospital, em Chicago, que estava a cinco horas de distância de sua casa. "Naquele encontro nossas vidas foram mudadas para sempre", disse Erica.

Corey ganhou um implante para suprimir a puberdade apenas alguns meses mais tarde. "Geralmente é uma luta para conseguir que o plano de saúde cubra a disforia de gênero, e nós estávamos totalmente preparadas para escrever cartas, fazer ligações, o que fosse preciso para conseguir a cobertura, já que só o implante custa 21.000 dólares — isso não inclui nenhum dos honorários médicos ou hospitalares para colocá-lo cirurgicamente", disse a mãe em relação ao processo. A família foi informada de que o procedimento seria totalmente coberto pelo plano de saúde.

O terapeuta da família, junto com a equipe médica em Chicago, determinou que Corey estava pronta para começar a terapia hormonal em agosto de 2015, já que ela teria 14 anos. "Tudo o que tínhamos a fazer era esperar o terapeuta enviar a carta de 'prontidão' para Chicago. Esperamos, esperamos e esperamos", disse a mãe de Corey sobre o processo.

Em 24 de setembro, Erica finalmente recebeu uma ligação da farmácia a avisando de que a prescrição de estrogênio estava pronta para ser retirada. "Foi tão surreal. Eu estava tremendo e chorando a viagem inteira até a farmácia. Eu estava tentando pensar na melhor maneira de dizer a ela que o dia que ela estava esperando há dois anos e meio finalmente havia chegado."

Erica não recebeu nada além de reações positivas desde que publicou o vídeo no YouTube e no Facebook. "Eu sabia que estava dando uma chance para a negatividade quando o configurei como público, mas fiz mesmo assim", disse ela.

A mãe de Corey acredita que se o vídeo puder ajudar até mesmo uma criança, qualquer quantidade de negatividade vai valer a pena.

"Eu acho que um dos maiores problemas com a nossa sociedade atual é que as pessoas simplesmente não entendem o que ser transgênero realmente significa. Eu quero que as pessoas assistam a este vídeo e vejam a emoção pura de uma criança transgênero que finalmente pode viver sua vida da maneira como se sente por dentro. Eu quero que as pessoas vejam isso, porque talvez abram seus olhos. Abram seus olhos para qualquer um que seja diferente. Talvez os faça perceber que as pessoas que são transgênero são pessoas como elas, mas também são pessoas que estão em risco muito maior para violência e ridículo, sobre algo que não têm escolha. Eu te garanto que nenhuma criança quer ser criticada, nenhuma criança quer ser ferida ou perseguida. Nenhuma criança jamais escolheria ser transgênero, é 100% como elas nascem."

Courtesy of Erica Maison

"Todos nós só queremos ser amados e aceitos pelos outros, e isso é tudo que eu quero para minha filha, ser amada e aceita por quem ela é por dentro."

BuzzFeed Daily

Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

Newsletter signup form