Updated on 21 de jan de 2019. Posted on 21 de jan de 2019

    O vídeo do Flávio Bolsonaro chorando NÃO é de agora

    Ele enxugou as lágrimas numa bandeira do Brasil no dia seguinte à facada em seu pai, em setembro de 2018.

    Um vídeo que mostra o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) chorando e enxugando as lágrimas numa bandeira do Brasil viralizou neste domingo (20), depois de publicado na página O Museu da Direita Histérica, no Facebook.

    Facebook: video.php

    O vídeo rapidamente virou um meme e ganhou versões com músicas tristes no fundo, como esta:

    eu tava sem nada pra fazer entao coloquei a musica triste do chaves no video do flavio chorando

    Fica a impressão de que o motivo do choro são as reportagens recentes sobre movimentações suspeitas na sua conta e na de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

    Não dá pra acreditar numa porra dessas, hahahahahaha!

    O vídeo, porém, foi extraído de uma live que Flávio fez no Facebook em 7 de setembro de 2018, dia seguinte ao atentado a faca sofrido por seu pai Jair Bolsonaro (PSL-RJ), então candidato à presidência.

    Facebook: video.php

    O choro começa nos 45 segundos finais do vídeo.

    O vídeo que está circulando em 2019 foi retirado do canal ShowTube BR, que subiu parte da live original no YouTube no mesmo dia da transmissão original.

    Veja este vídeo no YouTube

    youtube.com

    A situação do senador eleito se complicou nos últimos dias: novo trecho do relatório do Coaf identificou o pagamento, por Flávio, de um título bancário da Caixa de R$ 1,1 milhão cujo beneficiado não foi possível identificar (ele diz que comprou um imóvel).

    Vieram à tona também 48 depósitos pequenos, em dinheiro, feitos em caixas eletrônicos da Assembleia do Rio, totalizando R$ 96 mil. De acordo com o Banco Central, os depósitos têm característica de lavagem de dinheiro.

    Em entrevista à TV Record, Flávio disse que o pagamento de pouco mais de R$ 1 milhão ocorreu na compra de um apartamento na planta, que foi vendido. Os 48 depósitos de R$ 2 mil, segundo o o filho 01 de Bolsonaro, também estão ligados ao apartamento. Segundo ele, o comprador pagou uma parte em dinheiro vivo. Ele não explicou por que preferiu fazer 48 depósitos de R$ 2 mil, com poucos minutos de diferença, em vez de depositar tudo de uma vez.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form