back to top

Nove histórias perturbadoras de pessoas que desapareceram

Onde elas foram parar?

publicado

1. O mistério de Maura Murray:

en.wikipedia.org, Maura Murray Missing Facebook Group

Maura Murray tinha 21 anos quando perdeu o controle do seu carro e bateu em um banco de neve, em fevereiro de 2004. Outro motorista parou e perguntou se ela precisava de ajuda, mas ela disse que não, que já havia chamado a ambulância. O motorista foi embora, mas decidiu ligar para a polícia de qualquer maneira.

Dez minutos depois, quando a polícia chegou, o carro estava trancado e Murray havia desaparecido. Não havia pegadas na neve, os cães farejadores não foram capazes de sentir o cheiro da jovem e um helicóptero equipado com uma câmera de calor não encontrou nada.

Detalhes estranhos começaram a aparecer. Murray, uma estudante de enfermagem exemplar, tinha sacado US$ 280 de sua conta e enviado um e-mail para seu professor dizendo que teria que faltar à aula porque uma pessoa de sua família havia morrido (ninguém havia morrido). Seus cartões de crédito e seu telefone, assim como um mapa rodoviário de Vermont (EUA) e uma caixa de vinho, foram encontrados na parte de trás do carro, com o vinho tinto derramado do lado de fora. De volta ao dormitório em Murray vivia, seus pertences foram encontrados embalados em caixas.

No entanto, apesar das pistas, os detetives fizeram pouco progresso e não houve mais notícias confiáveis sobre Maura Murray desde a noite em que ela desapareceu.

2. A sinistra foto Polaroid do estacionamento:

en.wikipedia.org, en.wikipedia.org

Em agosto de 1989, uma foto Polaroid perturbadora foi encontrada em um estacionamento da Flórida (EUA). Ela mostrava uma jovem e um menino amarrados e amordaçados em um espaço pequeno e escuro. Segundo testemunhas, uma van branca sem janelas tinha sido avistada perto da onde a foto tinha aparecido.

Duas famílias conseguiram identificar as pessoas da foto. Michael Henley, de nove anos de idade, tinha desaparecido enquanto acampava com seu pai. Tara Calico, de 19 anos, havia desaparecido enquanto andava de bicicleta.

A mãe de Calico tinha certeza de que era sua filha na foto — o cabelo dela era o mesmo e ela parecia ter a mesma cicatriz na perna direita. Algum tempo depois, os restos mortais de Henley foram encontrados nas montanhas onde ele havia desaparecido. No entanto, o desaparecimento de Calico continua sendo um mistério, e ninguém conseguiu rastrear a origem da sinistra Polaroid.

3. A menina que foi embora de madrugada:

en.wikipedia.org, The National Centre for the Missing and Exploited

Em 14 de fevereiro de 2000, Asha Degree, de 9 anos de idade, arrumou sua mochila no meio da noite e saiu de casa. Às 6h30, sua mãe descobriu que ela tinha desaparecido.

A polícia acredita que ela deixou a casa por vontade própria, mas Asha era uma menina tímida e bem-comportada, e seu desaparecimento não fazia sentido.

Vários motoristas avistaram Asha vagando pela estrada nas primeiras horas da manhã. Quando uma pessoa diminuiu a velocidade para ver se ela estava bem, Asha correu para o meio floresta.

Uma busca na época encontrou embalagens de doces e o grampo de cabelo dela em um galpão nas proximidades. Mais de um ano depois, sua mochila foi descoberta embrulhada em sacos de lixo perto de uma construção. Asha nunca mais foi vista novamente.

4. O que aconteceu com Johnny Gosch?

Johnny Gosch tinha 12 anos quando desapareceu enquanto trabalhava entregando jornais na madrugada, em 1982. Seu pai encontrou o carrinho em que Johnny carregava os jornais abandonado na rua, e um vizinho afirmou que havia visto o menino sendo seguindo. A polícia, no entanto, não conseguiu rastrear seu paradeiro. Quinze anos depois, dois homens bateram na porta da casa da mãe de Johnny, Noreen. Um deles afirmou ser Johnny. Ele tinha cabelos compridos e uma marca de nascença no peito. Noreen estava convencida de que era seu filho. Ela disse que ele parecia com medo e olhava para o outro homem buscando aprovação enquanto falava. Eles passaram uma hora e meia juntos, antes de os dois partirem sem dizer para onde estavam indo. Ninguém jamais pôde provar se o homem que visitou Noreen realmente era Johnny e, apesar dos avistamentos não confirmados, nunca mais se ouviu falar dele deste então.
en.wikipedia.org

Johnny Gosch tinha 12 anos quando desapareceu enquanto trabalhava entregando jornais na madrugada, em 1982. Seu pai encontrou o carrinho em que Johnny carregava os jornais abandonado na rua, e um vizinho afirmou que havia visto o menino sendo seguindo. A polícia, no entanto, não conseguiu rastrear seu paradeiro.

Quinze anos depois, dois homens bateram na porta da casa da mãe de Johnny, Noreen. Um deles afirmou ser Johnny. Ele tinha cabelos compridos e uma marca de nascença no peito. Noreen estava convencida de que era seu filho.

Ela disse que ele parecia com medo e olhava para o outro homem buscando aprovação enquanto falava. Eles passaram uma hora e meia juntos, antes de os dois partirem sem dizer para onde estavam indo.

Ninguém jamais pôde provar se o homem que visitou Noreen realmente era Johnny e, apesar dos avistamentos não confirmados, nunca mais se ouviu falar dele deste então.

5. O desaparecimento de Zebb Quinn:

Em janeiro de 2000, Zebb Quinn, de 18 anos, e seu colega Robert Owens, então com 21 anos, estavam indo ver um carro que Quinn queria comprar. Os dois dirigiam carros separados, mas, no meio do caminho, Quinn teria parado e dito a Owens que precisava voltar. Quinn nunca chegou em casa. Owens, no entanto, foi ao hospital mais tarde naquele dia com suas costelas quebradas e uma lesão na cabeça, alegando que tinha sofrido um acidente de carro. Duas semanas depois, o carro de Quinn apareceu em um estacionamento com um par de lábios gigantes desenhados de batom na janela de trás e um cachorrinho dentro. A polícia não encontrou nenhum vestígio de Quinn.Doze anos depois, Owens foi preso acusado pelo assassinato de Cristie Schoen Codd, estrela da Food Network, e seu marido. O desaparecimento de Zebb Quinn continua não resolvido.
ncmissingpersons.org

Em janeiro de 2000, Zebb Quinn, de 18 anos, e seu colega Robert Owens, então com 21 anos, estavam indo ver um carro que Quinn queria comprar. Os dois dirigiam carros separados, mas, no meio do caminho, Quinn teria parado e dito a Owens que precisava voltar.

Quinn nunca chegou em casa. Owens, no entanto, foi ao hospital mais tarde naquele dia com suas costelas quebradas e uma lesão na cabeça, alegando que tinha sofrido um acidente de carro. Duas semanas depois, o carro de Quinn apareceu em um estacionamento com um par de lábios gigantes desenhados de batom na janela de trás e um cachorrinho dentro. A polícia não encontrou nenhum vestígio de Quinn.

Doze anos depois, Owens foi preso acusado pelo assassinato de Cristie Schoen Codd, estrela da Food Network, e seu marido.

O desaparecimento de Zebb Quinn continua não resolvido.

6. O trio desaparecido de Fort Worth:

Rachel Trlica, de 17 anos, estava indo para o shopping com sua amiga Lisa Wilson, de 14 anos, para comprar presentes para o Natal no dia 23 de dezembro de 1974. Quando elas estavam saindo, a vizinha de Lisa, Julie Moseley, de 9 anos, pediu para ir junto também.O carro de Rachel foi descoberto mais tarde naquele dia no estacionamento da loja americana de departamento Sears. O carro estava trancado e havia presentes dentro, mas as meninas haviam desaparecido. No dia seguinte, chegou uma carta para o marido de Rachel, Tommy, que dizia:"Eu sei que eu vou ter problemas, mas nós tivemos que fugir. Estamos indo para Houston. Vejo você em cerca de uma semana. O carro está no estacionamento superior da Sears. Com amor, Rachel."Tommy, no entanto, disse que aquela não era a caligrafia de Rachel. As garotas nunca foram encontradas.
cw33.com

Rachel Trlica, de 17 anos, estava indo para o shopping com sua amiga Lisa Wilson, de 14 anos, para comprar presentes para o Natal no dia 23 de dezembro de 1974. Quando elas estavam saindo, a vizinha de Lisa, Julie Moseley, de 9 anos, pediu para ir junto também.

O carro de Rachel foi descoberto mais tarde naquele dia no estacionamento da loja americana de departamento Sears. O carro estava trancado e havia presentes dentro, mas as meninas haviam desaparecido. No dia seguinte, chegou uma carta para o marido de Rachel, Tommy, que dizia:

"Eu sei que eu vou ter problemas, mas nós tivemos que fugir. Estamos indo para Houston. Vejo você em cerca de uma semana. O carro está no estacionamento superior da Sears. Com amor, Rachel."

Tommy, no entanto, disse que aquela não era a caligrafia de Rachel. As garotas nunca foram encontradas.

7. A garota que desapareceu no mar:

en.wikipedia.org

O navio de cruzeiro Disney Wonder estava navegando na costa do México em 2011 quando a tripulante Rebecca Coriam, de 24 anos, desapareceu do nada.

Ela foi vista em uma câmera de segurança às 5h45 falando ao telefone, no que parecia ser uma conversa desagradável. Um colega então parou e perguntou se ela estava OK, ao que ela respondeu que sim.

Mais tarde, um dos seus chinelos foi encontrado no convés do navio.

Poucas horas antes, Rebecca havia enviado uma mensagem à sua mãe dizendo que ligaria no dia seguinte. Em vez disso, sua mãe recebeu uma ligação da Disney dizendo que Coriam estava desaparecida.

O capitão sugeriu que Rebecca poderia ter caído no mar por causa de uma onda, e outros acreditam que ela pulou do navio. Seus pais, no entanto, suspeitam de algo mais sinistro.

O caso nunca foi resolvido.

8. O que aconteceu com Suzy Lamplugh?

Na última vez que alguém viu Suzy Lamplugh, ela estava indo mostrar uma casa a um cliente em Fulham, Londres, em 1986. Ela era uma corretora de imóveis de 25 anos, e o diário do seu escritório tinha registrado os detalhes do encontro: "12.45 Sr. Kipper – Rua Shorrolds, 37".O carro de Lamplugh foi encontrado mais tarde naquela noite do lado de fora de outra propriedade à venda em uma rua diferente. Sua bolsa estava na porta do carro. Apesar de uma grande busca e investigação policial, não foi encontrado nenhum vestígio de Suzy Lamplugh. E o misterioso "Sr. Kipper" nunca foi identificado.
en.wikipedia.org

Na última vez que alguém viu Suzy Lamplugh, ela estava indo mostrar uma casa a um cliente em Fulham, Londres, em 1986. Ela era uma corretora de imóveis de 25 anos, e o diário do seu escritório tinha registrado os detalhes do encontro: "12.45 Sr. Kipper – Rua Shorrolds, 37".

O carro de Lamplugh foi encontrado mais tarde naquela noite do lado de fora de outra propriedade à venda em uma rua diferente. Sua bolsa estava na porta do carro.

Apesar de uma grande busca e investigação policial, não foi encontrado nenhum vestígio de Suzy Lamplugh. E o misterioso "Sr. Kipper" nunca foi identificado.

9. As garotas que sumiram durante um incêndio:

Em uma noite de dezembro de 1999, ocorreu um incêndio na casa da família Freeman, onde Lauria Bible tinha ido passar a noite com sua amiga, Ashley Freeman. Quando a emergência chegou, foi encontrado o corpo da mãe de Ashley, Kathy, no meio das cinzas. As garotas estavam desaparecidas e, no início, a polícia achou que o pai de Ashley, Danny, havia matado sua esposa e sequestrado Ashley e Lauria. No entanto, mais tarde, o corpo de Danny também foi encontrado na casa. Ambos os pais haviam sido baleados na cabeça antes de seus corpos serem queimados.O carro de Lauria foi encontrado nas proximidades com as chaves na ignição, levando alguns a sugerirem que Ashley havia atirado em seus pais e estava planejando uma fuga. No entanto, a bolsa de Lauria foi encontrada com cerca de US$ 150 dentro e ninguém foi capaz explicar por que as meninas partiriam sem o dinheiro. O caso nunca foi solucionado.
facebook.com

Em uma noite de dezembro de 1999, ocorreu um incêndio na casa da família Freeman, onde Lauria Bible tinha ido passar a noite com sua amiga, Ashley Freeman.

Quando a emergência chegou, foi encontrado o corpo da mãe de Ashley, Kathy, no meio das cinzas.

As garotas estavam desaparecidas e, no início, a polícia achou que o pai de Ashley, Danny, havia matado sua esposa e sequestrado Ashley e Lauria. No entanto, mais tarde, o corpo de Danny também foi encontrado na casa.

Ambos os pais haviam sido baleados na cabeça antes de seus corpos serem queimados.

O carro de Lauria foi encontrado nas proximidades com as chaves na ignição, levando alguns a sugerirem que Ashley havia atirado em seus pais e estava planejando uma fuga. No entanto, a bolsa de Lauria foi encontrada com cerca de US$ 150 dentro e ninguém foi capaz explicar por que as meninas partiriam sem o dinheiro. O caso nunca foi solucionado.

Este post foi traduzido do inglês.