back to top

8 vezes em que Mano Brown e Suplicy foram melhores amigos

Parceria forte.

publicado

1. O ex-senador Eduardo Suplicy (PT-SP) saiu hoje em defesa do rapper Mano Brown, líder dos Racionais, que foi detido por desacato nesta segunda-feira durante uma blitz policial.

facebook.com

"Maior respeito e civilidade especialmente aos negros se faz necessário", disse Suplicy em postagem no Facebook. Brown já foi solto.

2. Não é a primeira vez que Suplicy defende o amigo. Lá em 2007, depois de um show dos Racionais que terminou em pancadaria, ele disse que a reação da polícia foi desproporcional e que Brown não teve culpa.

Via genius.com

O show, que aconteceu durante a Virada Cultural de 2007 em São Paulo, durou menos de meia hora. Um tumulto na platéia, logo no início da apresentação, foi reprimida com balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo. Na época, Suplicy saiu em defesa de Mano Brown e disse que o rapper tentou acalmar a multidão e que em nenhum momento incitou a violência.

3. O ex-senador gosta tanto de Brown que comemorou o aniversário do ano passado em um show dele.

facebook.com
Publicidade

5. E em uma sessão na CCJ (Comissão de Constituição de Justiça) sobre redução da maioridade penal, Suplicy tentou sensibilizar os parlamentares ao interpretar um rap composto por Mano Brown.

Reprodução / Via youtube.com

"Se eles me pegam, meu filho fica sem ninguém, e o que eles querem: mais um pretinho na Febem. Sim, ganhar dinheiro ficar rico enfim, a gente sonha a vida inteira e só acorda no fim, minha verdade foi outra, não dá mais tempo pra nada... PÁ PÁ PÁ!"

Veja o vídeo.