• newsbr badge

Tem servidor subordinado a Paulo Guedes ganhando até R$ 84 mil por mês

Presidente e diretores do BNDES são subordinados ao Ministério da Economia, de Paulo Guedes, que na semana passada chamou servidores federais de "parasitas".

O procurador Marinus Marsico, do Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União), protocolou uma ação na corte de contas pata tentar acabar com os supersalários do BNDES.

Levando em conta a folha de novembro passado, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, recebeu R$ 84,4 mil de salários. Outros cinco diretores do banco receberam salários que variam de R$ 75 mil a R$ 79 mil.

A direção do banco é subordinada ao ministro Paulo Guedes (Fazenda), que na semana passada provocou indignação ao chamar servidores federais de "parasitas". Depois ele pediu desculpas e disse que tinha se expressado mal.

Mauro Pimentel / Getty Images

Paulo Guedes, ministro da Economia

Como o banco não disponibiliza a remuneração de todos os seus funcionários não é possível, neste momento, saber quantos dos empregados recebem acima do teto constitucional do funcionalismo público, que hoje está em R$ 39,2 mil – o equivalente ao que ganha um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).

Para o Ministério Público, como o capital do BNDES é formado a partir de impostos, a instituição não pode funcionar como um banco privado e precisa respeitar as regras do funcionalismo público, que incluem a remuneração máxima no teto de R$ 39,2 mil.

Além dos diretores atuais, o ex-diretores da instituição também ganham supersalários. Isso porque, como lidam com informações sigilosas e de interesse nacional, mesmo quando se desligam do banco seguem recebendo os salários por seis meses.

Um exemplo é o do ex-presidente do BNDES Joaquim Levy, que em novembro embolsou R$ 80,8 mil sem ter precisado trabalhar.

O processo sigiloso que corre no TCU está em estágio avançado e deve ser apreciado nos próximos dias pela corte de contas.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.