Posted on 8 de ago de 2017

    Eu, um jovem adulto, pedi recomendações de música a um pai e foi incrível

    Honestamente, música boa é música é atemporal.

    by ,

    Oi, este post foi escrito por Sam e Mike. Sam tem 26 anos e Mike... não tem 26 anos. Mas nós dois temos pelo menos uma coisa importante em comum: AMAMOS música.

    Sam Stryker / Mike Spohr

    Nós sabemos disso porque uma vez Sam teve que mostrar a Mike como usar o Spotify.

    Nós dois estamos sempre procurando novas músicas (e compartilhando nossos achados com outras pessoas), então achamos que seria legal se Mike desse algumas recomendações a Sam com base em alguns dos melhores artistas de hoje em dia.

    Teremos sucesso? Falharemos? Nunca mais falaremos um com o outro? Somente o tempo dirá...

    1. Sam adora Lady Gaga...

    Christopher Polk / Getty Images

    Sam: É louco pensar que Gaga está no cenário da música pop há quase uma década. "Just Dance" foi lançado lá atrás, em 2008! O que eu adoro é que ela não tem medo de tentar coisas novas — ela foi pop em "The Fame" e foi para lugares mais sombrios para "The Fame Monster". Ela já passou pelo jazz (eu não quero falar sobre isso), pelo rock e pelo country (LOL "Joanne") — mas a linha comum é que ela canta sobre fama, excesso e vontade de fazer sucesso.

    Estou procurando algo tipo: "Bad Romance"

    ... então Mike sugeriu Freddie Mercury e Queen!

    Express Newspapers / Getty Images

    Mike: Eu não tenho dúvidas quanto a Gaga. Eu acho ela ótima. Já a vi sendo comparada a Freddie, e me parece ser uma comparação adequada. Assim como Lady Gaga, Freddie era um compositor de alto nível, tinha uma voz incrível, não tinha medo de mudar de gênero e era magnífico no palco. Ele é uma lenda e ela está no caminho.

    Comece com: "Bohemian Rhapsody"

    O veredito de Sam:

    Ok, eu já tinha ouvido um pouco de Queen, mas não através dos olhos de um fã de Lady Gaga — e a sugestão faz todo sentido; eles combinam! Além disso, uma curiosidade: ela escolheu seu nome artístico a partir da música "Radio Ga Ga", do Queen.

    2. Seguindo, Sam *ama* Beyoncé...

    Christopher Polk / Getty Images

    Sam: A própria Beyoncé não é estranha à música da "velha guarda", quer se trate da era "Rhythm Nation" de Janet Jackson ou da mostra do Led Zeppelin em "Lemonade". O que eu adoro na Beyoncé não é apenas o quão única ela é (ou como mantém a Sia no cativeiro), mas como transcende gêneros em seu trabalho. A voz dela fala por si mesmo.

    Estou procurando algo tipo: "Drunk in Love"

    ... e Mike sugeriu Tina Turner!

    Gary Merrin / Getty Images

    Mike: Cara, Beyoncé está aí há tanto tempo que eu ouvi falar dela pela primeira vez (com Destiny's Child) quando ainda estava na faculdade. Ela é uma lenda e, se alguém tiver um ingresso sobrando para um de seus shows, eu adoraria assistir. Olhando para trás, Tina Turner imediatamente vem à cabeça. Assim como Beyoncé, ela pode cantar, dançar e PERFORMAR UM SHOW (procure no YouTube por ela cantando "Proud Mary"). Ela teve hits de sucesso dos anos 60 aos anos 90, e o que mais eu posso dizer? Apenas ouça — uma lenda entre as lendas.

    Comece com: "Proud Mary"

    O veredito de Sam:

    Assim como Queen, eu já tinha ouvido Tina Turner antes, mas esqueci de quão madura e rouca é a sua voz... de uma forma POSITIVA. Eu gosto disso, e a comparação com Beyoncé é muito válida.

    3. Rihanna é cheia de talento E atitude...

    Christopher Polk / Getty Images

    Sam: Rihanna é indiscutivelmente a celebridade mais empolgante do cenário da cultura pop, ponto. Ela é um ícone da moda, ela é INCRÍVEL nas mídias sociais, todas as suas músicas fazem sucesso (ainda assim ela mantém sua arte) E ela fez tudo isso antes dos 30 anos. O que eu acho mais incrível é que ela não se importa com nada e é autenticamente ela mesma. Ela é evoluída como artista, mas SEMPRE foi uma BadGalRiRi.

    Estou procurando algo tipo: "Sex With Me"

    ... então Mike pensou em Whitney Houston!

    Kevin Winter / Getty Images

    Mike: Às vezes me parece que as pessoas mais jovens não pensam na Rihanna como uma cantora. Tudo o que ouço é como ela é ótima no Instagram ou o que quer que seja, mas para esses ouvidos velhos, ela pode CANTAR! E, apesar da voz dela provavelmente não ser capaz de chegar tão longe quanto a da Whitney, ela é muito agradável de ouvir. Além disso, Whitney — assim como a Rihanna — podia variar de estilo e sempre muito bem. E antes de você dizer que esta é uma sugestão "óbvia", pergunte-se o quanto da música de Whitney você realmente ouviu ultimamente. Se não foi tudo, então experimente ouvir novamente!

    Comece com: "How Will I Know"

    O veredito de Sam:

    Ouça, ser comparada com Whitney Houston NÃO É FÁCIL — mesmo que eu seja um bebezinho, já ouvi o suficiente da música dela para saber disso. Mas acho que Mike está certo — se há alguém que pode se comparar a ela, é a Ri.

    4. Hoje em dia, ninguém toca nossos corações como Adele...

    Gareth Cattermole / Getty Images

    Sam: Preciso mesmo dizer por que a Adele é icônica? Os vocais amplos, sua personalidade calorosa — ela simplesmente tem "aquele" fator a mais. Ah, e seu segmento no "Carpool Karaoke", onde ela fez um rap com o verso de Nicki Minaj de "Monster", me deixou desesperadamente querendo um mixtape de rap dela.

    Estou procurando algo tipo: "Water Under the Bridge"

    ... então a sugestão de Mike foi Joni Mitchell.

    Jeff Haynes / AFP / Getty Images

    Mike: Bem, todas as pessoas de 40 anos tem um CD da Adele no carro, e eu não sou diferente. A voz da Adele é transcendental, então, nesse sentido, Joni Mitchell pode não soar como a recomendação perfeita (embora ela também cante lindamente). No entanto, Joni é um gênio musical, e sua música é desconcertantemente pessoal e emocional, assim como a da Adele. Ouça "Blue" e me diga que você não gostaria de ouvir Adele cantando cada música (sério, se você for aceitar apenas uma sugestão daqui, vá ouvir "Blue").

    Comece com: "River"

    O veredito de Sam:

    Joni definitivamente é um pouco mais... acústica... do que estou acostumado a ouvir, mas vejo o talento. Talvez em um dia chuvoso eu poderia ouvi-la — embora não tenhamos muito disso em Los Angeles!

    5. Independentemente da sua opinião sobre ela, Taylor Swift é uma das mais bem-sucedidas cantoras e compositoras vivas...

    Kevork Djansezian / Getty Images

    Sam: Swift é polêmica (não me pergunte, pergunte a Kim Kardashian... ou Katy Perry... ou Demi Lovato...), mas não há como negar que ela pode produzir hits — quero dizer, a maioria dos artistas sonha em conseguir METADE do que ela conseguiu só com "1989". Swift não é a melhor vocalista, mas suas letras — ah, suas letras fazem você cantar gritando o mais alto possível.

    Estou procurando algo tipo: "Style"

    ... então Mike saiu da caixinha e escolheu Carole King.

    Matt King / Getty Images

    Mike: Ei, se você deixar de lado todo o drama com a Taylor, sobra uma cantora/compositora que fez o que poucos outros fizeram na história da música moderna — ela se estabeleceu como uma compositora de sucesso em sua adolescência e depois passou a escrever e a gravar um sucesso após o outro. Carole King pode não ser a correspondência perfeita — Taylor começou no country, enquanto as raízes de Carole estão no puro pop Brill Building —, mas, assim como a Taylor, ela começou como adolescente e nunca parou. Ela escreveu 118 hits de sucesso na Billboard Hot 100, como "I Feel the Earth Move" e "You Make Me Feel Like (A Natural Woman)". Além disso, seu álbum clássico "Tapestry" foi tão confessional quanto as músicas da Taylor.

    Comece com: "It's Too Late"

    O veredito de Sam:

    Certo, Miss King se compara! Concordo! A música dela me faz sentir um pouco mais elegante, culto e sofisticado do que realmente sou!

    6. Kanye West não é apenas um rapper, ele é um gênio criativo...

    Dimitrios Kambouris

    Sam: Kanye transcende o rap com sua personalidade. Tudo o que ele faz — quer você o ame ou odeie — parece significativo para a cultura pop (lembra dos óculos "shutter shades"?). Sua turnê "Glow in the Dark" foi um dos primeiros shows que fui e nunca mais vou esquecê-lo. Foi MUITO poderoso.

    Estou procurando algo tipo: "Famous"

    ... e em um toque irônico do destino, Mike escolheu Beck!

    Kevin Winter / Getty Images

    Mike: Kanye pode não saber muito bem quem Beck era quando ele invadiu o palco para protestar por sua vitória do Álbum do Ano sobre a Beyoncé no Grammy de 2015, mas a ironia é que Kanye provavelmente adoraria o trabalho de Beck dos anos 90. Beck pode ser mais cantor/compositor hoje em dia, mas seus álbuns dos anos 90 (especialmente seu clássico "Odelay") tinham muito em comum com o trabalho de Kanye — produção extremamente inventiva, elementos do hip-hop, músicas que ficavam na cabeça e rimas brilhantes e surpreendentes. Ele também foi um artista de vídeo inovador e costumava fazer turnê com uma versão de marionetes da sua banda se apresentando ao lado dele. Agora, esse é um duelo que Kanye gostaria de ter pensado primeiro.

    Comece com: "Where It's At"

    O veredito de Sam:

    Assim como Kanye, eu ainda escolho a "Beyoncé". Sinto muito.

    7. Ed Sheeran é outro cantor e compositor supertalentoso...

    Ethan Miller / Getty Images

    Sam: Vou admitir: não concordo *muito* com o apelo de Ed Sheeran (suas escolhas de tatuagem também me fazem questionar sua capacidade de tomar decisões racionais), mas, novamente, certamente não sou seu público-alvo! Dito isso, não há como negar que Sheeran pode escrever e gravar o tipo de música que fica na cabeça e que tem um apelo universal — é como se ele fosse projetado em um laboratório para produzir hits.

    Estou procurando algo tipo: "The Shape of You"

    ... então Mike foi com o trio de Elliott Smith, Nick Drake e Labi Siffre.

    EMI / PYE / China

    Mike: Na verdade, eu não tinha ouvido Sheeran até agora, e ele não é ruim. Se você gosta dele, deveria conferir esses cantores e compositores bastante subestimados, mas brilhantes. Tragicamente, tanto Smith (que escreveu as músicas para "Gênio Indomável") quanto Nick Drake ("Pink Moon") se mataram, e emoções turbulentas podem ser ouvidas em suas melodias incrivelmente lindas. Siffre está vivo e bem, mas escreveu músicas muito bonitas (e cativantes), incluindo "Watch Me".

    Comece com: "Between the Bars" (Smith), "Pink Moon" (Drake) e "Watch Me" (Siffre)

    O veredito de Sam:

    Siffre vale a pena. Quanto aos outros dois... bem, digamos que estarei ouvindo Whitney novamente.

    8. Certo, com certeza ele vai incendiar a conversa, mas não há como negar que Justin Bieber é muito foda...

    Kevin Winter / Getty Images

    Sam: Bieber com certeza é uma figura polêmica, mas não há como negar o óbvio: Com seu último álbum, "Purpose", ele cresceu, voltou ao básico e produziu uma série de hits. Quando ele se concentra em sua música, ele é a estrela masculina pop viva mais empolgante do mundo. Eu acho que o apelo de Bieber se dá pelo fato de que, esteja ele cantando músicas EDM, como "Where Are Ü Now", ou algo mais lento, como "Love Yourself", você não consegue deixar de cantar. Ele vai direito no que torna uma música pop ótima, e isso é infeccioso.

    Estou procurando algo tipo: "Sorry"

    ... e a escolha de Mike, Stevie Wonder, se encaixa perfeitamente!

    Ethan Miller / Getty Images

    Mike: Eh, eu sempre pensei que o Biebs fosse um pequeno punk (ainda penso, na verdade), mas tenho que admitir com razão que "Purpose" foi fantástico. Por que eu ousaria macular o grande Stevie Wonder ao compará-lo com o Bieber? Bem, tanto Bieber quanto "Little Stevie" (como ele era chamado no começo) ficaram famosos no começo da adolescência, ambos têm talento verdadeiro para o pop/R&B e Bieber até cantou "Someday at Christmas" do Stevie (obrigado, Google!). Com toda a seriedade, Stevie Wonder é uma base para muito do que Bieber faz, então você deveria conferir.

    Comece com: "Superstition"

    O veredito de Sam:

    Eu tenho dois ouvidos e um coração? É CLARO QUE EU ADORO STEVIE WONDER.

    9. Ninguém na música hoje tem a mesma energia que Bruno Mars...

    Kevin Winter / Getty Images

    Sam: O apelo de Bruno Mars está enraizado em grande parte em referências à velha guarda — pense em "Uptown Funk" e seu som dos anos 80. Mas também há algo sobre sua energia — ele canta com otimismo, e é difícil não imaginá-lo com um sorriso no rosto. Ele é um artista para ouvir quando você precisa de uma música para melhorar o seu dia.

    Estou procurando algo tipo: "Uptown Funk"

    ... então Mike sugeriu James Brown.

    Frank Micelotta / Getty Images

    Mike: Bruno Mars tem muito talento e é um verdadeiro artista. Agora — declaração controversa à frente —, eu realmente acho que o Bruno tem mais alcance do que o lendário James Brown (que se prendeu principalmente ao funk acelerado). No entanto, ninguém trazia a festa para o palco como James Brown (nem mesmo o Bruno), e, se você gosta de "Uptown Funk", bem, James Brown provavelmente tem 100 músicas que você vai adorar tanto quanto.

    Comece com: "Get Up Off That Thing"

    O veredito de Sam:

    SIM! Brown combina totalmente com a energia maníaca de Mars.

    10. O The Weeknd parece estar em todas as rádios.

    Pascal Le Segretain / Getty Images

    Sam: Assim como o Sheeran, não sou muito fã do The Weeknd, mas entendo por que é popular. Ele parece mais atrevido do que os outros cantores masculinos nesta lista (um pouco mais sombrio, um pouco mais drogado), mas ele mudou para um som mais amistoso com seus lançamentos recentes. Sua voz soa como Michael Jackson, e eu gosto do seu som pop e R&B alternativo.

    Estou procurando algo tipo: "I Can't Feel My Face"

    ... e Mike achou que Michael Jackson fosse uma correspondência natural.

    Afp / AFP / Getty Images

    Mike: Eu gosto das músicas do The Weeknd e enxergo o Michael Jackson nelas. Então eu sugiro... Michael Jackson! Veja, assim como eu escrevi sobre a Whitney Houston, eu sei que você já OUVIU MJ e conhece "Beat It", mas o quão profundo você entrou no seu acervo musical? Se você gosta do The Weeknd, você vai gostar de mergulhar profundamente em "Off the Wall" e "Thriller". Ele pode ter se intitulado o Rei do Pop, mas ele realmente É. Provavelmente você também gostaria dos Jacksons, especialmente "Shake Your Body (Down to the Ground)".

    Comece com: "Shake Your Body (Down to the Ground)"

    O veredito de Sam:

    *Moonwalks por todo o escritório do BuzzFeed.*

    11. Por fim, Sam adora a voz etérea da Lana Del Rey...

    Samir Hussein / Getty Images

    Sam: Lana é outra artista desta lista cujo apelo está claramente enraizado na nostalgia, desta vez nos cantores lounge dos anos 60 e 70. Com sua voz etérea e estilo resplandecente, tudo a seu respeito parece uma decisão cuidadosamente tomada para criar uma personagem que evoca os cantores românticos do passado. E ela é muito boa nisso.

    Estou procurando algo tipo: "Young & Beautiful"

    ... então Mike escolheu Fiona Apple E Billie Holiday.

    Erika Goldring

    Mike: Ganhei muitos pontos com o Sam no ano passado quando disse a ele que era fã da Lana Del Rey. A música dela evoca um humor muito legal; você quer ouvi-la sem parar. Billie Holiday é da VELHA guarda, mas, se você gosta das músicas sentimentais da Lana, tudo isso começou com a incrível Billie Holiday. Outra referência mais moderna seria Fiona Apple, cuja música parece ser feita por um gênio excêntrico e ferido (que é, eu acho?). Muitas de suas músicas, como "Shadowboxer", lembram o estilo da Lana, mas, mesmo quando elas seguem seu próprio caminho, criam um humor que o levanta, assim como a música da Lana.

    Comece com: "Shadowboxer" (Apple) e "All of Me" (Holiday)

    O veredito de Sam:

    Sim, eu curto essas duas lendas! Eu adoro como ambas me lembram a Lana de maneiras diferentes (a atitude da Apple, os vocais da Holiday).

    Gostou? Então aqui está uma playlist com a maioria dos artistas desta lista para o seu prazer auditivo!

    embed.spotify.com

    Esta é a #SemanaDosPais no BuzzFeed Brasil. Veja outros posts dela aqui.

    Este post foi traduzido do inglês.