back to top

24 coisas que você descobre ao ir para o Carnaval do Rio pela primeira vez

A impressão é que toda rua tem um bloquinho.

publicado

1. Não tem como fugir do carnaval. A impressão é que toda rua tem um bloquinho.

2. Mesmo quem trabalha dá um jeito de se fantasiar.

3. Calor. Todo mundo sabe que faz calor no Rio de Janeiro, mas a cidade fica um INFERNO durante o Carnaval.

4. Só tem Antarctica na maior parte das barraquinhas de venda de cerveja.

5. Em algumas vezes um bloco cruza com outro na mesma rua e é aquela confusão (no bom sentido).

6. As filas do metrô são impraticáveis.

7. Nem só de samba é feito o carnaval do Rio; tem blocos de rock, música pop e eletrônica.

8. Não é estranho que algum desconhecido do seu lado te abrace em algum bloco (ou que te ajude a levantar assim que você cair).

9. O táxi funcionou em bandeira 2 durante todo o feriado (mas mesmo assim ainda é mais barato do que o de São Paulo).

Publicidade

10. Tem vários e vários banheiros químicos e muitos deles têm até água para lavar a mão e papel.

11. Tem tanto bloco para ir que a gente nem sente falta de ir à praia.

12. Não há nenhum bloco com área vip ou parte cercada com cordões, como no carnaval de Salvador. A prefeitura proibiu.

13. Estranhar a promoção de três latas por R$ 10 quando uma só custa R$ 3.

14. Ficar maravilhado em pegar um bloquinho com vista para o Pão de Açúcar e outro com vista para o Cristo no mesmo dia.

instagram.com

Bloco Me Beija Que Sou Cineasta

15. A latinha menor, de 269 ml, tem o apelido de "periguete".

16. Todo taxista tem uma opinião sobre onde é o melhor bairro pra curtir o carnaval.

17. Os taxistas, aliás, que já reclamam para subir o morro de Santa Teresa normalmente, no carnaval não sobem nem por decreto.

18. Acostume-se a ouvir "mas pra onde você vai?" quando faz um sinal de táxi...

19. ...Que, aliás, estão aos milhares na rua.

20. Tem bloquinho de todo o tipo, desde os que arrastam mais de dois milhões pra as ruas, até os menores, que não desfilam e têm algumas centenas de pessoas "apenas".

21. Nem todas as ruas por onde passam os blocos são fechadas, o que pode prender por horas um motorista desavisado.

22. Aliás, sair de carro para qualquer lugar no Rio durante o Carnaval é uma péssima ideia.

23. Descobrir que quase toda praça vira um bloquinho permanente, sempre cheio de gente cantando samba.

24. Ouvir dos cariocas quando descobrem que não somos do Rio: "bem-vindo ao melhor Carnaval do mundo!"