Updated on 3 de set de 2018. Posted on 21 de dez de 2017

    Márcio foi atropelado pelo Michael Jackson em 1993 e esta é a história

    Depois do acidente, ele foi visitado de surpresa pelo astro no hospital. “Queria apenas ter penteado o cabelo”, disse ao BuzzFeed Brasil.

    Este cara sorridente aqui da foto é o Márcio de Paula. Em 1993 ele realizou um sonho que quase todo ser vivo tinha na época: conhecer o Michael Jackson. Só não foi exatamente como ele imaginava.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    Em outubro de 1993, Michael veio ao Brasil para fazer alguns shows e, na passagem por São Paulo, resolveu visitar a fábrica de brinquedos da Estrela. Márcio e sua irmã, que moravam nas redondezas, resolveram tentar ver o astro de perto.

    Str New / Reuters

    Márcio nem era fã de Michael, mas foi convencido a ir pela irmã.

    A notícia de que Michael estava por ali vazou e começou a aparecer muita gente. No meio do tumulto, Márcio se encostou em um carro da polícia para esperar passar a muvuca e foi aí que aconteceu o acidente que mudaria tudo: um dos carros da comitiva perdeu o controle e acertou a viatura – e o Márcio – em cheio.

    youtube.com

    Márcio estava com sua irmã e outras pessoas, mas foi quem mais se machucou e foi logo socorrido pela PM.

    O garoto teve de ficar internado quase por uma semana para tratar queimaduras e o fêmur fraturado.

    Reprodução / TV Globo / Via youtube.com

    No hospital há vários dias, de repente ele notou uma movimentação estranha. Burburinho, seguranças, repórteres, até que O PRÓPRIO MICHAEL JACKSON entrou no quarto dele, acompanhado de uma pequena comitiva de assessores e seguranças.

    Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, Márcio contou que não tinha a menor ideia do que iria acontecer.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    Seus pais foram chamados para uma reunião pela manhã e quando voltaram estavam pálidos. Ele achou que tinha algo grave com ele, mas os pais nada disseram. Enfermeiros entravam no quarto a todo instante para deixar tudo arrumado. As irmãs de Márcio foram visitá-lo excessivamente arrumadas e ele continuava sem entender. Um segurança foi colocado na porta do quarto e o andar onde estavam foi isolado e nenhum paciente ou visitante poderia sair dos quartos. Márcio chegou a imaginar que fosse a Xuxa quem estaria ali para vê-lo.

    Minutos antes de Michael entrar, surgiram fotógrafos e câmeras que se posicionaram ao lado da cama de Márcio e logo chegou o astro. Márcio diz que ficou em choque: "Eu queria apenas ter penteado o cabelo".

    Para Márcio, a visita foi um tanto estranha. "Quando ele entrou, uma pessoa dizia 'NÃO OLHE PRA ELE, NÃO OLHE PRA ELE...'".

    Reprodução / TV Globo / Via youtube.com

    O Márcio olhou, como podemos ver acima.

    Depois, Michael ficou a sós com o garoto e sua família, sem a imprensa. Daí ele ficou mais à vontade e cantou e dançou.

    Reprodução / TV Globo / Via youtube.com

    Michael pediu para que a imprensa se retirasse, tirou os óculos escuros e apresentou toda sua equipe, além de três garotinhos que acompanhavam o cantor vestidos de maneira idêntica a ele. Márcio diz que o astro brincou bastante com todos e conversou com o garoto sobre sua saúde, por meio de uma intérprete, para saber se estava tudo bem.

    A intérprete usava um broche do Guns N' Roses e, para descontrair um pouco, Michael olhou pro broche e disse: "Guns? AAAAAAARGH".

    Michael também deixou ingressos para que ele a sua família fossem aos shows.

    O acidente e a visita viraram uma grande dor de cabeça para o garoto, que ganhou o apelido de "Márcio Jackson" e viu rumores se espalharem pela imprensa e pela vizinhança.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    "Isso foi um puta prato cheio pro Notícias Populares e pro Aqui Agora. Toda semana eu aparecia. Até o Wagner Montes veio em casa", contou Márcio. "Até hoje eu não entendi essa chamada, eu odeio futebol".

    Além de "Márcio Jackson", ele foi mencionado na imprensa como "o menino do Michael Jackson". Aos poucos as pessoas começaram a dizer que Márcio havia sido abusado pelo cantor. Também falavam que ele era um fã maluco que se jogou no carro para aparecer e ficar rico e famoso.

    "Certa vez eu estava em uma aula quando professora interrompeu a aula para fazer o comentário: 'Márcio querido, pare de conversar, acalme-se e supere o trauma! MJ escolheu a Liza Presley para casar e não você!".

    A fama de Márcio foi além do Brasil e sua história também apareceu em noticiários estrangeiros.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    "Isso saiu no Newsweek, no El Diario, na People e uma rede de tv americana veio até SP pra me entrevistar", conta. Para ele, foi uma vergonha internacional, com direito a aparição no lendário programa do "Geraldo" – estilo "Casos de Família" da TV americana dos anos 90 – e em uma biografia de Michael Jackson escrita por J. Randy Taraborrelli.

    Tempos depois, o Notícias Populares, decidido a espremer até a última gota dessa história, levou o garoto para o show de Latoya Jackson, irmã de Michael.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    Em 1994, a cantora veio fazer um show no Brasil, numa época em que Michael e ela tinham algumas desavenças públicas.

    E tome foto com a Latoya também.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    Bom, pelo menos com a Latoya rolou um autógrafo.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    Na época da morte da Michael, em 2009, a história de Márcio foi relembrada por vários lugares. Inclusive por essa reportagem que diz que até então Márcio não havia recebido indenização.

    Mark Ralston / AFP / Getty Images

    Márcio conta que chegou a processar o cantor, mas era só para tentar reaver a grana do tratamento e custos do hospital.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    Seu pai, falecido há 3 anos, era quem cuidava do processo, que segue sem um desfecho.

    Márcio conta que hoje em dia aprendeu a levar toda essa história na brincadeira e com bastante humor.

    Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

    “Usei esse episódio como pauta para palestras que dou. Não adianta querer controlar a opinião do outro. A minha saída foi rir disso tudo e eu mesmo me zoar”, conta.

    Veja também:

    Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form