Posted on 23 de out de 2017

    Manifesto contra o purê de batata no cachorro-quente

    Chega! Alguém precisa dizer algumas verdades.

    Quem já comeu um dogão em São Paulo sabe: na primeira mordida que você dá... PAH! Aquele gostão de almoço de quilo. A culpa é do PURÊ DE BATATA.

    polocriativo.com.br

    Aparentemente SP é o único estado em que este crime é cometido de forma sistemática.

    Por estarem condicionados desde crianças, a população paulista não consegue, por si só, decifrar o que há de errado. Mas tudo bem, estamos aqui para ajudar.

    Para começar, o purê rouba um espaço precioso que poderia estar sendo utilizado por outros ingredientes mais saborosos. Como mais salsichas, meus queridos.

    br.pinterest.com

    Ou milho, ervilha, molho, ketchup, maionese, queijo...

    Dizem que o purê de batata tem o papel GRUDAR tudo no pão, mas já pensou que o catupiry, junto com seu amigo cheddar, podem fazer a mesma função de forma muito mais gostosa?

    peixeurbano.com.br

    Olha aí, tudo grudadinho.

    Ou mesmo: que tal segure o dogão com as duas mãos, não é o suficiente para que ele não CAIA?. Você precisa de uma COLA? MESMO? Será que você também usa o hashi com elásticos quando vai ao restaurante japonês?

    aliexpress.com

    Que bonitinho. 🐼

    A mistura pão + purê é a combinação de FOFO com MOLE. O que dá o seguinte resultado na sua boca:

    Mrkob / Getty Images

    Consistência de cimento, que delícia!

    Nesse sentido, a escolha correta é a batata palha, que HUMILHA o purê pois adiciona crocância e sabor.

    E muitas vezes o purê é feito com um PASTA OU PÓ SOLÚVEL. Sério. Batata de verdade passou longe...

    youtube.com

    Praticamente uma gelatina gosmenta. Eca.

    Estamos combinados? Então fique com uma imagem de um cachorro-quente normal para já se acostumar.

    Getty

    Como é no resto do Brasil! :)

    Veja também: