back to top

Nós pedimos para cientistas de verdade explicarem o universo de "Star Wars"

Sem spoilers de O Despertar da Força, apenas ciência amplamente especulativa.

publicado

Nós pedimos ao BuzzFeed Community que as pessoas fizessem perguntas sobre questões científicas absurdas sobre o universo de Star Wars. Aqui estão as respostas de alguns cientistas de verdade:

Publicidade

2. "SABRES DE LUZ. ELES SÃO POSSÍVEIS? EU TENHO QUE SABER."—lordleia

LucasArts / Disney

Resposta curta: Não com tecnologia terrestre — o problema é manter a fonte de energia pequena o suficiente para ser manuseada, e não criar a tecnologia em si.

Resposta mais longa: Há um número de desafios envolvendo a criação de sabres de luz de verdade, muitos cientistas disseram ao BuzzFeed Ciência. Tanto Suveen Mathaudhu, um professor de engenharia mecânica da Universidade da Califórnia, Riverside, quanto Marc Hairston, um físico da Universidade do Texas, em Dallas, concordaram que tal dispositivo não seria luz de verdade nem feito com laser, mas teria que ser algum tipo de campo contido de plasma (um estado carregado de matéria, diferente de sólido, líquido ou gás). O problema, ambos os cientistas disseram, seria conter o tal campo de plasma. "Em teoria, seria possível produzir um arco de plasma de extensão finita que pararia em certo ponto", disse Mathaudu, mas a energia para fazer isso está além de nossas habilidades tecnológicas atuais. "Requereria campos magnéticos e elétricos enormes para confinar e controlar o plasma para fazê-lo funcionar como um sabre de luz", Hairston disse ao BuzzFeed Ciência.

3. "O que aconteceria se você tentasse cortar um espelho com um sabre de luz?" —Taylor Nelson, Facebook

LucasArts / Disney

Resposta curta: Ele ferraria com o espelho.

Resposta mais longa: Se for aceita a definição de plasma de um sabre de luz, então a resposta para essa questão é simples, disse Hairston: "Já que o sabre de luz é feito de um feixe de partículas de alta energia, e não de luz, ele derreteria e cortaria o vidro/metal/qualquer coisa do espelho."

4. "De onde veio o dinheiro para construir DUAS armas do tamanho de planetas?" —Craig Cole, Facebook

Lucas Arts/Disney

Resposta curta: Custaria muito dinheiro, mas o Império provavelmente tem uma base de impostos muito consistente.

Resposta mais longa: Muitos fãs e engenheiros apresentaram diversos números para o preço da Estrela da Morte. O engenheiro financeiro da Universidade de Washington em St. Louis, Zachary Feinstein, usou o preço de porta-aviões para comparar com uma Estrela da Morte. Ele concluiu que as duas Estrelas da Morte teriam custado cerca de 419 quinquihões de dólares. Em outras palavras — 1 milhão de dólares vezes 1 trilhão.

David Barnhart, diretor do grupo de Tecnologia Espacial e Sistemas da Universidade do Sul da Califórnia, especulou que "o que podemos inferir é que a República é muito eficiente em sugar impostos de centenas de planetas de uma vez."

5. "Como se constrói uma Estrela da Morte sem prestar atenção na única porta de exaustão?" —brenth40a06a025

Lucas Arts / Disney

Resposta curta: A porta de exaustão era uma necessidade e engenheiros fazem besteira o tempo todo.

Resposta mais longa: Mathaudhu disse que um grande sistema de exaustão seria uma grande necessidade para uma Estrela da Morte. "Não é possível ter um laser sem alguma forma de resfriamento ativo", disse ele. Apesar de não defender isso, Barnhart nos lembrou que não é incomum que engenheiros brilhantes cometam erros espetacularmente absurdos. Barnhart apontou que a Nave Orbitante do Clima de Marte da Nasa caiu em Marte porque alguém esqueceu de converter as unidades de medida inglesas para o sistema métrico.

6. "De acordo com a Wookieepedia, o hiperespaço é essencialmente outra dimensão. Como é possível para [as pessoas no universo de Star Wars] pular entre dimensões tão facilmente?" —sarahp40860e4aa

Lucas Arts / Disney

Resposta curta: Em Star Wars, o hiperespaço é o enrugamento do espaço-tempo causado por uma viagem feita quase na velocidade da luz. A coisa mais próxima a isso que nós temos na física teórica é a fenda espacial.

Resposta mais longa: Brian Koberlein, um astrofísico computacional no Instituto Rochester de Tecnologia, disse ao BuzzFeed Ciência que uma fenda espacial poderia teoricamente (se elas existissem) conectar regiões distantes do espaço. De acordo com a Wookieepedia, o hiperespaço é uma dimensão do espaço-tempo alcançada apenas ao viajar na velocidade da luz. A ideia principal é que ir tão rápido causa rugas no espaço-tempo que podem ser usadas para pular de um lugar para outro. Koberlein acrescentou que essa definição faria a polêmica metideza de Han solo sobre terminar a Corrida Kessel em menos de "12 parsecs" (uma unidade de distância, não tempo) fazer sentido científico. "Fazer a Corrida Kessel em menos de 12 parsecs poderia ser motivo de orgulho sobre o quão bom Han e o Falcon são em encontrar os caminhos mais curtos através do hiperespaço", disse ele.

Publicidade

7. "As minúsculas asas de Watto podem mesmo aguentar seu peso?" —David Estrada, Facebook

Disney / Lucas Arts

Resposta curta: Provavelmente não, mas você já viu uma maldita abelha?

Resposta mais longa: Watto é um escuso vendedor de sucata e traficante de pessoas com minúsculas asas que pode flutuar. O professor John Hutchinson da Faculdade de Veterinária Real em Londres discute que parece implausível tal criatura fazer isso pelos padrões terrestres. Pressupondo que Tattoine tivesse densidade atmosférica parecida e que o Watto pesava cerca de 20 quilos (tanto quanto uma criança magra), Hutchinson contou ao BuzzFeed Ciência que seria improvável que tal organismo pudesse voar, discutindo que nenhum pássaro acima de 18 quilos consegue voar, mas que a ideia também não é completamente descartável. "Certamente não parece possível, mas também parece impossível que as abelhas voem e elas simplesmente fazem isso", disse ele, mencionando o fato de que as asas das abelhas são tão delicadas que simplesmente não deveriam sustentar um inseto daquele porte.

8. "O que é essa coisa dos sóis gêmeos de Tatooine?" —Patrick Louie Antolin Robles, Facebook

LucasArts / Disney

Resposta curta: É um sistema estelar binário e eles existem na vida real. A NASA descreveu esse sistema como sendo parecido com o sistema de Tatooine.

Resposta mais longa: O planeta terrestre Tatooine, onde Luke Skywalker cresceu, tem dois sóis. Não há um consenso aprovado pelo cânone sobre o tipo de estrela que eles sejam, embora seja provável que ambos fossem estrelas tipo-G, parecidas coma nossa. De acordo com Harry Shipman, um astrônomo da Universidade de Delaware, sistemas solares como esse existem mesmo. Ele apontou um sistema chamado Kepler-16. "Ele de fato parece um pouco como as estrelas de Star Wars em Tatooine porque uma das estrelas tem aproximadamente a temperatura do sol e a outra é uma estrela vermelha muito mais fria", contou ele ao BuzzFeed Ciência.

9. "Como pessoas que crescem em um planeta com dois sóis podem ser tão pálidas?" —Andrew Smith, Facebook

LucasArts / Disney

Resposta curta: Um segundo sol não significa necessariamente mais radiação UV que causa bronzeamento e queimaduras. Mesmo que significasse, uma dose saudável de ozônio poderia ajudar a mitigar isso.

Resposta mais longa: Shipman disse que o efeito do sol mais vermelho (o que faria com que ele fosse mais frio) poderia não ter um efeito grande na quantidade de radiação UV que os habitantes de Tatooine receberiam. "Se um sol fosse mais frio, ele provavelmente não emitira muita radiação UV", disse ele. O outro fator, apontou ele, seria o quanto de ozônio havia em Tatooine. Quanto mais ozônio, menor a radiação UV que chegaria à superfície.

10. "Que tipos de forças biológicas poderiam permitir a evolução daquela lesma asteroide gigante em O Império Contra-Ataca?" —KerbalD2

LucasArts / Disney

Resposta curta: Essa coisa segue suas próprias regras, já que é feita de silício, mas seu tamanho pode ser explicado pela baixa gravidade em um asteroide. A questão mais complicada é como asteroides podem manter em movimento corpos tão grandes.

Resposta mais longa: A lesma gigante é chamada de exogorth. É difícil fazer qualquer comparação com organismos terrestres, por que é um organismo feito de silício e a vida na Terra é feita de carbono. "Eles poderiam ser enormes, viver em gravidade próxima a zero e no vácuo, viver em espaços quase vazios com pouca matéria orgânica e nutritiva em seu redor", disse Hutchinson. Ele disse que as condições de gravidade zero teriam feito com que fosse possível para elas chegarem a seu imenso tamanho. "O que me preocupa é como elas manteriam seus metabolismos funcionando com pouca energia em volta para abastecer seus imensos corpos. Elas devem ter hibernado muito, desligando seus corpos por longos períodos de tempo enquanto esperavam a comida se aproximar", disse ele.

11. "O quão forte teria que ser o cabo de reboque de um snowspeeder para derrubar um AT-AT?" —cchiefham04

LucasArts / Disney

Resposta curta: É muito fácil derrubar um AT-AT e não é preciso de um cabo particularmente forte para fazê-lo.

Resposta mais longa: De acordo com Mathaudhu, cuja especialidade é em ciência de materiais, a força do cabo não é a questão aqui. "Eu não acho que deva ser forte. Seria como dizer que é preciso que os cadarços sejam muito fortes para que alguém tropece neles. É um problema do design ruim do AT-AT", disse ele. "O alto centro de gravidade combinado com qualquer tipo de supressão da habilidade de se mover é o que causa sua queda", disse ele. "O que eu diria é que os propulsores dos snowspeeders teriam que ser muito poderosos para arrebentarem um cabo ou serem capaz de arrastá-lo. É mais uma questão da força do snowspeeder do que da força do cabo."

12. "Por que havia fogo no espaço? Não há oxigênio no espaço então o fogo não seria uma possibilidade." —emilym4f684145f

LucasArts / Disney

Resposta curta: Não há oxigênio no espaço, mas há gases inflamáveis dentro de qualquer nave espacial, destroyer, ou Estrela da Morte.

Resposta mais longa: De fato, no vácuo do espaço não haveria fogo, mas explosões perto de alguma coisa com oxigênio em seu interior certamente produziriam fogo, disse Mathaudu. "Se alguma coisa tem oxigênio ou alguma coisa inflamável e é acendida, então sim, seria possível ter fogo ou explosão naquela região."

13. "Quanta merda Jabba the Hutt produziria em um único dia?" —Alex Kasprak

LucasArts / Disney

Resposta curta: Talvez 100 quilogramas de merda por dia?

Resposta mais longa: Essa é obviamente outra pergunta muito difícil de ser respondida, mas Hutchinson arriscou: "O Jabba parece ser parecido com algum tipo de organismo endotérmico com algum grau de esqueleto interno. (e.g., seus braços), então olhar para vertebrados [terrestres] não é uma abordagem louca. Um vertebrado [terrestre] de 1.000 quilogramas, como uma vaca, eliminaria talvez 100 quilogramas de esterco por dia [terrestre]. O Jabba parece ser um cara faminto, então eu não acho que esse cálculo informal seja implausível."

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss