back to top

8 dicas para encontrar passagens para o exterior tem tempos de crise

Com um pouco de paciência e ajuda de alguns serviços dá para encontrar os voos mais baratos que o dólar a quase R$ 4 permite.

publicado

1. SEMPRE pesquise preços de passagens em uma janela anônima de seu navegador.

Reprodução

Em sites e blogs especializados há muitos relatos de que às vezes os buscadores mostram passagens com valores mais altos se você já houver pesquisado voos recentemente. Para evitar esse problema, faça sempre as pesquisas de uma janela anônima do seu browser, que não deixa rastros de navegação.

2. Ative um alerta para ser avisado quando a passagem atingir o preço que você achar justo.

Serviços como o Kayak têm a opção de configurar um alarme que avisa quando as passagens atingirem um determinado preço, dentro de um período de tempo específico.

3. Procure os bilhetes em sites que pesquisam preços de muitas companhias aéreas ao mesmo tempo.

Se você ainda não conhece, salve em seus favoritos sites como o Decolar.com, o Submarino Viagens ou o Expedia. Estes serviços pesquisam o valor mais barato em diversas companhias aéreas. Dá para acessá-los pelos sites ou aplicativos para celular.

4. Use serviços que conseguem prever os períodos do ano que têm voos mais baratos ou para qual cidade do exterior é mais barato viajar.

Reprodução

O Skyscanner e o já citado Kayak têm ferramentas interessantes para quem podem fazer viagens mais flexíveis.

Dá para deixar a data em aberto para que o site te avise do mês mais barato ou, se você preferir, também pode deixar a cidade em aberto e escolher apenas o país. Assim o aplicativo te mostrará a passagem mais barata para os Estados Unidos durante o mês de outubro, por exemplo.

Publicidade

5. Poupe tempo com os megabuscadores Voopter e Trabber, que agrupam resultados tanto de sites de companhias aéreas como de outros buscadores.

Os dois buscam em dezenas de sites ao mesmo tempo e organizam os resultados por preço ou duração de voo.

6. Prefira os finais de semana para comprar passagens. E quem vai passar mais de uma semana em outro país deve preferir voar às segundas ou terças-feiras e voltar em uma quarta ou quinta-feira, segundo levantamento do Kayak.

Divulgação/TAM

Companhias aéreas costumam realizar promoções no fim de semana ou fora do horário comercial. E segundo o mesmo levantamento, em viagens de até sete dias para outro país é melhor comprar a ida às sextas-feiras e a volta às segundas-feiras.

7. Se você é estudante, dê uma olhada nos preços da STA Travel (em inglês).

Reprodução

A STA é uma companhia de descontos para estudantes do mundo inteiro. Na hora do check-in é preciso mostar a carterinha ISIC de estudante, que também dá outros descontos em atrações como museus e parques em vários países.

8. Explore o Google Voos para otimizar os custos em viagens longas com várias cidades.

Reprodução

Pouca gente sabe, mas o Google tem uma ferramente específica para pesquisa de passagens aéreas. Além de disponibilizar alertas, dá para buscar no Voos vários trechos de passagens ao mesmo tempo pelo menor preço - ideal para viagens mais longas ou que têm mais de uma cidade no roteiro.