• Viral badge
Posted on 26 de mai de 2015

Comentários em notícias sobre estupro mostram como o problema é grave no Brasil

"Mulher mal vestida está pedindo para ser estuprada sim, quem manda ser vulgar?"

Daiane Novaes postou no Facebook em 2013 um compilado de comentários misóginos e machistas feitos em uma notícia do mesmo ano sobre um estupro no Rio. A postagem voltou a circular nos últimos dias nas redes sociais.

"Quer saber o que é cultura do estupro, misoginia e culpabilização da vítima? Basta ler o que o 'cidadão comum' comenta sobre os casos DIÁRIOS de violência sexual contra a mulher.", escreveu Daiane.

facebook.com

O post já tem mais de 8 mil compartilhamentos.

A maioria dos comentários na notícia printados por ela foram deletados, mas há muitos outros tão ruins quanto aqueles. Como este que diz que "no baile funk as mulheres ficam mexendo as bundas e provocando":

"Se ela estivesse em sua casa invés de descendo até o chão nada disso teria acontecido", diz um dos comentários.

Esta aqui confunde estupro com "sexo coletivo".

Vimos que a notícia anterior é de 2013. Mas dois anos depois, estupros continuam a ser notícia...

... E os comentários continuam os mesmos.

"Uma mulher com shorts enfiado na bunda atiça os vagabundos", postou alguém. E há quem concorde: "não podemos dar sorte para o azar".

Reprodução / Via Facebook

Se você não quer ser estuprada, "não ande pelada", aconselha uma delas.

Reprodução / Via Facebook

Este aqui diz que "mulher mal vestida está pedindo para ser estuprada sim."

Reprodução / Via Facebook

"O modelito que elas usam é o 'coma-me por favor'".

Reprodução / Via Facebook

Fora que muitas vezes até quem tenta se posicionar contra a cultura do estupro patina em argumentos machistas. "Quem estupra merece virar mulherzinha em presídio."

Reprodução / Via Facebook

BuzzFeed Daily

Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

Newsletter signup form

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.