Posted on 22 de jun de 2017

    Por dentro da cena mais perturbadora de "Orange Is The New Black"

    Kate Mulgrew (Red) e Brad William Henke (Desi Piscatella) contam ao BuzzFeed News como foi fazer aquele final chocante, perturbador e sangrento. (AVISO: SPOILERS À FRENTE).

    Netflix

    Kate Mulgrew

    Em suas cinco temporadas, os roteiristas de "Orange Is the New Black" fizeram as mulheres de Litchfield passar pelo inferno: elas ficaram dias na solitária, tiveram que participar de sangrentos clubes da luta e foram tratadas de forma completamente desumana pelos guardas. No entanto, nada se compara à provação que Red (Kate Mulgrew) passa nas mãos do carcereiro Desi Piscatella (Brad William Henke) em "O Contrário do Toque de Midas", o 10º episódio da 5ª temporada.

    O enfrentamento conclui um enredo que começou na 4ª temporada, quando Red e Piscatella entraram em conflito pela primeira vez. Ela se ressentia da bruta abordagem com que ele liderava os guardas da prisão; ele não gostava do jeito com que ela reinava em Litchfield e queria tirar seu poder.

    A batalha cara a cara ficou em modo de espera quando as prisioneiras se rebelaram e assumiram o controle de Litchfield. Esse intervalo de tempo, no entanto — Piscatella fica trancado para fora durante a rebelião —, apenas aumenta a raiva do policial.

    Piscatella canaliza sua frustração tentando assumir a liderança da operação para reconquistar Litchfield (e fracassa), e Red vê a oportunidade ideal para expôr os registros de Litchfield com as provas irrefutáveis do comportamento nefasto do carcereiro. E, quando descobre essa prova, Red elabora um plano para atrair Piscatella para dentro da prisão. Infelizmente, Piscatella decifra sua estratégia e chega com um plano maligno próprio: usar a "família" de Red para sua vingança final.

    Netflix

    Lyonne, Gomez, Henke, Mulgrew, DeLaria, Schilling e Prepon

    Ele então começa a capturar as mulheres com quem Red tem mais afinidade: Piper (Taylor Schilling), Alex (Laura Prepon, que dirigiu o episódio), Nicky (Natasha Lyonne), Boo (Lea DeLaria) e Blanca (Laura Gomez). Uma por uma, Piscatella as captura e, com sucesso, faz delas reféns. Elas são amarradas e amordaçadas, vítimas indefesas de seu último ato de depravação: com Red amarrada e cercada por suas "filhas", Piscatella pega uma faca e começa a cortar pedaços de seu cabelo e de seu couro cabeludo em uma tentativa de despir do poder a mãe da prisão.

    "Foi uma forma de diminuir Red na frente de suas 'filhas', a única forma pela qual ele poderia desmoralizá-la", contou a atriz Kate Mulgrew ao BuzzFeed News. "Ele usa Red para mostrar que ele é invencível, que o sistema é invencível, que a privatização das prisões é inevitável. É isso o que ele representa... Até que viram o jogo contra ele, mas já é tarde demais. Red é escalpelada. Torturada. Ameaçada. Totalmente desmoralizada."

    Netflix

    Mulgrew

    É uma cena profundamente perturbadora por uma série de motivos. No entanto, o que mais causa repugnância nas ações de Piscatella é que ele não está apenas causando mal físico a Red, mas afetando o íntimo dela como uma mulher poderosa.

    "Foi algo sobre o qual nós conversamos por muito tempo, porque era muito importante que fizéssemos a cena da maneira certa", contou Lauren Morelli, roteirista e produtora-executiva da série, ao BuzzFeed News. "Piscatella se volta contra algo que define Red: seu ego. Ele é inteligente o suficiente para saber que é assim que a atingirá; ele não tem que amputar o dedo dela, ele não tem que machucá-la fisicamente mais do que ele já machucou — ele tem que degradá-la."

    Difícil de assistir, a cena também ofereceu desafios para ser gravada. Mulgrew e Henke passaram muito tempo trabalhando na fisicalidade do escalpelamento, mas escolheram não discutir as minúcias de suas jornadas emocionais individuais na esperança de que tudo parecesse mais real no momento da filmagem.

    "Foi difícil. Foi duro", disse Mulgrew sobre a gravação. "Eu tive que refletir sobre muitas coisas, sendo a vaidade a principal delas. Tudo isso tinha que ser descartado rapidamente e eu não sou de dispensar minha vaidade." Durante esse processo, Mulgrew teve um vislumbre poderoso, embora doloroso, do mundo de Red. "Isso me levou a um entendimento mais convincente de... desse horror", disse ela. "[Mais] que qualquer outro momento nos cinco anos em que estive na série, porque ela estava totalmente indefesa. Até esse momento, ela sempre teve uma carta na manga. Piscatella pegou o baralho inteiro e a deixou sem nada."

    Netflix

    Henke e Mulgrew

    "O Contrário do Toque de Midas" também elucida a história de Piscatella, mostrando-o alguns anos antes em uma prisão masculina, onde se apaixona e inicia um relacionamento com Wes Driscoll (Charlie Barnett), um detento que mais tarde é vítima de um estupro coletivo por um grupo de detentos.

    Para Henke, a história explica por que Piscatella se tornou tão duro. "Sinto que ele se sentia desrespeitado e ignorado por Red. Acho que ela o fazia se lembrar da sua mãe", contou Henke ao BuzzFeed News, referindo-se ao acampamento de conversão para gays que a mãe de Piscatella o envia quando criança.

    "Red o provoca e ele faz algo que, depois de um mês, poderia não reconhecer como sendo uma de suas ações. Mas eu sinto que ela o provocou e que ele não conseguia mais controlar suas ações."

    Netflix

    Henke

    Claro que Piscatella não terá a oportunidade de se arrepender, já que, nos momentos finais da 5ª temporada, ele é morto acidentalmente por outro guarda.

    "Claro que há uma ironia deliciosa nisso", disse Morelli, mencionando o fato de Piscatella ter sido responsável por criar as circunstâncias que levaram à morte trágica de Poussey no final da 4ª temporada. "Peço desculpas a Brad por antecedência, mas há um grande prazer em vê-lo sendo derrotado — especialmente por esse acidente remeter a todas as coisas que ele tramou."

    Apesar de Henke estar triste por não fazer mais parte da série, ele concorda com Morelli que foi melhor Piscatella ter encontrado seu fim na 5ª temporada. "O personagem é um guarda que quer que todos sigam suas regras, e aí esse garoto de merda atira nele e o mata? Eu acho isso ótimo. Eu acho que, como ator, a cena não poderia ter sido melhor. Mas, como pessoa, eu queria poder voltar na próxima temporada."

    Embora Mulgrew não tenha ideia do que acontecerá na 6ª temporada, ela sabe que a experiência de Red com Piscatella terá efeitos de longa duração. "A cicatriz que esse trauma vai produzir em Red deve ganhar destaque no futuro — caso contrário, ela se torna uma caricatura de si mesma", disse.

    "Ela não é alguém que aceita essas coisas tranquilamente. Nós teremos que ver o preço disso. Onde se refletirá? O quão fundo isso a marcará? O que acontecerá com sua coragem? O que acontecerá com sua alma? O que acontecerá com seu coração? Ela vai superar isso ou sempre se sentirá ligeiramente desmoralizada e ameaçada pelo que aconteceu? E, se esse for o caso, como isso vai afetar todos os seus relacionamentos no futuro? Veremos."

    Este post foi traduzido do inglês.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form