28 de jul de 2014

    40 coisas incríveis que você provavelmente não sabia sobre a vida e a carreira do Mussum

    Ele nos deixou há 20 anos, mas nós nunca deixamos de achá-lo o máximo.

    1. Foi Grande Otelo quem deu o apelido de "Mussum" para Antônio Carlos Bernardes Gomes.

    2. Isso aconteceu de improviso durante a participação dos "Originais do Samba", grupo do Mussum, em um programa de TV junto com Grande Otelo.

    globotv.globo.com

    3. Chico Anysio foi quem deu o conselho para que Mussum falasse com "is" no final, tipo "Como de fatis", "tranquilis" e "não tem problemis".

    4. Na época, ele ainda não era humorista "assumido" e fazia algumas participações na "Escolinha do Professor Raimundo."

    Divulgação/ Arquivo pessoal

    5. O convite para Mussum entrar para "Os Trapalhões" foi de Dedé Santana, que era fã de "Originais do Samba".

    6. Mussum fabricava seu próprio reco-reco.

    globotv.globo.com

    7. Ele serviu a aeronáutica e aprendeu a tocar bateria lá.

    8. Mussum passou por um treinamento para enviar mensagens em código Morse.

    globotv.globo.com

    9. Antes da fama, ele também fez curso de ajustador mecânico.

    10. Mussum tinha licença de Cabo Arraiz para dirigir lanchas.

    11. Certa vez, ele pintou uma lancha de verde e rosa em homenagem à Mangueira.

    12. Mussum se arriscou no ramo das empreiteiras, montando a Construtora Ébano.

    Divulgação/ Arquivo pessoal

    13. Mussum foi diretor da Ala das Baianas da Mangueira.

    14. Ele era muito querido pelas baianas, mas também considerado um diretor bem rígido.

    globotv.globo.com

    15. Mussum usou a gíria "Lepo Lepo" muito antes do Psirico e em dois momentos diferentes.

    16. O primeiro foi na música "Because Forever", gravada para o seu disco solo em 1986, e o segundo foi numa entrevista nos anos 1990 para a revista Casseta Popular.

    globotv.globo.com

    17. Uma das primeiras músicas composta por Zeca Pagodinho a fazerem sucesso foi gravada por Mussum e se chama "Chiclete de Hortelã".

    globotv.globo.com

    18. Mussum era fã também de bossa nova e gravou a música "Rio Antigo", sobre as belezas da cidade maravilhosa nos anos 1940, junto com Chico Anysio.

    globotv.globo.com

    19. Ele também gravou "Nega Besta", composta por João Nogueira.

    20. A música conta a história de uma moça "que tem a boca torta e diz que fala ingleizis".

    globotv.globo.com

    22. Mussum ainda gravou uma música de Vinícius de Moraes.

    23. E três do Adoniram Barbosa: "Samba do Arnesto", "Saudosa Maloca" e "As Mariposas".

    24. Ganhou um festival ao lado de Elis Regina.

    globotv.globo.com

    25. Mussum ficou muito amigo de Garrincha por tocar com Elza Soares na boate Fred's.

    26. Essa amizade durou a vida inteira e Mussum foi visitar Mané quando estava internado.

    globotv.globo.com

    27. Mussum contracenou com Hebe Camargo e Ronald Golias em uma encenação de "Romeu e Julieta" na TV Record nos anos 60.

    28. Ele interpretou Jesus Cristo no filme "Os Trapalhões no Auto da Compadecida".

    29. Ele era amigo pessoal de Solange Couto (a Dona Jura), que contracenou na novela América com seu filho Mussunzinho.

    globotv.globo.com

    30. Mussum era chamado de Caco pelos familiares, por causa do boneco dos Muppets.

    Divulgação/ Arquivo pessoal

    Mussum em um set da Universal Studios durante a tentativa dos Trapalhões de se vender para os EUA.

    31. Certa vez, Mussum tomou umas porradas de Bud Spencer. (Bud Spencer e Terence Hill participaram dos Trapalhões.)

    Divulgação/ Arquivo pessoal

    Os Trapalhões recebendo uma homenagem do Sarney enquanto gravavam um filme em Brasília no fim dos anos 80.

    32. Mussum declarou apoio à candidatura de Maluf à presidência.

    Divulgação/ Arquivo pessoal

    Os Trapalhões e Zico em um dos jogos de futebol que aconteciam nos shows em ginásios e especiais de fim de ano.

    33. Mussum adotou o Corinthians como segundo time do coração quando morou em São Paulo, entre 1967 e 1976.

    34. Isso aconteceu porque Mussum não conseguia assistir todos os jogos do Flamengo e era próximo dos integrantes da escola de samba Camisa Verde-e-Branco, que era um reduto de corinthianos.

    35. Ele tinha uma bandeira do Flamengo autografada por Zico em casa.

    36. Mussum colaborou com diversos projetos sociais nas décadas de 80 e 90.

    37. Dentre eles, a doação de um consultório odontológico para a Comunidade do Morro da Mangueira.

    38. No comercial da campanha do Programa Nacional de Prevenção da Cárie Dental, ele dizia "dente cariado não tem graça nenhumis".

    39. No bairro do Morumbi, em São Paulo, há uma rua com o nome de "Rua Comediante Mussum".

    40. Ela fica bem perto da Rua Comediante Zacarias.

    A maior parte das informações deste post foi cedida por Juliano Barreto, autor do livro "Mussum Forévis - Samba, Mé e Trapalhões", biografia de Mussum lançada na semana passada.

    Assista aqui a homenagem ao Mussum feita pelo Arquivo N, da Globo News.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form