Updated on 3 de fev de 2019. Posted on 12 de dez de 2017

    23 coisas sobre ter filhos que as pessoas deveriam contar, mas não contam

    "Os filhos te transformam e te ensinam tanto quanto você os molda e os ensina." Agradecimento ao site Quora

    Um tópico recente do Quora, rede social de perguntas e respostas, perguntou às pessoas com filhos o que ninguém conta sobre essa experiência. Abaixo, as melhores respostas:

    1. Que à medida que seus filhos crescem, você passa a sentir saudades das pessoinhas que eles eram e estão deixando de ser.

    Disney / Via giphy.com

    "Mãe, eu já tenho 13 anos! Sou praticamente uma adulta!"

    "Cadê aquele nenê de 3 anos que vinha engatinhando para ler seus livrinhos no meu colo e desenhava com giz de cera pelas paredes de casa? E cadê o menino de 10 anos que passava horas desenhando toda noite? E o adolescente desengonçado de 14 anos que me contava histórias divertidas sobre o seu dia, todos os dias? Eles não voltam mais." — Jessica Margolin

    2. Que muitas vezes você confunde o jeito que seu filho é com o jeito que você era com seus pais.

    Walt Disney Pictures / Via giphy.com

    "Façam boas escolhas!"

    "Isso é normal, mas assim que a gente se dá conta precisa mudar de atitude. Se você pedir desculpas para seus filhos, não vai perder sua autoridade diante deles. Admitir que você errou é libertador para ambos." — Imogen Moore

    3. Que pela maior parte do tempo criar uma criança envolve um monte de tarefas chatas.

    Showtime / Via giphy.com

    "Olha o cocô aí!"

    "Claro que tem momentos intensos, de muita alegria ou de desespero, mas eles acontecem só de vez em quando. Os momentos inesquecíveis acontecem às vezes e estão no meio de muitos outros momentos. E isso não tem a ver com o quanto você ama seus filhos, porque todos amamos os nossos. O que importa é simplesmente estar presente todos os dias. Hoje, no dia seguinte e no próximo. Amarrar os cadarços, cantar 50 vezes a mesma música que eles gostam, pensar no cardápio diário para que eles comam todo dia a quantidade certa de proteínas, gorduras ou fibras, e sorrir quando eles entram no quarto mesmo quando tudo o que você queria era ficar sozinho cinco minutos. Isso é o que faz os pais merecerem um prêmio." — Imogen Moore

    4. Que viver com uma criança pequena é como dividir apê com alguém sempre chapado e muito bagunceiro.

    Comedy Central / Via giphy.com

    "Vocês vão zoar juntos, jogar baralho, ver vídeos engraçados no YouTube, passear. Mas aí você entra no banheiro e vê que tem pasta de dentes por toda a pia e também na toalha de rosto. Aí você diz 'Na boa, tem pasta de dentes por tudo, limpa aí pô'. E a pessoa que mora com você vai vir dando risada e dizendo 'Foi mal, é que eu deixei tudo cair e depois esqueci de juntar'. E você vai rir junto porque essa foi a explicação mesmo, e a mesma coisa vai acontecer de novo no dia seguinte. E no próximo. E no outro também.

    Mas vai ter dias em que você vai precisar ter uma conversa chata com ele, do tipo 'Poxa, você precisa começar a pensar em procurar emprego e arrumar sua bagunça, porque ninguém é obrigado a fazer isso por você'. E vocês dois vão acabar fechando a cara um para o outro." — Tamara Troup

    5. Que você aprende e muda com seus filhos tanto quanto eles com você.

    ABC / Via giphy.com

    "Não é só você que tem filhos, eles também têm a você. Inclusive literalmente, eles te têm na palma de suas mãozinhas, para te ensinar e te moldar tanto quanto você ensina e molda eles. Você também cresce com eles. Acho que todos os pais passam pelo momento no qual vão tentar ensinar algo, mas o filho meio que se recusa a aceitar, aí os dois param e os pais percebem que o filho é que estava certo no fim. Dali em diante, toda a sua perspectiva sobre o relacionamento entre pais e filhos passa a ser muito diferente." — Jeff Darcy

    6. Que ser um bom pai não é algo que "vem naturalmente", mas algo que exige muita reflexão e pesquisa.

    Showtime / Via giphy.com

    "Espero não estar desgraçando a cabeça das crianças".

    "Ser um bom pai na sociedade moderna não é algo que vem natural ou facilmente, é algo que precisa de reflexão, pesquisa, planejamento, atenção e esforço. As ‘boas práticas’ para se criar um filho mudam ao longo do tempo. Por exemplo, antigamente se pensava que a melhor maneira de prevenir a Síndrome de Morte Súbita Infantil era colocar os bebês para dormirem de barriga para baixo, mas agora o certo é deixar eles de barriga para cima. Você vai encontrar muitos tipos de conselhos, bons e ruins, certos e errados, sobre tudo o que fazer com seus filhos, e muitas outras coisas você terá que descobrir sozinho, mesmo que criar um filho seja o que as pessoas fazem desde o surgimento da raça humana." — Scott Stirling

    7. Que, na verdade, é realmente difícil simplesmente "dormir enquanto o bebê dorme".

    USA / Via giphy.com

    "A coisa que eu mais gosto de fazer é dormir."

    "Muita gente vai te dar a dica de dormir quando o bebê estiver dormindo. Só que na prática não é tão simples, porque quando o bebê parece cansado e quase dormindo, ou até quando ele já está profundamente adormecido, você não tem como saber se ele vai acordar dali a cinco minutos ou dali a três horas.Uma vez minha filha dormiu enquanto eu estava amamentando ela, deitada na cama de ladinho. Eram duas da tarde e eu pensei que ela tiraria um cochilo de cinco minutos, então levantei e deixei ela lá. Três horas depois, ela ainda estava dormindo profundamente, enquanto eu e meu marido estávamos exaustos porque não tínhamos como tirar nosso próprio cochilo sem acordar a bebê. A gente não sabia se ria ou se chorava. Acho que fizemos as duas coisas ao mesmo tempo" — Shiri Dori-Hacohen

    8. E que a falta de sono é uma coisa séria que pode te transformar em outra pessoa.

    NBC / Via giphy.com

    "A falta de sono enfraquece seu sistema imunológico, te deixa irritado por qualquer coisa e e vai pôr à prova seu relacionamento de uma forma que você não imagina. Vai fazer com que seu desempenho no trabalho piore. Vai acabar com a sua vida social. Eu nunca vou cansar de reforçar esse ponto." — Sebastien Defrance

    9. Que não existe um único jeito certo de criar os filhos, porque cada criança é diferente.

    Netflix / Via giphy.com

    "Todas elas têm suas próprias personalidades, necessidades e temperamentos, então nenhum livro que você ler ou pessoa que você ouvir (por mais sábia que seja) vai te revelar o método certo para cada criança. Se você tem mais de um filho, vai ter que usar estratégias e métodos de criação diferentes para cada um, porque com cada um vai ser uma situação completamente diferente." — Sonnet Fitzgerald

    10. Que as necessidades dos pais e dos filhos são, na verdade, exatamente iguais.

    VH1 / Via giphy.com

    "Quando eu estou com fome, eu fico brava".

    "Adultos são crianças crescidas. A gente tem as mesmas necessidades básicas e muitas vezes os mesmos problemas básicos que os bebês. Se a gente não comer, não dormir ou não tiver relações saudáveis com as pessoas, ficamos cansados, irritados e com raiva. Isso pode ir de um leve mau humor até uma explosão de raiva, com gritos, brigas ou até mesmo violência física. Mas a maioria dos adultos não percebe que é uma criança crescida. Muitos lutam diariamente para controlar suas próprias emoções e não surtar e nem se dão conta da relação que isso tem com sua noite mal dormida, má alimentação e carência no relacionamento." — Brian Knapp

    11. Que vai demorar para virar um bom contador de histórias.

    MTV / Via giphy.com

    "Eu não posso ler do nada. Eu não sei".

    "Ninguém me disse como é difícil ler em voz alta para alguém — eu não fazia isso desde o primário. Quando meu filho nasceu, à noite eu embalava ele e a gente tinha uma pilha de livrinhos para bebês. Eu lembro de pegar um e ler para mim mesmo na minha cabeça, antes de perceber que eu deveria estar lendo alto, para ele. Foi bem estranho para mim, e talvez tenha sido ali que eu percebi que não estava mais sozinho. Eu tinha que ensinar ao meu filho falar, articular, enunciar, acompanhar uma história, juntar palavras numa frase e muito mais." — Ken Miyamoto

    12. Que não existe paciência que baste.

    NBC / Via giphy.com

    "O Senhor está me testando".

    "Eu me considerava a pessoa mais paciente da minha família, e achava que isso ia ser bom na hora de criar um filho. Realmente é útil, mas paciência parece que nunca é suficiente, porque ela vai se desgastando de tanto que você a exercita." — Roy Ronalds

    13. Que depois de ter filhos seu padrão de vida vai despencar.

    Netflix / Via giphy.com

    "Eu até limpei a mesa com coisas que não são a manga da minha blusa e meu cuspe!"

    "De vez em quando eu olho à minha volta, vejo o ambiente bagunçado no qual vivo e penso: 'Rapaz, eu tô um lixo'. Simplesmente tive que aceitar esse fato à medida que as paredes ficavam rabiscadas, os móveis quebrados e a comida derramava. As mesma pessoas que eu julgava por terem se tornado desorganizadas e descuidadas depois de terem três filhos, são pessoas que agora eu entendo, já que eu cheguei a esse mesmo ponto depois de um filho só." — Roy Ronalds

    14. Que é impossível prever que tipo de criança seu filho vai ser.

    TriStar Pictures / Via giphy.com

    "Oh sim, eu amo ler".

    "Nossa filha está com 16 meses, e eu não paro de me surpreender com as diferenças de personalidade entre os bebês, mesmo tão pequeninhos. A Sienna é muito ativa, curiosa e falante. Ela corre, é agitada e se mete em confusão. Seu primo tem a mesma idade, mas é calmo e tranquilo. Algumas crianças dormem bem, outras têm problemas com isso. Algumas têm cólicas, outras são tranquilas. É bom lembrar que quando as pessoas falar sobre criar filhos, elas podem até estar falando a verdade delas, mas não quer dizer que vai valer pra você. É imprevisível mesmo." — Jesse Richards

    15. Que seus filhos podem tirar o lugar do seu mozão como a pessoa que você mais ama.

    E / Via giphy.com

    "Me dá um beijo".

    "Por mais que você ame a pessoa com quem se relaciona, assim que seus filhos nascerem eles é que vão se tornar imediatamente a 'pessoa que você mais ama'. É um amor que você nunca sentiu antes, definitivamente incondicional. Você vai fazer tudo por eles sem querer nada em troca". — Neha Indraniya

    16. Que seu filho pode sair igualzinho ao pai ou mãe, e nadinha parecido com você.

    City TV / Via giphy.com

    "Depois de conceber, carregar e dar à luz à nossa filha, quando ela finalmente chegou, eu esperava que ela fosse... bom, a minha cara! Quando olhei para ela pela primeira vez, só consegui pensar: 'Graças a Deus, estamos vivas'. E logo depois: 'Eu preciso dormir'. E aí sim: 'Eita, ela é a cara do Jay'. Minha filha tem sua própria identidade, mas também vejo nela o pai dela. Assim como ele, ela gosta de viajar, dorme com um pé para fora do cobertor e tem mãos fortes." — Mira Zaslove

    17. Que você faz sempre vai ser mais importante do que o que você diz.

    ABC / Via giphy.com

    "Você disse para eu não usar essa palavra..."

    "Você pode dizer para seus filhos o que você acha que eles deveriam fazer diante de um problema, uma pessoa, uma situação, e eles vão prestar atenção, mas o que pega mesmo é o que você FAZ. Eles vão enxergar e copiar seu verdadeiro comportamento, incluindo as falhas e as coisas que você talvez queira mudar em si mesmo. Mas, no final, se você for tolerante e de mente aberta, eles também vão se tornar pessoas assim." — Greg Brown

    18. Que fazer perguntas aos seus filhos é muito importante, e ouvir as respostas também.

    FOX / Via giphy.com

    "Se não puder falar com seu pai, vai falar com quem?"

    "Preste atenção no que eles dizem! Às vezes, o processo mental do meu filho era muito diferente do meu, então eu escutava e fazia perguntas. Se depois de ouvir eu achasse que estava errada na discussão, pedia desculpas. Se eu entendia o que ele estava dizendo, e concluísse que ele estava errado mesmo, eu dizia também. Na maioria das vezes, era uma área nebulosa entre os dois cenários. Essa relação baseada no diálogo ajudou a fazer com que ele me procurasse mais tarde, sempre que teve algum problema e quando simplesmente precisava conversar." — Joyce Frankel

    19. Que você basicamente aprende a prever o futuro.

    ABC / Via giphy.com

    "Sou capaz de detectar quando um acidente está prestes a acontecer, tipo três segundos antes da minha filha pegar a tesoura da sua irmã, e na rua eu enxergo todos os perigos em potencial quando minhas meninas estão andando de patinete, coisas que a maioria das pessoas não perceberia." — Michelle Roses

    20. Que você se transforma em um escudo humano.

    CBS / Via giphy.com

    "Eu faria minha própria esposa de escudo humano para proteger esse bebê".

    "É esquisito, mas desde que minha filha nasceu, eu comecei a sofrer muito mais lesões. Não é porque ela me distrai, é porque meu cérebro decidiu que minha própria segurança agora é irrelevante diante da menor possibilidade de ela se machucar. Se eu vejo que ela vai cair e talvez se machuque um pouco, eu pulo feito um louco para impedir que isso aconteça. Eu já me cortei feio pelo menos uma vez e perdi a conta dos galos sérios na cabeça (principalmente por bater em paredes, às vezes em prateleiras), tudo para proteger ela de uma série de acidentes leves, coisas tipo virar um copo d'água gelada em si mesma." — Ricardo Abreu

    21. Que seus filhos ser a coisa mais importante que você já conquistou.

    Twentieth Century Fox / Via giphy.com

    "Eu sei que você é inteligente e eu tenho muito orgulho de você".

    "Fiquei muito feliz ao ver que meus filhos se tornaram dois adultos independentes e bem resolvidos, que sentem empatia e se preocupam com os outros. Eles são a coisa mais importante que já conquistei." — Patrick Bachler

    22. Que eles vão crescer na velocidade da luz.

    Disney Pixar / Via giphy.com

    "Eu não esperava que fosse ter a percepção consciente do quanto eles crescem rápido. A gente sente uma constante sensação de perda, como se você fosse chegar uma hora na qual você não vai mais poder abraçá-los." — Justine Musk

    23. E que você nunca mais vai dormir tranquilo, nem quando eles forem adultos.

    FX / Via giphy.com

    "Alguma parte de você vai estar alerta pelo resto da vida, porque você nunca sabe quando seu filho pode precisar de você — mesmo quando ele for uma pessoa adulta tocando a própria vida." — Onyeche Douglas

    Este post foi traduzido do inglês.

    Veja também:

    Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

    Want awesome parenting tips in your inbox twice a week? Sign up for the BuzzFeed Parents newsletter!

    Newsletter signup form