• newsbr badge
  • Coronavi­rus Brasil badge

Um enfermeiro postou uma foto angustiante para mostrar que a Covid-19 não é uma "gripezinha"

"Eu tirei a foto para mostrar às pessoas", disse o enfermeiro do pronto-socorro. "É a realidade assustadora com a qual lidamos."

Shared with BuzzFeed News by a nurse

Interior de um caminhão em uma entrada de ambulância de um hospital da cidade de Nova York, em 29 de março. A foto tirada por um enfermeiro foi alterada para desfocar os nomes dos falecidos.

O enfermeiro de 38 anos de um hospital de Manhattan estava no fim de seu turno no domingo de manhã quando se dirigiu à entrada de ambulâncias do prédio.

Lá, um caminhão frigorífico enorme estava parado, pronto para levar aqueles que morreram por complicações da Covid-19. Ele subiu no caminhão, abriu a trava e tirou uma foto.

"Eu tirei a foto para mostrar às pessoas", disse o enfermeiro do pronto-socorro. "É a realidade assustadora com a qual lidamos." Ele pediu que nem ele nem seu hospital fossem identificados por medo de repercussões. O BuzzFeed News alterou a imagem para desfocar os nomes dos falecidos.

No início da noite de sábado, ele havia sentado ao lado de uma paciente e segurado sua mão enquanto ela dava seu último suspiro. Agora, o corpo dela encontra-se dentro do caminhão.

Um dos piores aspectos do coronavírus é que suas vítimas normalmente são forçadas a morrerem sozinhas, isoladas dos parentes e amigos, devido à alta taxa de infecção.

A paciente do enfermeiro tinha 71 anos e, fora isso, era saudável. Ele descreveu como ela ofegava enquanto morria. Disse que ela recebeu o resultado positivo há cerca de uma semana e foi enviada para casa, retornando só no sábado com falta de ar. Ela pediu para não ser entubada e morreu durante a madrugada.

Desde a noite do sábado, na cidade de Nova York, sabe-se que 672 pessoas haviam morrido de Covid-19 desde o início do surto do coronavírus, com o número de infectados bem acima dos 30 mil. Os hospitais da cidade chegaram ao limite, e precisam lidar com um fluxo constante de pacientes ao mesmo tempo em que possuem uma quantidade perigosamente baixa de equipamentos de proteção individual, como máscaras e trajes para médicos e enfermeiros.

O enfermeiro contou um terrível dilema. "Se estivermos com Covid-19, o esperado é que trabalhemos enquanto estivermos assintomáticos. Mas não podemos ser testados até que apresentemos sintomas", ele disse. "Eles não querem nos testar porque, com o nosso nível de exposição, provavelmente estamos todos doentes sem saber."

"Estamos racionando absurdamente os equipamentos de proteção individual", contou o enfermeiro. Ele revelou que eles recebem "uma máscara uma bata descartáveis, pelas quais precisamos assinar, e espera-se que as usemos ao longo de cinco turnos de 12 horas antes que elas sejam substituídas".

O governador Andrew Cuomo comprometeu-se a fornecer mais materiais para médicos e enfermeiros. O enfermeiro contou que a situação é caótica em seu hospital, com a mudança constante de regras.

"Tudo muda de um dia para o outro no trabalho", ele disse. "Eles estão lutando para descobrir o que fazer à medida que avançamos."

"Há uma semana, fomos instruídos a tirar nossas máscaras no trabalho. Agora, somos orientados a usá-las o tempo todo, já que muitos de nós estão sendo contaminados."

Na mensagem do domingo de manhã, ele disse que precisava dormir porque outro longo turno o aguardava. Ele não conseguia tirar as imagens do caminhão da cabeça.

"Talvez, como judeu, eu as relacione às imagens do Holocausto, que é meu único referencial para esse tipo de imagem de pessoas", ele disse. "Nunca vi algo parecido com isso."

Este post foi traduzido do inglês.

Miriam Elder is a political reporter for BuzzFeed News and is based in New York. Her secure PGP fingerprint is 5B5F EC17 C20B C11F 226D 3EBE 6205 F92F AC14 DCB1

Contact Miriam Elder at miriam.elder@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.