• Viral badge

14 histórias maravilhosas para rir com a sua mãe no dia dela

"Filha, eu sei que você não pode ficar falando no telefone aí no seu trabalho, então só responde sim ou não: você prefere os lanches de presunto e queijo ou só de queijo?"

Qual a coisa mais engraçada que a sua mãe já fez? Fizemos essa pergunta aos nossos leitores no Facebook e reunimos aqui as melhores histórias.

Rafael Neddermeyer / Getty Images

No Subway, por Nadedja Calado

"Levei minha mãe no Subway e o 'artista do sanduíche', com aquele atendimento impecável, disparou logo '15 ou 30?'. Minha mãe respondeu 'não, é um só!'.

Depois ele perguntou 'dobro o queijo?' e ela mandou um 'não, eu gosto dele esticadinho'."

Agite antes de usar, por Clarice Rivelli Mota

"Quando minha mãe comprou o primeiro celular dela (um Nokia daqueles antigos), eu e meu irmão abrimos a caixa e escrevemos na 'nota de abertura' (lembram disso?): 'Agite antes de usar'.

Uns dois meses depois, estávamos em um bar, e a minha mãe liga o celular e começa a agitá-lo no meio da mesa. Todos olharam pra ela, claro, com aquele olhar de 'WTF?'.

Eu não consegui me segurar de tanto rir. Não conseguia nem explicar o que estava acontecendo. Os amigos dela continuaram sem entender por que ela tava sacudindo o celular, ela continuou agitando o celular antes de usar e eu continuo rindo dessa história até hoje."

Atendimento ruim, por Isabella Neves

"Fomos pra Fortaleza nas férias e minha mãe foi pedir sobremesa no balcão.

Passou um tempo pedindo e achou estranho a atendente não responder.

Percebeu que, na verdade, atrás do balcão tinha um espelho. E ainda disse: 'Bem que eu achei ela parecida comigo!'"

Lanterna baratinha, por Thaiz Cabral

"Estava conversando com a minha mãe no WhatsApp e pedi pra ela trazer da 25 de Março [rua comercial de São Paulo] uma lanterna baratinha.

Quando ela me entregou o pacote, me disse: 'A lanterna foi fácil de achar, mas pras baratinhas tive que rodar a 25.'

Ué... Abri o pacote e tinha uma lanterna e um pacote de baratinhas plásticas."

Divulgação / Via verdadefeminina.com.br

Na internet, por Carolinne Oliveira

"A minha mãe acha que pra encontrar qualquer coisa na internet é só digitar '.com.br' depois da tal coisa. Exemplo: www.receitadebolodecenoura.com.br."

Xórme, por Edimar Blazina

"Minha mãe me ligou perguntando porque o Xórme tinha sumido do celular dela.

Não entendi e perguntei o que era o "xórme". Ela respondeu: 'Aquele da internet.'

Ela tinha deletado sem querer o Chrome."

Briga de cachorro, por Ana Paula Ponsoni Lopes

"Um dia os cachorros aqui de casa estavam brigando, meu pai foi separar e a minha mãe ajudar.

Enquanto meu pai separava, ela encheu um balde de água e foi jogar nos cachorros. Na hora de jogar ela calculou errado e jogou toda a água na cara do meu pai.

Até os cachorros pararam de brigar de tanto que demos risada."

Ditados populares, por João Brigato

"O melhor da minha mãe são os ditados populares ditos totalmente errado em conversas super sérias.

Estão entre eles:

• 'Cutucar a vara com a onça curta'

• 'Não pode contar com a galinha no cu do ovo'

• 'Você tem que aprender a separar o shoyu do milho'

• 'Um olho no peixe e outro no rabo'

Uma verdadeira poetisa brasileira!"

Spencer Platt / Getty Images

Meus cremes, por Carolina Halter

"Minha mãe tinha mania de usar meus cremes escondida de mim.

Um belo dia, ligou me xingando horrores: 'Carolina, sua vaca! Eu vi que tava todo mundo na rua e no ônibus olhando pra mim e rindo. Aí cheguei no serviço e vi que tô com a cara laranja! Que merda de creme vagabundo é esse que você não escondeu de mim?'

A linda tinha tacado autobronzeador na cara... sem dó."

Quem gostaria?, por Michele Bury

"Minha mãe tinha uma loja no shopping. Um dia liguei pra ela, no celular.

Ela atendeu e eu disse: 'Mãe?'. Ela respondeu: "É ela, quem gostaria?'

Detalhe: sou filha única."

Fat Family, por Izadora Pimenta

"Quando eu tinha oito anos, me perdi da minha mãe na Decathlon. A loja era muito grande, então eu fiquei um tempo chorando desesperada, até que um grupo de pessoas me encontrou e disse que ia ficar tudo bem e que eles iam ajudar a achá-la.

Quando a encontramos, eu com a cara toda vermelha de tanto chorar, minha mãe só gritou 'Fat Family!!!' e saiu abraçando as pessoas que me trouxeram, já pegando papel e caneta pra pedir autógrafos (antes não tinha câmera fácil, né, rs).

E eu, totalmente ignorada, só então percebi quem eram as pessoas que tinham me ajudado (e eles estavam no auge)."

Pão, por Lucas Queiróz

"Estou eu loucamente procurando emprego nesta crise, cadastrado em mil sites de empregos, portanto, sempre que o celular vibra avisando que chegou e-mail é um lance de esperança no coração.

Abro a caixa de e-mail e está lá:

ASSUNTO: PÃO
DESCRIÇÃO: Filho, traga pão. Beijos da mamãe.
"

Sim ou não, por Alessandra Sauerbronn

"'Filha, eu sei que você não pode ficar falando no telefone aí no seu trabalho, então só responde sim ou não: você prefere os lanches de presunto e queijo ou só de queijo?'

Minha linda mãezinha! Saudades!"

Ethan Miller / Getty Images

Despertar com o DVD, por Nínive de Lima Corletto

"Eu pedi pra ela me acordar com o DVD da Ivete Sangalo — ou seja, colocar na televisão e aumentar o volume.

Não. Ela entrou no meu quarto com a capinha do DVD na mão, toda feliz dançando e cantando 'POEEEEIRAAAA'..."

Veja também:

BuzzFeed Daily

Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

Newsletter signup form

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.