• newsbr badge

26 fotos que resumem a emoção de uma Copa do Mundo

Cenas que mostram gols, comemorações, suor e lágrimas entre as duas Copas que aconteceram no Brasil, em 1950 e em 2014.

Staff / AFP / Getty Images

O uruguaio Schiaffino empata contra o Brasil, no Maracanã, em 1950. O placar de 1 x 1 ainda dava o título à seleção brasileira, mas, aos 34 do 2º tempo, Ghiggia virou para o Uruguai, que ficou com a taça.

Keystone / Getty Images

Max Morlock marca o primeiro gol da Alemanha Ocidental contra a Hungria, na final da Copa de 1954. Os alemães venceram a equipe de Ferenc Puskás, melhor jogador de sua época, por 2 x 0.

Keystone / Getty Images

Aos 17 anos, Pelé disputa a bola contra o goleiro Kalle Svensson, da Suécia, na final da Copa do Mundo de 1958. Foi a única vez em que uma seleção sul-americana venceu uma Copa disputada na Europa.

Keystone / Getty Images

Após o fim da partida, que terminou 5 x 2 para o Brasil, brasileiros fazem volta olímpica com a bandeira da Suécia para agradecer aos anfitriões, que tiveram sua melhor participação em Copas.

Keystone / Getty Images

Zito comemora o gol da virada que fez para o Brasil, contra a Tchecoslováquia, na final da Copa de 1962, no Chile. Os tchecos abriram o placar, mas o Brasil virou para 3 x 1 e sagrou-se bicampeão.

Action Images

Geoff Hurst chuta para marcar o quarto gol da Inglaterra, dona da casa e campeã, contra a Alemanha Ocidental, na final da Copa de 1966. Ele foi autor de três gols na partida, que terminou 4 x 2.

Action Images / Action Images / Sporting Picture

Em sua última Copa do Mundo, aos 29 anos, Pelé comemora após marcar gol contra a Itália, no estádio Azteca (México), em 1970. A partida terminou 4 x 2 para o Brasil, que foi tricampeão naquele ano.

Staff / AFP / Getty Images

Jairzinho, que marcou gols em todos os jogos do Brasil na Copa de 1970, é carregado por torcedores após o apito final.

Stf / AFP / Getty Images

O meia Johann Cruyff, coração do Carrossel Holandês de 1974, dribla o goleiro Daniel Carnevali, da Argentina, durante as quartas de final. Naquele ano, a Holanda perdeu a final para a Alemanha Ocidental.

Staff / AFP / Getty Images

Aos 43 do 1º tempo, Gerd Müller marca o segundo da Alemanha Ocidental contra a Holanda, na vitória por 2 x 1, em Munique.

Staff / AFP / Getty Images

Na final contra a Holanda, o atacante Mario Kempes, eleito o melhor da Copa e artilheiro naquele ano, marca seu segundo gol na vitória argentina por 3 x 1. Foi o primeiro título dos hermanos, em 1978, jogando em casa.

Action Images

Paolo Rossi, eleito o melhor jogador da Copa de 1982, passa pelo meia Júnior. A Itália venceu por 3 x 2 e eliminou o Brasil, na partida que ficou conhecida como Tragédia do Sarriá.

Staff / AFP / Getty Images

Na final, a Itália derrotou a Alemanha Ocidental por 3 x 1. O meia Marco Tardelli, que na foto disputa bola com o alemão Paul Breitner, marcou um dos gols da partida.

Staff / AFP / Getty Images

Maradona vira o corpo milésimos antes de chutar para o gol da Inglaterra, na Copa de 1986, e marcar o segundo do jogo. Desde o início da jogada, que começou no campo de defesa, ele dribla seis jogadores adversários, inclusive o goleiro.

Juha Tamminen / Action Images

O Gol do Século, como ficou conhecido, agora de outro ângulo. O jogo terminou 2 x 1 e é cercado de simbologia porque Argentina e Inglaterra haviam se enfrentado na Guerra das Malvinas, quatro anos antes. Também foi nessa partida que Maradona marcou o gol conhecido como "Mão de Deus".

Staff / AFP / Getty Images

Os argentinos comemoram seu segundo título após vencer a Alemanha Ocidental por 3 x 2, na final no estádio Azteca (México).

Action Images

Na Copa seguinte, alemães tiveram uma revanche contra os argentinos na final — e saíram vitoriosos. Aos 40 do 2º tempo, Brehme marca o único gol do jogo, de pênalti. Foi o tri da Alemanha.

STR New / Reuters

Artilheiro do Brasil em 1994, Romário comemora gol de voleio nas quartas contra a Holanda, após receber cruzamento de Bebeto.

Chris Wilkins / AFP / Getty Images

Na primeira final de Copa decidida nos pênaltis, o italiano Roberto Baggio chuta para fora a última cobrança e consagra o tetra do Brasil.

Grigory Dukor

Após disputar a bola com Dunga, que está no chão, Zidane cabeceia para o gol de Taffarel e marca o primeiro da final contra o Brasil, em 1998. O jogo acabou 3 x 0, dois de Zidane e um de Petit.

Stu Forster / Getty Images

Com o goleiro Oliver Kahn no chão, Ronaldo sai para comemorar o primeiro de dois gols que marcou na final contra a Alemanha em 2002. Foi o penta brasileiro, comandado por Luiz Felipe Scolari.

Ho / Reuters

Zidane agride o italiano Marco Materazzi, durante a final da Copa de 2006. O meia francês acabou expulso pela cabeçada. A partida, que terminou 1 x 1, foi decidida nos pênaltis, com vitória da Itália.

Michael Steele / Getty Images

O atacante Luiz Suárez, do Uruguai, salva a bola em cima da linha, nas quartas de final contra Gana em 2010. O jogo acabou empatado e os uruguaios venceram nos pênaltis — Suárez foi expulso.

Pierre-philippe Marcou / AFP / Getty Images

Faltando 4 minutos para acabar a prorrogação, Iniesta fuzila o gol holandês para marcar o único gol da final e consagrar o primeiro título espanhol, na África do Sul, em 2010.

Pedro Ugarte / AFP / Getty Images

Luiz Felipe Scolari orienta os jogadores brasileiros durante a derrota por 7 x 1 na semifinal contra a Alemanha, no Mineirão.

Gabriel Bouys / AFP / Getty Images

Escolhido o melhor da Copa, o meia Lionel Messi é anulado por quatro alemães, na final no Maracanã. Alemanha 1 x 0 Argentina.

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.