go to content

13 séries que merecem uma maratona em 2017

Comece o ano com o pé direito.

publicado

1. "Westworld"

HBO

Sabe quando um nova série aparece e você meio que ignora, mas depois TODO MUNDO começa a comentar e então finalmente você vê e pensa: "Por que eu não comecei a assistir isso antes?" "Westworld" é uma dessas séries.

Ele acontece num parque temático futurista do velho oeste, povoado por robôs com inteligência artificial. Os visitantes têm liberdade para interagir com esses "anfitriões" robóticos como quiserem - formando equipes com eles para partir para missões, fazendo sexo, assassinando-os sem motivo - e as lembranças dos robôs são deletadas no final do dia. Mas o que acontece quando os robôs começam a se conscientizar da sua situação?

2. "The Mick"

Fox

Quando você ouve falar de uma "série de comédia do cotidiano", provavelmente vem a sua mente aquelas piadas sem graça e risadas previsíveis. Por sorte, "The Mick" não tem nada a ver com uma série de comédia do cotidiano.

Ela é estrelada por Kaitlin Olson e foi criada por alguns dos mentores de "It's Always Sunny In Philadelphia". Olso faz o papel de Mickey, uma mulher que acaba tendo que cuidar dos três filhos privilegiados de sua irmã rica, depois que seus pais foram presos por crimes do colarinho branco. Levando em consideração que Mickey geralmente passa seu tempo bebendo, enrolando e em geral evitando qualquer tipo de responsabilidade, esta guarda legal não estava em seus planos.

3. "Broad City"

Comedy Central

"Broad City" já é uma série antiga — sua quarta temporada estreia em 2017 — mas é tão legal que merece ser mencionada de novo. Abbi Jacobson e Ilana Glazer criaram uma série muito inteligente e jovem, abordando questões femininas importantes de forma muito realista.

4. "Atlanta"

FX

Talvez você conheça Donald Glover de "Community" ou pelo seu nome rapper, Childish Gambino. De qualquer forma, "Atlanta" é o novo projeto dele e você definitivamente precisa ver: Glover é envolvente e divertido desde o primeiro excelente episódio.

Ele faz o papel de Earn, um pai de primeira viagem que decide trabalhar com seu primo, um artista de hip-hop promissor, e seu gerente. As coisas rapidamente se complicam mais do que Earn esperava.

5. "Archer"

FX

Se você ainda não começou a assistir a melhor comédia de animação do FX, não sabe o que está perdendo. O programa, que acompanha as excentricidades do que poderia ser a pior agência de espionagem do mundo, conta com alguns dos melhores talentos de dublagem de comédia no meio artístico: H. Jon Benjamin, Aisha Tyler e Chris Parnell, só para mencionar alguns.

6. "Insecure"

HBO

Issa Rae fez de sua premiada série on-line um programa premium de TV a cabo muito divertido.

"Insecure" acompanha Rae e sua amiga Molly, que se debatem com a ideia de que talvez não sejam tão seguras de si quanto deveria ser uma mulher negra moderna.

7. "Crazy Ex-Girlfriend"

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

Esta comédia do CW já está em sua segunda temporada e, de certa forma, está melhor do que a primeira temporada (que já era praticamente perfeita). Apesar de à primeira vista parecer uma comédia musical fofinha, "Crazy Ex-Girlfriend" se aprofunda na realidade em temas como relacionamentos, doenças mentais e vícios. Você vai rir, chorar e dançar enquanto ri e chora.

8. "One Mississippi"

Amazon

"One Mississippi" é parcialmente autobiográfico, e você ficará surpreso quando souber o que já aconteceu com a comediante de Los Angeles Tig Notaro. Ao longo de alguns meses, Notaro desenvolveu uma infecção bacteriana grave, perdeu sua mãe em um acidente imprevisto e foi diagnosticada com câncer de mama.

Tudo isso poderia resultar em um programa depressivo, mas Notaro consegue encontrar humor em tudo. A série é muito engraçada e comovente.

9. "Fleabag"

Phoebe Waller-Bridge criou e estrelou esta curta primeira temporada baseada em seu programa solo feminino. Assim como em "One Mississippi", "Fleabag" encontra humor em alguns lugares bastante sombrios (a personagem de Waller-Bridge passa a temporada lidando com o suicídio da sua melhor amiga) e faz isso de forma brilhante. O programa aproveita Waller-Bridge quebrando a quarta parede e aborda diretamente o público com comentários oportunos e diretos sobre como é ser uma mulher.

10. "The Crown"

Netflix

"The Crown" leva você para dentro da vida da família real britânica na época da coroação de Elizabeth 2ª. Similar à abordagem bastante pessoal de "O Discurso do Rei", "The Crown" enfoca primordialmente os relacionamentos dentro da família real e entre figuras proeminentes da época, e menos na política.

11. "This Is Us"

O novo drama da NBC consegue fazer muito a partir de uma premissa simples. O programa acompanha famílias que têm algo em comum, ainda que cada uma delas tenha que lidar com seu próprio desafio. De maneira interessante, cada episódio sofre uma enorme reviravolta no final, uma raridade em dramas mais realistas. É do escritor/diretor de "Amor a Toda Prova", então se você gostou do filme, provavelmente gostará da série.

12. "One-Punch Man"

Madhouse

De vez em quando, um anime é tão bobo e divertido que não dá para deixar passar. "One-Punch Man" é um deles.

O programa acompanha Saitama, que treina tão intensamente para se tornar um herói, que ele consegue derrotar qualquer inimigo com apenas um soco. O problema é que ser tão forte é muito entediante para Saitama, que entrou no ramo dos heróis "por diversão". "One-Punch Man" é uma das séries de anime mais originais já lançadas.

13. "Luke Cage"

Netflix

Sim, "Luke Cage" é outra série de super herói da Marvel. No entanto, ela parece mais com um drama policial sofisticado do que com uma série comum de super herói. Luke fez sua primeira aparição em "Jessica Jones", então talvez você queira assistir à série dela primeiro, se ainda não assistiu.

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss