back to top

Janot pede que STF seja rápido para condenar Russomanno

Se for condenado, o líder das pesquisas em São Paulo pode sair da disputa por virar ficha-suja. Caso envolve funcionária-fantasma contratada pelo gabinete do deputado.

publicado

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu nesta quinta (30) que o STF julgue "com urgência" o caso do deputado Celso Russomanno (PRB-SP). Ele também reiterou o pedido para que o parlamentar seja condenado.

Lula Marques/Agência PT

O chefe do Ministério Público já havia pedido que Russomanno fosse condenado.

Primeiro colocado nas pesquisas de intenção para a Prefeitura de São Paulo, Russomanno corre o risco de virar ficha-suja — e ser impedido de concorrer nas eleições — caso seja condenado pelo Supremo.

Isaac Amorim/Ministério da Justiça

O prazo final para protocolar candidaturas é 15 de agosto, e a Justiça Eleitoral deve analisar todas até 12 de setembro. Se o deputado for condenado antes da data, não poderá concorrer.

A ação contra Russomanno diz respeito a uma ex-funcionária de seu gabinete, Sandra de Jesus. Enquanto recebia salários da Câmara, entre 1997 e 2001, ela trabalhava em uma empresa particular do parlamentar.

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Russomanno já foi condenado em primeira instância, mas recorreu ao STF.

O deputado ofereceu ao STF devolver o dinheiro pago à funcionária, sem admitir qualquer culpa no episódio, conforme publicou o BuzzFeed Brasil.

Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Em manifestação anterior, Janot também rechaçou a ideia:

“Há a pretensão em ver reduzida a pena imposta na sentença [de primeira instância], tendo em vista a alegada devolução de verba de gabinete e o agora sinalizado compromisso de recolhimento dos valores pagos à ex-servidora Sandra de Jesus. No entanto, essa pretensão não merece acolhida.”

O deputado nega envolvimento no caso.

Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, o advogado Benedito Cerezzo Pereira Filho, que representa Russomanno, disse que a defesa do deputado “está esclarecendo a questão”.

“A defesa dele tem uma tese muito sólida.”