back to top

Instagram lança filtros interativos e conclui a clonagem do Snapchat

Para surpresa de ninguém, aplicativo de fotos que pertence ao Facebook deu mais um passo em direção ao concorrente.

publicado

Aí vai uma boa ideia de aplicativo: começa com uma câmera. Primeiro, você tira uma foto ou grava um vídeo. Depois, você adiciona efeitos divertidos — máscaras que mudam o seu rosto, ou coroas que acompanham a sua cabeça. Você pode enviar essas imagens para os amigos por mensagem, ou compartilhá-las com todos os seus contatos, com uma função chamada Stories. Sim, as Stories desaparecem.

Há um ano, essas ferramentas eram só do Snapchat. Mas agora o Instagram, que pertence ao Facebook, também tem todas elas.

Após copiar a função Stories do Snapchat, em agosto, o Instagram lança nesta terça (16) sua própria versão das lentes de selfie, completando a clonagem no momento em que as ações do Snapchat caem no mercado.

A única função que "falta" no Instagram é a Discover, uma coleção de conteúdo profissional criado especialmente para o Snapchat.

O Snapchat não inventou as lentes de selfie, mas as popularizou. O pioneirismo não mereceu uma menção no post em que o Instagram anunciou as suas — que são interativas, assim como as do Snapchat. Quando copiou a função Stories, o Instagram deu crédito ao concorrente.

O lançamento das lentes de selfie (o Instagram chama de "filtros de rosto") acontece em meio a um esforço do Facebook em direção à realidade aumentada, adicionando camadas digitais ao mundo real, por meio da câmera.

Na conferência F8, em abril, o Facebook revelou uma nova plataforma de efeitos para câmera, convidando desenvolvedores a criar suas próprias máscaras e filtros que, após aprovação, estariam disponíveis aos usuários do Facebook.

Com essa plataforma, o Facebook parece tentar ultrapassar o Snapchat em qualidade de máscaras e filtros. Mas a ambição é muito maior. O Facebook gostaria de mapear todo o mundo e permitir que desenvolvedores façam jogos e arte digital "por cima" do mundo físico que habitamos.

"Quando for possível misturar partes físicas e digitais do mundo, nossas experiências serão muito melhores e nossas vidas serão mais ricas", afirmou o CEO da empresa, Mark Zuckerberg, em entrevista ao BuzzFeed News à época da F8.

Enquanto isso, a clonagem do Snapchat por parte do Instagram parece ter dando um empurrão no Facebook. A função Stories do Instagram é usado por 200 milhões de pessoas todo mês. A cópia do Stories no WhatsApp — que também pertence ao Facebook — é usada por 175 milhões de pessoas todos os dias.

Questionado se o Instagram pretende copiar mais funções do Snapchat, um porta-voz da empresa disse: "Nós não vamos compartilhar novas funções neste momento."

Mesmo que fossem compartilhar, resta pouco a copiar.

Este post foi traduzido do inglês.

Alex Kantrowitz is a senior technology reporter for BuzzFeed News and is based in San Francisco. He reports on social and communications.

Contact Alex Kantrowitz at alex.kantrowitz@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.