15 lugares pelo mundo que as pessoas deixaram para trás

    Tudo que tem um começo tem um fim.

    1. Esta vila abandonada na França, onde 240 mulheres e 205 crianças foram massacradas por nazistas.

    commons.wikimedia.org

    Em 10 de junho de 1944, uma companhia nazista da Waffen-SS destruiu a vila de Oradour-sur-Glane, na França, massacrando seus habitantes, incluindo mulheres e crianças. Após a guerra, o general Charles de Gaulle ordenou que a vila não fosse reconstruída e, em vez disso, fosse deixada como memorial e museu para lembrar o mundo das atrocidades da ocupação nazista.

    2. Esta cidade abandonada na Pensilvânia que está em chamas desde1962.

    commons.wikimedia.org, commons.wikimedia.org

    Um incêndio em uma mina de carvão iniciou-se em 1962 sob o distrito de Centralia, na Pensilvânia. No começo, não foi um grande problema, mas em 1981, sumidouros começaram a abrir-se nos quintais das pessoas, cheios de vapor quente e níveis letais de monóxido de carbono. O governo interveio na situação em meados dos anos 80 e realocou os moradores de Centralia. O distrito que uma vez apresentou uma população de 2.449 pessoas em 1940, diminuiu para 7 em 2013.

    O incêndio deverá continuar por mais 250 anos.

    3. Em Vancouver, havia um McDonald's flutuante que foi construído em uma barcaça de 187 pés. Ela está abandonada desde 1991.

    commons.wikimedia.org

    O McBarge foi destinado à Expo 86 como parte de uma homenagem ao futuro da tecnologia e da arquitetura.

    4. Este complexo nazista abandonado em Los Angeles.

    commons.wikimedia.org

    Murphy's Ranch, em Los Angeles, foi construído na década de 1930 por um rico casal americano que eram supremacistas brancos e simpatizantes nazistas. O rancho serviu de base para atividades nazistas, equipado com um tanque de armazenamento de água, uma usina de energia, um tanque de combustível, um abrigo de bombas e tudo o que era necessário para ser autossustentável por longos períodos. O FBI invadiu o complexo em 1941, após o ataque a Pearl Harbor. Por fim, o rancho foi deixado em ruínas e decadência, até que finalmente foi demolido em 2016.

    5. Este sistema de metrô abandonado em Cincinnati que teve sua construção cancelada em 1929.

    commons.wikimedia.org

    Considerado o maior sistema de metrô abandonado dos EUA, o financiamento da construção do sistema de metrô sofreu com uma série de obstáculos, incluindo duas Guerras Mundiais, a Grande Depressão, a popularidade da indústria automobilística e a política de Cincinnati.

    6. O Pontiac Silverdome, em Michigan, que uma vez recebeu o Super Bowl, as finais da NBA, uma visita do Papa, a Copa do Mundo, o WrestleMania III e uma série de shows de artistas lendários, como Elvis, Rolling Stones, Metallica e Elton John, foi completamente abandonado e derrubado em 2014.

    Veja este vídeo no YouTube

    youtube.com

    A deterioração do estádio começou depois que a equipe do Detroit Lions se mudou para o Ford Field em 2002. Depois que a cidade se afundou em problemas financeiros, e os altos custos de manutenção, os proprietários decidiram fazer o leilão do estádio. O estacionamento foi usado para armazenar centenas de carros a diesel da VW que passaram por recall. A demolição do estádio é esperada até o final do ano.

    7. Esta ilha no Japão que uma vez foi o lugar mais densamente povoado na Terra.

    commons.wikimedia.org

    A Ilha Hashima foi povoada de 1887 a 1974, e operava como uma instalação de mineração de carvão. Mas a ilha também teve má reputação por seus campos de trabalho forçado durante a Segunda Guerra Mundial. Civis coreanos recrutados e prisioneiros de guerra chineses morreram na ilha como resultado de condições de trabalho severas, desnutrição e exaustão.

    8. Este parque de diversões abandonado que foi destruído pelo furacão Katrina em 2005.

    commons.wikimedia.org

    Depois que o furacão Katrina inundou o Six Flags New Orleans em 2005, os proprietários do parque decidiram que não valia a pena reconstruir o parque, e o deixaram abandonado. No entanto, o local foi usado como locais de filme para Planeta dos Macacos: O Confronto e Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros.

    9. Este misturador de cimento que foi abandonado em Oklahoma e repintado para parecer uma cápsula espacial da NASA.

    Facebook: winganonspacecapsule

    Em Winganon, Oklahoma, há uma história interessante sobre um misturador de cimento abandonado. Nos anos 50 (de acordo com alguns relatórios), um caminhão estava carregando um misturador de cimento quando se envolveu em um acidente de carro. Apesar do caminhão ter sido removido, o misturador de cimento foi deixado para trás porque era muito pesado. Em 2011, Barry e Heather Thomas vieram e transformaram o misturador de cimento em uma cápsula espacial da NASA.

    10. No Distrito de Changping, na China, originalmente propuseram que Wonderland seria o maior parque de diversões da Ásia. Depois que os desenvolvedores depararam-se com uma série de questões financeiras e de logística, a construção parou em 1998 e foi demolida em maio de 2013.

    commons.wikimedia.org

    As crianças locais frequentavam o parque abandonado constantemente, e usavam-no como um playground.

    11. Há uma cidade fantasma no Arizona que se chama Nothing. No auge, Nothing tinha uma população de quatro pessoas.

    commons.wikimedia.org

    Nothing está localizada a 195 km a noroeste de Phoenix, no deserto de Mojave, e está essencialmente abandonada. Em 2017, a Century 21 Real Estate realizou uma promoção para o Dia dos Pais, onde você podia arrendar um pedaço de Nothing por 24 horas no dia 19 de junho. Logo, você podia dar ao seu pai... Nothing (nada, em inglês).

    12. Varosha foi um movimentado resort balneário turístico no Chipre que tem sido uma cidade fantasma desde 1974.

    commons.wikimedia.org

    Era uma área turística moderna que prosperou até a invasão turca de 1974, que transformou os quarteirões em uma cidade fantasma fortemente restrita. A área ainda é controlada pelas forças armadas turcas, e o acesso ao local não é permitido.

    13. Esta cabana na Antártica que existe desde 1902 e está surpreendentemente em boas condições.

    commons.wikimedia.org, commons.wikimedia.org

    A cabana Discovery foi construída em 1902 durante a Expedição Discovery que durou de 1901-1904. Desde então, a cabana foi usada quatro vezes, sendo abandonada em 1914. A cabana foi preservada graças a temperaturas congelantes e ao clima seco, até mesmo preservando a carne de foca que "cheira bastante rançosa".

    Mas ela está se desfazendo lentamente graças à decomposição de fungos e bactérias.

    14. Wintenoom era uma cidade mineira na Austrália Ocidental que foi desativada pelo governo em 1966 devido a preocupações crescentes com a saúde acerca da principal exportação da cidade — o amianto.

    commons.wikimedia.org

    Apesar de a cidade tecnicamente não existir mais e ter sido praticamente apagada dos documentos oficiais, existem três pessoas que ainda vivem lá.

    15. Esta que já foi uma rica vila de mineração no sul da Namíbia.

    commons.wikimedia.org

    Começando em 1908, a vila de Kolmanskop foi invadida por mineiros alemães depois de descobrirem que a área era rica em diamantes. O campo de diamantes transformou Kolmanskop em uma vila próspera que refletia o aspecto de uma pequena cidade alemã, mas assim que começou a Primeira Guerra Mundial, o campo de diamantes começou a se esgotar. A cidade começou um declínio acentuado durante a década de 1930, e foi totalmente abandonada até 1954. A cidade fantasma é agora um destino turístico.

    Este post foi traduzido do inglês.

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.