Posted on 13 de jun de 2018

    16 pessoas que soltaram um palavrão na pior hora possível

    "Tava numa entrevista de emprego extremamente descontraída, do nada eu solto: 'Então, cuzão, eu acho que...'"

    Pedimos aos membros do grupo do BuzzFeed Brasil que contassem histórias em que soltaram um palavrão na pior hora possível. Estas são algumas das mais engraçadas.

    1. "Startup, os cara de bermuda e chinelo, trocando ideia numa boa."

    "Tava numa entrevista extremamente descontraída um dia (startup, os cara de bermuda e chinelo, trocando ideia numa boa), do nada eu solto: 'Então, cuzão, eu acho que...' Aí percebi o que tinha feito e calei a boca o resto da entrevista." — Kaike Santos

    2. "Milagrosamente eu ainda tenho emprego."

    "Tinha acabado de começar num emprego. Meu chefe perguntou se eu podia ir até a casa dele, que ficava perto dali, pra pegar umas coisas. Eu fui, mas ele me explicou errado como chegava, daí liguei pra ele e ele não atendia. Como meu noivo trabalhava lá também, liguei pra ele e pedi pra ele pegar o endereço de novo, mas ele PASSOU O TELEFONE PRA IRMÃ DO MEU CHEFE e eu só falei 'PEGA ESSA BOSTA DESSE ENDEREÇO CERTO PORQUE TÁ UM FRIO DA PORRA E EU NEM DEVIA ESTAR FAZENDO ESSA MERDA'. Milagrosamente eu ainda tenho emprego." — Ísis Salomão Alves

    3. "Reuni os velhos da igreja e comecei a contar uma piada."

    "Era criança e fui na igreja dos meus avós maternos. Eles eram evangélicos da Assembleia de Deus mais tradicional que existe. Aí tô eu lá com SEIS ANOS e lembrei de uma piada infame que meu pai contou e eu ouvi. Reuni os velhos da igreja e comecei a contar a tal piada.

    Segue a vergonha que passei na família: 'Havia 11 patos em fila, daí ao jogar milho um enfia a cabeça do cu do outro e ninguém come o milho, mas o pato que está na frente também não come o milho. Você sabe por quê?'

    Daí um velhinho pergunta: 'Por quê?'

    Eu respondo: 'Porque ele tá com a cabeça enfiada no seu cu!'

    A família morreu de vergonha, mas... Sigo até hoje com a boca suja!" — Naiana Cruz

    4. "Ele veio com aquelas brincadeiras de 'quando esse neném vai nascer?'"

    "Tava no estágio meio ruinzinha porque meu almoço não tinha caído bem. Meu chefe me perguntou o que eu tava sentindo e eu respondi que tava enjoada. Aí ele já veio com aquelas brincadeiras de 'quando esse neném vai nascer?' e eu, no auge do mau humor, respondi um belo 'seu cu!'" — Laila Santos

    5. "Me senti o Chaves falando mal do Professor Linguiça."

    "Eu só estava reclamando do meu chefe com uma amiga e disse: 'Ahhh, cê acha que o filho da puta do fulano vai querer fazer isso?'

    E o filho da puta estava chegando e ouviu. Me senti o Chaves falando mal do Professor Linguiça." — Tatiana Santos

    6. "Minha tia foi cantar no culto e o microfone caiu."

    "Minha tia tinha quatro anos e cantava na igreja. Minha avó era toda orgulhosa e chamou a rua inteira pra vê-la no culto.

    Até o dia em que ela foi cantar no fatídico culto e o microfone caiu. O diálogo foi este:

    'Glória, glória, alelu... DESCULPA, IRMÃOS, CAIU O CARALHO DO MICROFONE, PORRA... Aleluuuuuuia, glória, glória...'

    Agora leiam isso na voz de uma criança de quatro anos amplificada." — Beatriz Freitas

    7. "Deixei voar um pedacinho de carne e soltei um 'puta que pariu, foi mal'."

    "A vó do meu ex ODIAVA que eu falasse palavrão, dizia que não era coisa de mulher (apesar de ser bem 'foda-se' na vida, eu respeitava a vontade da velha). Pois um belo dia, almoçando com a família, deixei voar um pedacinho de carne e soltei um 'puta que pariu, foi mal'. Meu ex me fuzilou e disse 'minha avó' bem baixinho e eu, em toda minha plenitude, respondi 'porra, desculpa!' Todo mundo riu. 🤷" — Fernanda Moreno

    8. "Levei um socão de um molequinho de dez anos."

    "Eu fiz um tempo de krav magá e era mó atmosfera solene de respeito, tinha que se curvar pra entrar e tudo, não podia falar durante a aula... Eu nunca fiz aula de nada parecido, tinha muita dificuldade em fingir costume. Eu tava na faixa branca junto com um molequinho de uns dez anos, daí ele me deu um socão e eu gritei 'CARALHOOOOOOO!'. Aí eu não durei nem um ano nas aulas e ainda me perguntam por quê, kkkkkkk." — Natalia Weber

    9. "E o pastor lá com a cara quadrada."

    "Na igreja, o irmão foi dar o testemunho dizendo que tinha sofrido uma tentativa de assalto. Eis que no meio do discurso do homem, uma irmã no meio da igreja levanta e fala: 'É, pastor, nessas horas não aparece um filho da puta pra ajudar!'

    E o pastor lá com a cara quadrada, kkkkkkkkkkkkkk." — Gabriel Moraes

    10. "Meu chefe estava na minha frente e quase teve um infarto."

    "Eu trabalho com motoristas que não cansam de me irritar por eu ser uma das únicas meninas ali. Um dia eu tinha ganhado uma garrafa de refri e estava oferecendo pra todos que entravam na sala. Até que um veio pegar e não tinha mais copo, aí eu ofereci o meu copo pra ele. Ele: 'Eu não vou beber nesse copo, não sei onde ele andou, onde você passou ele.'

    Eu (aguentando gracinha o dia todo): 'TAVA NO MEU CU O COPO, LEONARDO, EU TIREI DO CU E DEI PRA VOCÊ.'

    Obs.: Meu chefe estava na minha frente falando no telefone, quase teve um infarto, e eu quase levei uma advertência. 🤷🏻‍♀️" — Mayara Francini

    11. "Fui demitida, óbvio."

    "Eu tinha começado há pouco tempo no trabalho, fiquei muito nervosa e faltei porque tava com piriri. No outro dia meu chefe, bravo, pergunta se era tão grave assim que não tinha como vir... Eu respondi sem pensar: 'Só se eu viesse me cagando!', hahaha.

    Fui demitida, óbvio." — Thais Ferraz Fábio Freitas

    12. "O garçom e meu namorado não pararam de rir."

    "Uma vez estava numa festa e o garçom passou com a bandeja. Falei na maior inocência quando vi o que era: 'Ah, eu quero! Amo buceta.'

    Era brusqueta.

    O garçom e meu namorado não pararam de rir." — Renata Randall

    13. "Eu queria explicar um tipo de tonalidade/cor que em espanhol é 'palo', literalmente 'pau'."

    [A autora desta história é espanhola]

    "Teve uma vez que eu queria explicar um tipo de tonalidade/cor que em espanhol é 'palo', literalmente 'pau'. É uma tonalidade clarinha e fraca das cores, por exemplo 'marrón palo', 'azul palo'. Eu queria explicar que não gostava de rosa, apenas do rosa cor 'palo', mas eu disse: 'Aquela cor de pau, rosinha, marrom, tem uns vermelhinhos também... Adoro as cores de pau".

    Aí vocês já imaginam a cara das pessoas... Com o tempo fui amadurecendo e aprendendo." — Romi Mascherano

    14. "Todo mundo ficou me olhando com cara de nojo."

    "Eu estava na missa. Na hora de ajoelhar, esqueci que meu joelho estava muito machucado e soltei um 'PUTA QUE PARIU, FILHO DA PUUTAAAA' que ecoou na igreja inteira, bem na hora em que todos estavam quietos. Não sabia onde enfiar a cara, TODO mundo ficou me olhando com cara de nojo. A velhinha do meu lado me chamou de desrespeitosa, um pessoal ficou rindo e o padre ainda soltou no microfone: 'Filha, cuidado com as palavras inapropriadas que você diz! Podemos conversar depois, se quiser.' Tô correndo até agora." — Nayra Mayera Covas

    15. "Desculpa, falei um palavrão feio pra caralho, né?"

    "Palavrão pra mim é adjetivo de intensidade, então às vezes não percebo que estou falando! No topo das (muitas) vergonhas que já passei está quando fui ao Vaticano. Ao entrar na Basílica de São Pedro, soltei um 'eeeeita porra'. Só vi a cabeça de um padre do meu lado virando pra mim. Logo entendi que ele falava português e fui tentar me desculpar: 'Desculpa, falei um palavrão feio pra caralho, né?' Ele só ergueu a sobrancelha e aí me dei conta que tinha dito outro palavrão, só que agora diretamente pro padre. 🤭🤭 Morta de vergonha fui soltando um “ai, desgraç...” e ele fez cara de morte pra mim. Só abaixei a cabeça e saí correndo! 🙈🙈

    P.S.: Minutos depois fiquei sabendo que no dia seguinte teria reunião do papa com padres da América Latina. Logo, estava CHEIO de padres brasileiros! Nunca contei isso nem pros meus amigos que estavam lá comigo porque sabia o tamanho da zoação, kkk." — Iara Vilela

    16. "Pedi mil desculpas, rimos muito."

    "Meu ex-chefe era o tio do pavê. Fazia só aquelas piadas terrivelmente ruins. Um belo dia ele fez aquela pergunta do 'Quando um mosquito te pica é Colombo ou calombo?' 'Calombo.' 'E quem descobriu o Brasil?'. Nisso eu respondi 'Colombo'. (É uma piada de atenção, coisa que tenho zero.) Nisso que eu notei e ele começou a me zoar, soltei um 'AHHH, FILHO DA PUTA'. Quando eu percebi, minha cara foi no chão. Pedi mil desculpas, rimos muito. Encerraram meu contrato dois meses depois, kkkkkkkk." — Aryadne Bastos

    Veja também:

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.