back to top

14 números da Operação Lava Jato que você provavelmente não conhecia

Foram 37 telefones ligados ao Lula grampeados e mais de 900 anos de prisão distribuídos.

publicado

1. A Operação grampeou 37 números de telefone ligados ao ex-presidente Lula.

Paulo Okamoto (presidente Instituto Lula), Clara Levin Ant (diretora do mesmo instituto), Elcio Pereira Vieira (caseiro do sítio de Atibaia) e Fabio Luis Lula da Silva (filho do ex-presidente) foram alguns dos grampeados.
Adriano Machado / Reuters

Paulo Okamoto (presidente Instituto Lula), Clara Levin Ant (diretora do mesmo instituto), Elcio Pereira Vieira (caseiro do sítio de Atibaia) e Fabio Luis Lula da Silva (filho do ex-presidente) foram alguns dos grampeados.

2. Somando todos os anos de penas aplicadas, dá quase um milênio de cadeia.

Mais especificamente, 990 anos e 7 meses.
Sakhorn38 / Getty Images

Mais especificamente, 990 anos e 7 meses.

3. Em dois anos, a Lava Jato devolveu mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos.

A informação foi mencionada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em Paris, na semana passada. Acima está parte do dinheiro apreendido na 23ª fase da Operação.
Divulgação/Polícia Federal

A informação foi mencionada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em Paris, na semana passada. Acima está parte do dinheiro apreendido na 23ª fase da Operação.

4. O total do ressarcimento pedido pelo Ministério Público a empreiteiras e ex-diretores da Petrobras chega a R$ 21,8 bilhões.

Na imagem acima estão R$ 3,7 milhões apreendidos pela PF em julho do ano passado.
Divulgação/Polícia Federal

Na imagem acima estão R$ 3,7 milhões apreendidos pela PF em julho do ano passado.

Publicidade

5. Apenas quatro partidos (PSOL, PCB, PSTU e PCO) não receveram dinheiro de empreiteiras envolvidas na operação.

O Brasil tem ao todo 32 partidos; todos os outros 28 receberam dinheiro de empresas investigadas na Lava Jato.
Reprodução

O Brasil tem ao todo 32 partidos; todos os outros 28 receberam dinheiro de empresas investigadas na Lava Jato.

6. PT e PSDB receberam, juntos, 53,8% de todo o dinheiro doado por empresas relacionadas na Operação.

Carta Maior

O PT recebeu R$ 131 milhões e o PSDB R$ 68 milhões. Logo em seguida vem o PMDB, com R$ 64 milhões.

7. A Lava Jato já fez 97 pedidos de cooperação internacional.

A Suíça é um dos países que mais colaboram com o Brasil -- a nação tem sua própria força-tarefa para investigar os crimes ligados à Operação Lava Jato. O Ministério Público de lá aponta que há mais de mil contas suspeitas.
TT News Agency / Reuters

A Suíça é um dos países que mais colaboram com o Brasil -- a nação tem sua própria força-tarefa para investigar os crimes ligados à Operação Lava Jato. O Ministério Público de lá aponta que há mais de mil contas suspeitas.

8. Até o momento foram 93 condenações criminais.

Entre ele Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo Odebrecht, condenado a 19 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.
Rodolfo Buhrer / Reuters

Entre ele Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo Odebrecht, condenado a 19 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Publicidade

9. Dos 65 deputados da comissão que vai apreciar o impeachment de Dilma, 40 receberam dinheiro de empresas da Lava Jato.

Antonio Cruz/Agência Brasil
Wikimedia Commons

São nomes como Arlindo Chinaglia (PT-SP), que recebeu R$ 412.000; Jutahy Júnior (PSDB-BA), que ficou com R$ 531.875; Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), que recebeu R$ 732 e Paulo Maluf (PP-SP), que ganhou R$ 648.940. Todas as doações foram registradas e destinadas à campanha.

10. A Polícia cumpriu 117 mandados de condução coercitiva.

45 deles apenas em 2016, autorizados pelo juiz Sérgio Moro. Mas só a do Lula ficou famosa.
Nelson Almeida / AFP / Getty Images

45 deles apenas em 2016, autorizados pelo juiz Sérgio Moro. Mas só a do Lula ficou famosa.

11. Foram fechados 49 acordos de delações premiadas, incluindo a do senador Delcídio do Amaral (PT-MS).

Ueslei Marcelino / Reuters

12. Até agora, já foram 25 fases em dois anos de operação.

A 25ª começou nesta segunda (21) e foi a primeira etapa internacional da Lava Jato. A força-tarefa prendeu, em Portugal, o operador financeiro Raul Schmidt Felippe Junior, que estava foragido desde julho de 2015.
youtube.com

A 25ª começou nesta segunda (21) e foi a primeira etapa internacional da Lava Jato. A força-tarefa prendeu, em Portugal, o operador financeiro Raul Schmidt Felippe Junior, que estava foragido desde julho de 2015.

Publicidade

13. Cerca de 25 empresas relacionadas na Lava Jato doaram mais de R$ 400 milhões para políticos e partidos.

Quase todas são empreiteiras, como Andrade Gutierrez, OAS, UTC, Queiroz Galvão e Odebrecht.
Divulgação

Quase todas são empreiteiras, como Andrade Gutierrez, OAS, UTC, Queiroz Galvão e Odebrecht.

14. Laudo da Polícia Federal diz que o prejuízo da Petrobras com corrupção pode chegar a R$ 42 bilhões.

O número é maior do que o orçamento da educação, que foi de R$ 39,38 bilhões em 2015.
Agência Brasil

O número é maior do que o orçamento da educação, que foi de R$ 39,38 bilhões em 2015.

Veja também: