back to top

"Se eu não tenho apoio do Congresso eu tô ferrado", disse Temer a Joesley

Logo depois, segundo o relatório da PF, o presidente completou: "Não tenho apoio da imprensa. Entendeu? (Risos.) Então, é fogo."

publicado

Na conversa em que foi gravado pelo empresário Joesley Batista, em 7 de março deste ano, o presidente Michel Temer (PMDB) disse: "Ainda bem que eu tenho apoio do Congresso. Se eu não tenho apoio do Congresso eu tô ferrado."

O diálogo ocorreu logo no início do encontro — aparece aos seis minutos do áudio. Temer comenta as reformas que pretende avançar no Congresso, e comenta a oposição que sofreu no início de seu governo.

"Eles lançaram o negócio do golpe, golpe, golpe... Não passou", disse o presidente, de acordo com o relatório da Polícia Federal.

Mais à frente, Temer faz o comentário oposto em relação à imprensa: "Não tenho apoio da imprensa. Entendeu? (Risos.) Então, é fogo."

A Procuradoria-Geral da República deve apresentar denúncia contra Temer ainda esta semana. O Supremo Tribunal Federal só pode instaurar uma ação penal, porém, com o aval da Câmara dos Deputados — para que isso ocorra, ao menos dois terços dos deputados precisam votar a favor da denúncia.

Veja também:

Janot quer que Temer pague R$ 10 milhões para reparar danos por corrupção

Denúncia que acusa presidente Temer de corrupção chega ao STF

Dinheiro para calar Cunha era “única interpretação possível” de conversa, diz PF

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.