back to top

We’ve updated our privacy notice and cookie policy. Learn more about cookies, including how to disable them, and find out how we collect your personal data and what we use it for.

14 números da Operação Lava Jato que você provavelmente não conhecia

Foram 37 telefones ligados ao Lula grampeados e mais de 900 anos de prisão distribuídos.

publicado

1. A Operação grampeou 37 números de telefone ligados ao ex-presidente Lula.

Adriano Machado / Reuters

Paulo Okamoto (presidente Instituto Lula), Clara Levin Ant (diretora do mesmo instituto), Elcio Pereira Vieira (caseiro do sítio de Atibaia) e Fabio Luis Lula da Silva (filho do ex-presidente) foram alguns dos grampeados.

3. Em dois anos, a Lava Jato devolveu mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos.

Divulgação/Polícia Federal

A informação foi mencionada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em Paris, na semana passada. Acima está parte do dinheiro apreendido na 23ª fase da Operação.

Publicidade

5. Apenas quatro partidos (PSOL, PCB, PSTU e PCO) não receveram dinheiro de empreiteiras envolvidas na operação.

Reprodução

O Brasil tem ao todo 32 partidos; todos os outros 28 receberam dinheiro de empresas investigadas na Lava Jato.

7. A Lava Jato já fez 97 pedidos de cooperação internacional.

TT News Agency / Reuters

A Suíça é um dos países que mais colaboram com o Brasil -- a nação tem sua própria força-tarefa para investigar os crimes ligados à Operação Lava Jato. O Ministério Público de lá aponta que há mais de mil contas suspeitas.

Publicidade

9. Dos 65 deputados da comissão que vai apreciar o impeachment de Dilma, 40 receberam dinheiro de empresas da Lava Jato.

São nomes como Arlindo Chinaglia (PT-SP), que recebeu R$ 412.000; Jutahy Júnior (PSDB-BA), que ficou com R$ 531.875; Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), que recebeu R$ 732 e Paulo Maluf (PP-SP), que ganhou R$ 648.940. Todas as doações foram registradas e destinadas à campanha.

Publicidade

12. Até agora, já foram 25 fases em dois anos de operação.

youtube.com

A 25ª começou nesta segunda (21) e foi a primeira etapa internacional da Lava Jato. A força-tarefa prendeu, em Portugal, o operador financeiro Raul Schmidt Felippe Junior, que estava foragido desde julho de 2015.