This is a personal, non-sponsored post by a member of BuzzFeed's ad content team.

    10 curiosidades de "Frozen 2" que você nunca imaginou

    ATENÇÃO: tem uma tempestade de spoilers neste post!

    1. "Frozen 2" não tem um vilão

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso é maravilhoso.

    "Frozen 2" não é uma simples sequência da animação original, mas um segundo ato, um aprofundamento da mesma história que aborda o processo de amadurecimento e autoconhecimento dos personagens. Assim como acontece com todos nós, quando nos buscamos e procuramos nosso propósito, temos que enfrentar os nossos próprios medos e limitações. E é isso que os personagens, cada um em seu momento e contexto, fazem na jornada, lutando para buscar sua própria verdade e encontrar seu caminho. Olhar para si é muito mais difícil do que culpar um agente malvado externo. Mas o vilão, às vezes, está dentro de nós.

    2. O filme se passa no outono

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso é mais simbólico do que parece.

    No início do filme, três anos após sua coroação, Elsa celebra o Outono no reino de Arendelle, junto com Anna, Olaf, Kristoff e Sven. A festa é inspirada no ancestral festival nórdico da colheita, que marca o início da estação. É um momento que simboliza a renovação, já que o Sol encontra seu período de “morte” e um novo ciclo de vida se inicia. A paleta de cores e os elementos do filme, que traz muitas folhas secas e paisagens típicas do outono, mostram que, de fato, os personagens estão em outro cenário e contexto, enfrentando diferentes desafios. O outono representa esse amadurecimento, um momento de conhecimento pessoal, em que as árvores perdem suas folhas e se encontram com o seu cerne, sua estrutura mais íntima. E é exatamente por esse processo que os personagens passam.

    3. A melodia misteriosa que Elsa ouve tem uma inspiração incrível

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso mostra que temos que ouvir nossos chamados.

    O chamado que impulsiona Elsa a iniciar a jornada em busca de suas origens foi inspirado por um antigo cântico escandinavo de pastoreio, o kulning. Trata-se de uma técnica ancestral em que mulheres entoavam melodias em notas altas para chamar os rebanhos de volta para casa. Em "Frozen 2", a melodia que Elsa ouve também simboliza o chamado para sua casa, sua história e sua verdade.

    4. A mãe de Elsa e Anna é uma das personagens mais importantes da trama

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso mostra que é preciso conhecer e compreender as próprias origens.

    "Frozen 2" apresenta a história da Rainha Iduna, uma Northuldra que vivia na Floresta Encantada. Ela é a responsável por, na infância, salvar Agnarr, seu futuro marido e rei de Arendelle. O nome da rainha se deve à deusa nórdica Iduna, guardiã das maçãs de ouro e associada à vida eterna, fertilidade e renascimento. Essa simbologia se conecta com o conceito do filme, que fala de transformação, autoconhecimento e maturidade. É possível que a melodia ouvida por Elsa seja um eco do chamado da própria mãe. Iduna é, portanto, a responsável por despertar em Elsa o anseio pela busca de suas origens.

    5. Em "Frozen 2", são CINCO os elementos da Natureza

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso mostra que não estamos separados do Todo.

    Os quatro elementos da Natureza são forças representadas por seres que regem a Floresta Encantada de "Frozen 2". Todos eles têm grandes poderes, tanto de construção como de destruição. O Fogo é representado por uma fofa salamandra, que é o elemental atribuído a esse elemento. O Ar é representado pelo espírito brincalhão do vento. Os gigantes de pedra guardam o elemento Terra. O ser que representa a Água é um incrível cavalo selvagem. Inspirado pelo ser mitológico Nokk, o cavalo impõe a Elsa um grande desafio: ela deve domá-lo, assim como teve que compreender e aprender a lidar com os demais seres. Ao final da jornada, a protagonista descobre que é o próprio quinto elemento, o Espírito. De fato, as antigas crenças nórdicas consideravam cinco, e não quatro, os elementos da Natureza: o Fogo, a Terra, a Água, o Ar e o Espírito. Esses elementos eram representados pelas cinco pontas da estrela, símbolo recorrente nos registros da época. Assim como o floco de neve, ícone do filme, traz um cristal para cada elemento e é inspirado em um antigo símbolo nórdico de proteção.

    6. As ondas que Elsa enfrenta são as mesmas que levaram seus pais ao naufrágio

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso mostra que precisamos encarar nosso destino.

    Quando Elsa resolve explorar o mar desconhecido e domar o espírito das águas, ela atravessa as mesmas ondas que vimos na cena do naufrágio do navio real, em "Frozen". As cenas são muito semelhantes e mostram as ondas que levam ao Norte, mesmo destino para onde estavam indo seus pais. Trata-se de uma passagem bastante simbólica para a busca pessoal da personagem: para encontrar seu propósito, ela deve percorrer os caminhos que representam seus maiores medos. Ondas e tempestades são pura força de transformação. É, a Disney foi fundo nessa linda (e humana) jornada.

    7. "Frozen 2" traz personagens escondidos de antigas animações da Disney

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ...e isso mostra que a Disney também está mergulhando em suas origens.

    Em uma das cenas iniciais, as pequenas Elsa e Anna estão brincando com figuras mágicas de neve, como crianças brincam com brinquedos espalhados pelo chão. Em meio a esses bonecos, aparecem as imagens de Dumbo (da animação de 1941) e Baymax (de "Operação Big Hero"). "Dumbo" fala sobre a autoaceitação e a descoberta dos próprios poderes, ainda que pareçam um fardo. Já "Operação Big Hero" traz a história de dois irmãos unidos por um objetivo nobre, vivendo uma aventura repleta de aprendizados, como em "Frozen". A cena ainda traz Totoro, personagem da animação "Meu Amigo Totoro". O filme do Studio Ghibli, de 1988, conta a história de duas irmãs e suas aventuras com espíritos da floresta. Qualquer semelhança com "Frozen 2" não é mera coincidência. Em outra cena, Olaf está brincando de mímica e compondo imagens com o próprio corpo. Uma das imagens faz uma clara referência a Mickey e outra, ao castelo ícone da Disney. Parece que o estúdio também está olhando para sua história e suas influências para entender o seu momento atual.

    8. Os pés de Elsa aparecem em "Frozen 2 pela" primeira vez

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ... e isso mostra que a personagem cresceu em todos os sentidos.

    Para "Frozen 2", o estúdio teve que desenhar detalhadamente os pés de Elsa que, no primeiro filme, apareciam sempre cobertos por sapatos. Na cena em que a personagem vai enfrentar o mar e domar o espírito das águas, os pés são bem evidenciados, demonstrando a coragem, firmeza e determinação do momento, além de uma clara força física e domínio do próprio corpo. Também na primeira aventura, são os pés de Elsa que, batendo intensamente no chão, criam a base do castelo de gelo, em uma das cenas mais icônicas do filme. A simbologia de “pisar no chão” indica o contato com a realidade e a verdade. O chão é o alicerce que tudo sustenta. Mas agora, Elsa está descalça e pisa no desconhecido contando apenas com a sua força e sua intuição.

    9. O filme dá grande destaque à cultura dos povos indígenas escandinavos

    Reprodução Disney / Via Giphy

    ... e isso mostra como a diversidade é importante para todos.

    A jornada de Frozen 2 leva ao encontro com o povo fictício de Northuldra, que é baseado no povo sámi. Durante a produção, a Disney trabalhou em conjunto com diversos representantes dos povos indígenas da região, a fim de garantir uma representação adequada e respeitosa em todas as referências e personagens. No filme, são exaltadas as virtudes do povo Northuldra, bem como sua integração e respeito à Natureza. Por fim, os dois povos inimigos conseguem compreender e aceitar suas diferenças culturais, criando um espaço comum de reconciliação e convivência harmoniosa.

    10. Elsa continua sem um par romântico

    Reprodução / Disney / Via Giphy

    ... e isso é fundamental para a coerência da história.

    O caminho da personagem mostra, desde o primeiro filme, seu processo de autoconhecimento. Em "Frozen 2", ela já domina seus poderes, mas ainda não se sente parte de seu contexto. A voz que escuta é um chamado que a faz olhar para fora de seu mundo conhecido e sair em busca de sua essência. E ela precisa fazer isso sozinha para domar os próprios medos e superar seus limites. O filme mostra como a busca do propósito não pode depender de ninguém além de nós. Porém, o amor não é deixado em segundo plano: o amor entre as irmãs Elsa e Anna é o grande herói da trama e salva o dia, enchendo as heroínas de coragem e trazendo calor e vida a todos.

    É, definitivamente, o príncipe encantado não fez falta alguma.

    Contact Lavínia Carvalho at laviniacarvalho.contractor@buzzfeed.com.

    Got a confidential tip? Submit it here

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.