• newsbr badge

Impeachment de Bolsonaro não está no horizonte, diz Rodrigo Maia no Roda Viva

Presidente da Câmara diz que, nos cerca de 50 pedidos de impedimento de Bolsonaro, não foi verificado nenhum crime que mereça a substituição do presidente.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira que nenhum dos cerca de 50 pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que estão em sua mesa apresentam substância para seu afastamento.

De acordo com Maia, nem mesmo a participação do chefe do Executivo em atos que pediam o fechamento do Congresso e do STF seriam motivos para se tirar o presidente da República do cargo.

Reprodução/TV Cultura

A declaração foi dada no programa Roda Viva, da TV Cultura. Segundo ele, os pedidos de impedimento só não foram arquivados pela presidência da Câmara pois isso resultaria em recursos ao plenário e, em vez de discutir formas de combater a pandemia, a Câmara ficaria presa numa agenda política entre governo e oposição.

No programa, Maia ainda defendeu a unificação de impostos no Brasil para criar um tributo único, mas não deixou claro se aceita ou não aumentar a carga tributária.

Durante a entrevista, o presidente da Câmara dos Deputados fez críticas à operação Lava Jato e disse que ela tinha objetivos políticos – algo que deveria, em sua visão, ser investigado pelo Conselho Nacional do Ministério Público e pelo procurador-geral da República nomeado por Bolsonaro, Augusto Aras.

Ele ainda defendeu a responsabilização de redes sociais, como o Facebook e Twitter, pelos conteúdos postados por seus usuários, sinalizando que o Congresso deve produzir uma lei para punir as empresas que veiculem conteúdos considerados como desinformação. Não explicou, no entanto, como isso seria feito.

Por fim, o presidente da Câmara disse que o governo Bolsonaro errou na gestão da pandemia e nos cuidados com a Floresta Amazônica, e que ambos os campos devem ser repensados.

Maia ainda disse que não buscará uma reeleição – mesmo que alguma futura decisão do Supremo o permita – e que a alternância de poder e salutar para a democracia.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.