Updated on 27 de jul de 2018. Posted on 22 de jul de 2016

    21 confissões totalmente honestas de uma parteira

    Nós realmente já vimos de tudo. Literalmente.

    1. Nós nos irritamos quando as pessoas acham que só o que fazemos é segurar a mão da mulher durante o trabalho de parto.

    youtube.com

    Obviamente, nós damos apoio emocional, mas nós estudamos para isto e temos competências médicas. Nós colocamos soro, damos anestesias epidurais e infusões de insulina, tiramos sangue e costuramos a pele nos lugares mais íntimos que você pode imaginar.

    2. Você nunca supera a sensação de admiração.

    imgur.com

    Ser a primeira pessoa a tocar e segurar uma nova vida é extraordinário. Não importa o quanto o seu dia seja longo, tumultuado, estressante ou cansativo, ajudar a dar à luz nunca deixa de ser incrível. Contribuir com a chegada de uma criança ao mundo é uma sensação verdadeiramente mágica.

    3. Ver pais "nascerem" também é maravilhoso.

    4. E nós vivemos pelo "olhar".

    BBC

    Isto é, o olhar maravilhado nos olhos de uma mulher quando vê seu bebê pela primeira vez. É o que faz absolutamente tudo valer a pena, e é por isso que nosso trabalho não nos desanima a ter nossos próprios bebês. Nós sabemos a alegria pura e o amor imediato que as mulheres sentem quando seguram seus bebês pela primeira vez, e também queremos vivenciar aquilo.

    5. O sentimento de responsabilidade é enorme e assustador.

    Flickr: usarmyafrica / Creative Commons

    E isso é especialmente verdade quando você se qualifica pela primeira vez. De repente, percebendo que você está segurando a vida, saúde e bem-estar de mais de uma pessoa na sua mão é intimidador, e todo o treinamento do mundo não é capaz de tirar essa sensação completamente.

    6. Nós achamos todos os bebês lindos.

    imgur.com

    Quando você diz "ele/ela não é lindo/linda?", e nós dizemos que sim, nós respondemos com sinceridade. Não existe bebê estranho aos nossos olhos. Nós sabemos que eles vêm em todos os tamanhos e formas, e nós já vimos todos os tamanhos e formas que existem.

    7. E nós roubamos abraços deles sempre que podemos.

    BBC

    Geralmente, nós não temos tempo, mas quando uma nova mão oferece seu bebê para um chamego, quem consegue resistir? Além disso, uma das nossas partes favoritas do trabalho é aquele cheiro único de "bebê novo". Eles deveriam transformar isso em algo como o odorizador de carro.

    8. As mulheres morrem de medo de evacuar durante o trabalho de parto.

    Channel 4

    Nunca é demais frisar: Nós realmente não nos importamos, nós estamos acostumadas com isso. Além disso, é natural do corpo. Mas algumas mulheres se preocupam e se fixam nisso, ao ponto de não empurrarem o suficiente, o que pode tornar o trabalho de parto mais longo. Em resumo, se for para evacuar, evacue.

    9. Alguns parceiros são totalmente idiotas.

    imgur.com

    Tirando selfies, perambulando, ficando mal-humorados e, é claro, jogando Pokémon Go (mas esse caso foi OK, porque a esposa achou engraçado). Às vezes, você quer dizer à mulher em trabalho de parto que elas ficariam melhores como mães solteiras. Mas, é claro, você não diz nada. Você já repreende o parceiro.

    10. As pessoas gritam com a gente o tempo todo, e, várias vezes, nos ameaçam.

    Bsip / Getty Images

    Mães em trabalho de parto xingam, gritam, nos chamam o tempo todo e fazem inúmeras exigências, mas tudo isso é compreensível. O pior é quando as mulheres e seus parceiros ficam fisicamente agressivos, o que acontece com mais frequência do que você pensa.

    11. Você desenvolve relacionamentos profundos e intensos com as pessoas em um período de tempo bastante curto.

    Channel 4

    Você vê o pior das pessoas, mas também vê o melhor delas. Mesmo estando com pressa e tendo que dividir nosso tempo entre dezenas de mulheres, nós sempre nos sentiremos privilegiadas por sermos parte de um dia tão importante da vida delas.

    12. Partos prematuros são ainda mais desafiadores.

    imgur.com

    Nós geralmente temos que passar um bom tempo acalmando essas mães tristes. Os resultados para os bebês prematuros geralmente são bons, e ficar aflita não ajuda as mães a lidar com o nascimento. Nós tentamos manter as coisas o mais positivas possíveis.

    13. Nossa época mais agitada (para as parteiras americanas, pelo menos) é o outono.

    imgur.com

    Os excessos do Natal e do Ano Novo levem a uma grande alta na taxa de natalidade por volta de setembro, e nós acabamos na correria. Portanto, se você ainda não quer um novo pacote de felicidade, não se esqueça de se prevenir durante as festas.

    14. Às vezes, nós temos que levar os bebês depois do nascimento.

    Flickr: salimfadhley / Creative Commons

    Infelizmente, nem todos são adequados para serem pais e, às vezes, às mulheres são sujeitas a uma ordem de afastamento pelo serviço social, o que significa que você pode ser responsável por separar a família. Além disso, alguns bebês nascem viciados em heroína e outras drogas e sofrem abstinência, o que é sempre difícil de assistir.

    15. Nossos turnos são longos, e nós raramente finalizamos o trabalho na hora certa.

    16. Quase nunca temos intervalos.

    Channel 4

    Nós geralmente não temos tempo para almoçar ou para mais do que beber algo em um espaço de 14 horas. Nós nunca nos sentamos por mais de cinco minutos - isso se tivermos sorte. Basicamente, nós estamos sempre exaustas, com fome e com os pés inchados.

    17. Nos EUA, nós temos que lidar com a ameaça constante de perder a licença ou sermos processadas.

    Channel 4

    As coisas dão errado durante o parto, especialmente quando estamos lidando com uma população cada vez menos saudável. A licença de parteira está nas nossa mãos e, em situações difíceis, às vezes, parece que você vai dar adeus ao seu trabalho.

    18. Gravidez nem sempre tem um final feliz.

    miracleinprogress.co.uk

    Se um bebê nasce morto, é sempre uma tragédia. Nós sempre tomamos todo o cuidado com esses bebês lindos, damos banho e os vestimos, tiramos fotos dos pais com o bebê, escrevemos uma etiqueta com o nome e criamos pequenas impressões das mãos e dos pés, que eles guardarão para sempre. Essas coisas ajudam a tornar uma situação terrível um pouquinho mais suportável.

    19. Nós choramos muito.

    imgur.com

    Às vezes, são lágrimas de alegria, às vezes, são lágrimas de exaustão, às vezes, são lágrimas de preocupação, tristeza e frustração. Ninguém disse que ser parteira é fácil, mas a maioria de nós não espera que seja tão difícil.

    20. Nós geralmente temos muito pouco tempo para dar.

    Lifetime / Channel 4

    É profundamente cansativo, emocionalmente, dar apoio a mães em trabalho de parto. E, se você está em um turno longo, geralmente você está exausta demais para ter alguma reserva de apoio no final. Às vezes, você só consegue dar o apoio básico, o que não é muito bom.

    21. Mas nós não deixamos de trabalhar, dia a pós dia.

    Bsip / Getty Images

    Nós estaríamos mentindo se disséssemos que não pensamos, às vezes, em desistir. Especialmente depois de um turno extremamente difícil. Mas a maioria de nós mão sairia de vez obstetrícia. Nós ficaríamos com saudade demais "daquele olhar". Sem falar de todos aqueles abraços.

    Esta publicação foi compilada com a ajuda de uma parteira do hospital NHS. Além de studentmidwife.net.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form