• newsbr badge

Senador pede a apreensão de celular de Carla Zambelli, que falou com Moro sobre vaga no Supremo

A quebra do sigilo "é essencial para desvelar eventuais crimes" praticados por Bolsonaro ou por Moro, diz a petição.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) enviou uma petição ao inquérito que corre no STF (Supremo Tribunal Federal) e apura a conduta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do ex-ministro Sergio Moro.

Ele quer que o celular e todos os dispositivos eletrônicos da deputada Carla Zambelli (PSL-SP) sejam apreendidos e tenham seus sigilos quebrados.

Segundo Randolfe, é preciso se esclarecer se as as conversas entre a deputada, Moro e Bolsonaro se limitaram àquelas que foram divulgadas pelo ex-ministro da Justiça, quando ela sugere a substituição do ex-diretor-geral da PF e diz que ajudaria Moro a obter uma vaga no STF.

“Oficie à PGR para que solicite ao Tribunal a expedição de mandado de busca e apreensão, nos termos dos arts. 240-250 do CPP, à Polícia Federal, para que recolha o aparelho telefônico celular e todos os demais aparelhos eletrônicos encontrados in loco da Sra. Carla Zambelli, com o fito de nele se fazer perícia porventura necessária para ratificar o verdadeiro teor das conversas mantidas pela Deputada com o ex-Ministro Moro, o que é essencial para desvelar eventuais crimes praticados pelo Sr. Presidente da República, pela Sra. Carla Zambelli ou pelo Sr. Sérgio Moro. Termos em que pede deferimento”, diz trecho da petição.

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.