go to content

Senador emplaca parente na chefia do Incra em Alagoas

Governo Temer deu cargo a sobrinho de Benedito de Lira (PP-AL), adversário do ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL). Renan já é considerado oposição pelo Palácio do Planalto.

publicado

O governo nomeou César Lira, sobrinho do senador Benedito de Lira (PP-AL), para a superintendência do Incra em Alagoas.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial desta quarta (29).

A nomeação ocorre no momento em que um dos principais adversários de Benedito de Lira, o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), critica reiteradamente o governo Temer. O Planalto já o considera um adversário político.

Na terça (28), o senador articulou com outros sete colegas peemedebistas a divulgação de uma carta com duras críticas ao projeto de terceirização aprovado na Câmara, que foi à sanção do presidente Michel Temer e deve virar lei.

Antes, Renan divulgou um vídeo com críticas à reforma da Previdência proposta pelo governo federal.

O superintendente anterior, Alberto Nascimento da Silva, havia sido indicado ao cargo em agosto de 2016, pelo Solidariedade.

O presidente do Solidariedade em Alagoas é o ex-deputado estadual Elionaldo Magalhães, aliado histórico de Benedito de Lira. Em 2007, Benedito indicou Elionaldo para presidir a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), cargo que ocupou até 2015.

Com a indicação, o governo federal agrada também o deputado Arthur Lira (PP-AL), líder de seu partido na Câmara e filho do senador.

A movimentação pode ser explicada, em parte, pela eleição de 2018 em Alagoas: duas vagas ao Senado estarão em disputa — Renan e Benedito correm risco de não se reelegerem, segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas.

Os ex-governadores Ronaldo Lessa (PDT) e Teotônio Vilela Filho (PSDB) estão à frente dos atuais senadores, respectivamente, nas intenções de voto ao Senado.

Outra pesquisa do instituto revelou que o presidente Michel Temer é rejeitado por 72% dos alagoanos, o que ajuda a explicar o distanciamento que Renan tomou do governo.

Procurado pelo BuzzFeed Brasil, o senador Benedito de Lira (PP-AL) negou ter indicado seu sobrinho ao cargo.

Veja também:

Renan Calheiros sacou R$ 200 mil em dinheiro vivo dois meses após eleição de 2014

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.