back to top

Marta diz que "a população agradece" quando ela fala mal de Russomanno

Na disputa direta pelo segundo turno, os candidatos passaram a brigar diretamente após a peemedebista encampar que adversário "não consegue administrar nem um bar".

publicado

Concentrando os últimos dias de campanha em atacar Celso Russomanno (PRB), Marta Suplicy (PMDB) disse nesta terça que a população "agradece" quando ela fala mal do adversário.

Na terça, a peemedebista realizou uma caminhada na zona leste, com correligionários, e aproveitou para alfinetar os concorrentes. Ela foi recebida com jingle — até cantou junto.

Alexandre Aragão / BuzzFeed

Até as pesquisas divulgadas pelo Ibope e pelo Datafolha nesta semana, Marta e Russomanno apareciam em empate técnico, brigando pela segunda colocação no segundo turno.

Agora, Marta aparece em terceiro no Datafolha, com 15 pontos, 7 a menos que Russomanno, com 22 — e, portanto, fora da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. João Doria (PSDB) está em primeiro (30).

Marta dividiu os holofotes, mesmo, com o filho Supla — que a todo momento era parado para tirar selfies.

Nem na hora de escolher o ponto de encontro a equipe de Marta esqueceu Russomanno. O local selecionado foi o Bar do Alemão, homônimo do restaurante que ele tinha em Brasília.

Nos grupos de WhatsApp de assessores do PMDB, a alfinetada contra Russomanno foi escancarada. O endereço era descrito da seguinte maneira: "Bar do Alemão (o que não faliu)".

Alexandre Aragão / BuzzFeed

Na propaganda eleitoral de segunda (27), todo o programa de Marta foi dedicado a detalhar a falência do Bar do Alemão, que pertencia a Russomanno. A candidata não aparece na peça.

Por 1 minuto e 57 segundos, um narrador fala em tom dramático e uma ex-funcionária diz que Russomanno não pagou seus direitos trabalhistas.

Marta também tem tocado no assunto durante os debates. No último domingo, na Record, Russomanno se irritou e lembrou uma frase célebre de quando Marta era ministra do Turismo:

Marta tem o terceiro maior tempo de TV das eleições municipais em São Paulo: fica atrás de João Doria (3min06s) e Fernando Haddad (2min35s).

Questionada sobre o assunto, Marta disse ao BuzzFeed Brasil que "a população agradece" quando ela ataca Russomanno.

"Eu acho que a população agradece a informação", ela disse. "Eu nunca usei de artimanha contra nenhum adversário e nunca corrompi e nem comprei apoios", completou Marta.

Marta Suplicy (PMDB) diz que "a população agradece" quando ela fala mal de Celso Russomanno (PRB)

Nesta terça, Russomanno disse que Marta mente e que "poucos funcionários" estão processando o bar por direitos trabalhistas. Em vídeo, ex-funcionários corroboram a versão.

De resto, a caminhada de Marta seguiu o roteiro que políticos costumam aproveitar quando visitam a periferia.

Por exemplo: rolou o tradicional beijo na criançada.

Alexandre Aragão / BuzzFeed

Fora as visitas ao comércio popular: Marta esteve em um salão de cabeleireiros, por exemplo. Também foi a um açougue, seguido de perto por Supla, fora as inúmeras selfies.

A candidata também visitou a casa de um dos moradores, e conversou com a patriarca da família, de 113 anos de idade, sobre o atendimento médico público na cidade de São Paulo.

Marta, é claro, não esqueceu de pedir os votos pelo caminho.

Alexandre Aragão / BuzzFeed

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.