• BuzzFeedVozes badge

12 coisas legais para você experimentar em dezembro

Porque nós testamos e aprovamos!

Aqui no BuzzFeed Brasil estamos sempre testando produtos e ideias que melhorem nossos dias, então resolvemos dividir algumas indicações do que curtimos com vocês.

Produtos que cada um adquiriu com o próprio dinheiro.

1. Panetone "Delicious" recheado de doce de leite do Dia% - R$15

Aline Ramos

Eu sou muito, muito, muito fã do sorvete de doce de leite do Dia%. Por isso quando vi o panetone recheado de doce de leite do Dia% meus olhos brilharam e eu parecia ter encontrado a solução para todos os meus problemas. Na hora eu nem vi o preço, porque como diz meu amigo Guillermo Santos, "os produtos Dia% nunca me decepcionaram". Quando eu cheguei em casa foi até motivo de festa entre eu e meu namorado. E posso dizer com convicção: esse panetone é perfeito. Já compramos três e toda hora arrumamos desculpa pra dar uma passadinha no supermercado e levar mais um. Ah, e além do recheio de doce de leite, a massa vem com gotas de chocolate. Ele é molhadinho, macio e faz um afago na alma como um panetone de doce de leite deve fazer. – Aline Ramos

2. Polenguinho Zero Lactose - R$4,99

Flora Paul

Sou intolerante a lactose desde bebê e felizmente consigo comer meu amado chocolatinho numa boa. O que pega mesmo é sorvete ou queijo: além das dores show, eles também me deixam empipocada. #detalhes Daí me deparei com o Polenguinho Zero Lactose no mercado e me vi emocionadíssima porque… bom, porque ele tem exatamente o mesmo sabor de um Polenguinho normal. É, eu sei. Mas só uma criança que sofria sérias consequências digestivas sabe a felicidade que é comer um Polenguinho e seguir a vida tranquilamente! Intolerantes, uni-vos! – Flora Paul

3. Balas Fini Diet - R$3,99

Aline Ramos

Eu gosto de doce, mas não tãããão doce assim. Quando vi essa novidade da Fini, de gominhas de ursinho zero açúcar eu adorei. Dessa forma eu posso comer doce, sem sentir que estou me empanturrando de açúcar. Eu não sou diabética, mas achei legal que agora quem precisa maneirar no açúcar também tem uma opção. E bem, ela é docinha, mas não é aquela coisa doce que te deixa com sede. Eu engoli esse pacotinho logo depois que tirei a foto e não me arrependi. Meu humor até ficou mais colorido e fofinho. – Aline Ramos

4. CeraVe loção de limpeza hidratante - R$69,99

Flora Paul

A CeraVe fez publi de um hidratante de rosto com tantas influencers que deu uma saturadinha na paciência das pessoas, mas eu comprei esta loção de limpeza com meu próprio dinheirinho e juro: vale super.

Vamos por partes. Primeiro, loção de limpeza é tipo um sabonete, mas é um produto mais suave para a pele. Depois, vem quase meio litro de produto, o que deixa os mililitros/mls mais baratos que muitos outros concorrentes da farmácia. E o tamanho e a estética também me lembram o Ross e seu amaciante alfa no “Friends” e às vezes eu dou uma risadinha disso.

Agora, focando aqui: este ano, no auge de meus 30 anos, fui vítima da acne hormonal adulta. Resumindo: um puta saco. Mas se eu aprendi algo é que, em vez de tratar minha pele como uma inimiga e sentar a mão em produtos que prometem arrancar meu couro e esfoliar a cara feito doida, devo tratar a minha pele como a pele de bebê que ela é. Com cuidado. Carinho. Paciência. Parece papo, mas funciona. E essa loção é ótima para limpar o rosto no final do dia, mesmo com maquiagem: você passa e ela não faz espuma, mas é só ir massageando com jeitinho que você limpa todo o seu rostinho, rímel a prova d’água incluso. Recomendo! – Flora Paul

5. Suco de Uva Tinto Integral da Superbom - R$17,90

Aline Ramos

Eu amo sucos e por mim eu me alimentaria só deles. Mas não dá, né? Meus pais sempre compraram suco de uva da Superbom e na minha família é unânime a opinião de que os melhores sucos naturais são deles, principalmente de uva.

Pois bem, um belo dia minha mãe foi me visitar e me deu esse suco de uva TINTO INTEGRAL. Ou seja, ele é o puro de suco de uva mesmo. Ele é tão concentrado que pra você aproveitar bem precisa jogar uns cubinhos de gelo no copo. Eu gosto de beber assim, e tal qual um vinho, separo para os momentos especiais porque o preço não é tão docinho assim.

Meu amor por esse suco é tão grande que eu guardo todas as garrafas, que são lindíssimas, para fazer vasos de flores. Se você está com falta de ideia de presente para quem não bebe álcool, esse suco é perfeito. – Aline Ramos

Produtos enviados como cortesia pelas empresas, mas o BuzzFeed não tem nenhuma obrigação de escrever sobre eles, muito menos falar bem.

6. Máscara Facial Urban Detox Minimiza Poros da Nivea - R$ 30

Chris Dierkes

A promessa dessa máscara de 1 minuto da Nivea é uma limpeza profunda, já que o produto aquece em contato com a pele e isso faz com que os poros se abram, com isso removendo mais impurezas e ajudando no combate a acne. Isso pra mim foi ótimo, já que comecei a tomar um remédio que deu ruim e encheu meu rosto de espinhas. A recomendação é usar diariamente, então incorporei o produto na minha rotina de cuidados com a pele e além de sentir que realmente ajudou a diminuir as espinhas, também notei que deixou a minha pele menos oleosa. O cheiro é bem gostosinho e a sensação de calor em contato com a pele também é bem agradável. – Chris Dierkes

7. Barra de chocolate Alpino Gianduia - R$6,97

Suria Rocha

A gente recebeu aqui no escritório algumas novidades da Nestlé e eu que sou muito chocolover amei o novo Alpino Gianduia, que combina chocolate e creme de avelã.

O Alpino sempre foi o meu favorito da caixa de bombons e a diferença do sabor gianduia pro tradicional é a cremosidade. Eu achei ele mais cremoso do que o tradicional, de um jeito que até derrete na boca. A barra tem 95g e é impossível não comer tudo de uma vez. – Suria Rocha

8. Shampoo e condicionador Head & Shoulders Detox da Raiz - R$27,03

Aline Ramos

Faz um tempinho que a Head & Shoulders enviou pra gente esse shampoo e condicinador Detox de Raiz, mas só agora que eu RASPEI meu cabelo eu comecei a usá-lo. Afinal, meu cabelo agora só é raiz e ponta.

E eu adorei, justamente porque a fórmula com pepino e menta ajuda a remover as impurezas da raiz e ainda protege o couro cabeludo, coisa que ando precisando.

Além da experiência incrível de lavar o cabelo rapidinho, com esse combo de shampoo e condicionador que leva menta na fórmula, eu saio do chuveiro com a cabeça fresquinha e cheirosinha. – Aline Ramos

Atividades que colocamos em prática em nossas rotinas e outras recomendações que achamos interessantes.

9. Fazer ramen em casa com pacotinhos de ramen instantâneo

Suria Rocha

Eu voltei de férias do Japão faz alguns meses e uma das coisas que eu mais comi e gostei de comer por lá foi ramen. Quando eu encontrei em um mercadinho, aqui em São Paulo, pacotinhos de ramen instantâneo de vários sabores eu não pensei duas vezes e resolvi experimentar. Levei pra casa o de missô, que é o meu sabor de ramen preferido. O pacotinho é igual ao de miojo mesmo então eu resolvi incrementar com cebolinha, ovo, pedaços de copa lombo e uma pimentinha pra dar mais sabor. Ficou UMA DELÍCIA e é super fácil de fazer. A copa lombo foi o que deu um pouco mais de trabalho, mas vale muito à pena fazer em casa, principalmente quando você tiver com vontade mas não quer gastar muito! – Suria Rocha

10. Assistir a série "Insecure" da HBO

Divulgação / HBO

No último feriadão zerei as duas temporadas de "Insecure" (em inglês, Insegura) e fiquei querendo mais. A série fala de relacionamentos, trabalho e dúvidas existenciais de um jeito que me fez pensar "nossa, verdade isso aí" várias vezes.

A insegura do título talvez seja a protagonista Issa, interpretada pela criadora da série Issa Rae, mas talvez a palavra se refira a um contexto mais amplo sobre mulheres em geral, principalmente negras.

Em todas as áreas da vida, e principalmente no amor, as amigas protagonistas oscilam entre tomar atitudes muito corajosas que fazem a gente torcer por elas e dar grandes e pequenas mancadas. E isso as torna tão humanas que faz a gente gostar mais ainda delas. Às vezes você está assistindo e pensa "ai miga, não faz isso aí, eu já fiz e posso te garantir que dá errado". Sinto que criei um laço de afeto com Issa e Molly, e estou torcendo para que a terceira temporada venha logo. – Susana Cristalli

11. Trocar desodorantes convencionais por naturais

Guta Batalha

Há uns 4 meses decidi parar de usar desodorante convencional e adotei os naturais à rotina.

Nunca gostei daquela sensação de que a crosta de desodorante não ia embora toda vez que tomava banho. Sempre pensei que uma coisa que demora tanto para sair do corpo não pode fazer bem. Há inúmeros estudos que apontam os malefícios do alumínio para o corpo, e a maioria dos antitranspirantes contém alumínio.

Antes de começar meu relato vale lembrar que nunca fui uma usuária assídua de desodorantes, sempre usei pouca quantidade e nunca tive o hábito de repassar durante o dia.

Com a decisão tomada, comprei um desodorante natural em pasta (paguei R$20). Ele tinha uma mistura de óleos essenciais com propriedades bactericidas, óleo de coco e, o que achei muito curioso, amido de mandioca. Gostei do resultado principalmente porque ele segurava relativamente o suor (que sempre foi o meu maior problema, muito mais que o cheiro). O único problema é que rendeu muito pouco e não era tão fácil de aplicar.

Depois passei para as misturinhas caseiras. A primeira que testei foi a de óleo de coco com bicarbonato de sódio e óleo essencial de lavanda.

Não deu muito certo. Como o óleo de coco fica sólido com a temperatura ambiente, eu fazia a maior bagunça para pegar do potinho. E sempre caia uns pedaços de óleo no chão. Além disso eu sentia o “cêcê vencer” no meio do dia e tive que começar a levar a misturinha para repassar no trabalho. Acho que aqui o meu erro foi o de não ter colocado mais algum óleo essencial com propriedades bactericidas para potencializar o efeito desodorante. O óleo de Tea tree já poderia ter ajudado.

Minha terceira tentativa foi a mistura de leite de magnésia com óleo essencial. Dessa vez usei o de Yang Lang porque gosto do cheirinho. Mais uma vez o erro foi não ter investido em outro óleo que ajudasse a conter o cheiro. Eu tinha que repassar a mistura mais de uma vez por dia. O ponto positivo desse desodorante natural é que rola colocar em um borrifadorzinho. Então ele não faz sujeira pela casa e é prático de levar na bolsa.

Minha última e atual tentativa é um desodorante corporal em spray muito curioso que achei na loja Endossa. Ele é um desodorante contra mal-cheiro e também um repelente natural, isto se explica pelo fato de ter óleo de tea-tree e óleo de citronela na fórmula.

Apesar do cheirinho de sauna (kkkkk), eu gostei bastante do resultado. O mais legal é que comecei perceber que estes óleos vão tratando a axila e, aos poucos, ela para de produzir aquele cheirinho característico, o famigerado cêcê.

Depois de pesquisar sobre, descobri que existem misturinhas que vão equilibrando e preparado as axilas para quem quer fazer essa transição aos poucos e não dar a louca como eu.

É bem impressionante perceber como alguns produtos que a gente usa impedem que a gente entenda como funciona o nosso corpo e quais são suas necessidades reais. Às vezes a gente acha que tem o maior futum do universo, mas nunca deixou o corpo respirar um pouquinho e tentou outras alternativas.

Claro, ninguém é obrigado a usar desodorante natural e você pode estar muito bem obrigada com seu antitranspirante. Mas espero que meu relato ajude e incentivo para quem quer tentar trilhar o caminho da cosmetologia natural. – Guta Batalha

12. Visitar a exposição "Raíz" do artista plástico Ai Weiwei na Oca

Suria Rocha

No mês passado, eu e a Kata fomos na exposição do artista plástico chinês Ai Weiwei na Oca do parque Ibirapuera, aqui em São Paulo. Eu já tinha assistido ao documentário dele, “Human flow”, sobre a questão dos refugiados em mais de vinte países. E também li um pouco sobre como além de artista plástico ele também é um grande ativista político. Intitulada Raíz, a expo traz obras já consagradas e outras inéditas, resultado da imersão do artista aqui no Brasil no último ano.

Suria Rocha

A exposição começa de fato nas raízes do artista, com obras que investigam algumas tradições artísticas chinesas, como a porcelana, trabalhada de diversas formas nas obras dele. Além disso traça um paralelo com as obras mais recentes e de grandes dimensões, produzidas com raízes de pequi-vinagreiro encontradas na Bahia.

Uma das coisas que mais me chamou a atenção na exposição foi um vídeo, que mostra o processo de criação de duas obras produzidas aqui no Brasil.

A exposição vai até 20 de janeiro de 2019. E o ingresso custa R$20 (inteira)Suria Rocha

BuzzFeed Daily

Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

Newsletter signup form

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.