Updated on 13 de jul de 2018. Posted on 13 de jul de 2018

    Vereador do Rio faz gestos homofóbicos para ironizar colega gay

    Em agosto de 2017, o mesmo Otoni de Paula havia chamado Anitta de "vagabunda de quinta".

    Durante as discussões sobre o impeachment do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), o vereador Otoni de Paula (PSC) fez gestos homofóbicos para ironizar o colega David Miranda (PSOL), que se identifica como o primeiro vereador LGBTQ da cidade.

    Isso é um vereador do Rio de Janeiro durante a sessão para decidir sobre o impeachment do prefeito da cidade. Boa noite. https://t.co/RDWSN2Hf7k

    O pedido de afastamento foi rejeitado por 29 votos a 16. Crivella era acusado de usar a prefeitura para favorecer integrantes da Igreja Universal.

    Depois de ter sido chamado de "hipócrita" pelo psolista, Otoni fez movimentos que o jornalista Glenn Greenwald, marido de Miranda, chamou de "dança gay". Ele finalizou a manifestação não-verbal dando uma "banana" para o vereador da oposição.

    I'd like to show you something about the Brazilian Right, and how shockingly bigoted and pitifully adolescent they are. During today's debate over whether to impeach the right-wing Mayor of Rio, one of the evangelical City Councilman mocked @davidmirandario -- with a gay dance: https://t.co/Vm0SimZkiT

    "Gostaria de mostrar a vocês algo sobre a direita brasileira, e quão chocantemente intolerante e laventavelmente adolescente ela é. Durante o debate de hoje sobre o impeachment do prefeito de direita do Rio, um dos vereadores evangélicos tirou sarro de David Miranda — com uma dança gay", escreveu Greenwald.

    Otoni de Paula é o vereador que chamou Anitta de "vagabunda de quinta" em uma postagem no Facebook em agosto de 2017.

    facebook.com

    À época, ele apagou a expressão do texto, atribuindo-a à sua assessoria, e pediu desculpas. Mas manteve o título original, que questiona se Anitta é "cantora ou garota de programa".

    facebook.com

    Segundo o G1, vereadores da oposição pretendem entrar com procedimento na comissão de ética da câmara do Rio e processar Otoni na Justiça por homofobia.

    Reprodução / GloboNews

    Veja também:

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form