back to top

We’ve updated our privacy notice and cookie policy. Learn more about cookies, including how to disable them, and find out how we collect your personal data and what we use it for.

Aqui estão as imagens da repressão violenta do governo da Venezuela: desta vez, 16 feridos

Líder oposicionista, o deputado Carlos Paparoni foi atingido por um jato d'água e bateu com a cabeça no chão. Outro opositor, o governador de Miranda Henrique Caprilles, se feriu durante o ato e denunciou uma "emboscada" do presidente Nicolás Maduro.

publicado

Ao menos 16 pessoas ficaram feridas após o governo da Venezuela reprimir com violência uma manifestação contra o presidente Nicolás Maduro, nesta segunda-feira (29).

Desde o ano passado, manifestantes vão às ruas toda semana pedir a saída de Maduro do poder — 59 pessoas morreram em confrontos políticos na Venezuela desde o início do ano.

Nesta segunda (29), milhares de manifestantes bloqueavam uma rodovia de Caracas quando carros e tropas jogaram jatos d'água e bombas de efeito moral contra a população.

Publicidade

Henrique Caprilles, governador de Miranda e candidato derrotado por Maduro na última eleição presidencial, disse ter sido atingido por um policial após uma emboscada.

"Este governo é capaz de matar ou queimar qualquer coisa", declarou Caprilles à agência de notícias Reuters.

ATENCIÓN!! La GNB agredió a golpes al gobernador de Miranda @hcapriles y todo su equipo en una emboscada COBARDE!!!… https://t.co/EBjAMXEbX1

Outro líder oposicionista, o deputado Carlos Paparoni, bateu com a cabeça no chão e teve que ser levado ao hospital após ter sido alvo de um jato de água — assista ao momento abaixo.

Publicidade

VAMOS POR LA LIBERTAD ¿Así es como pretenden que abandonemos las calles? Pues no, aquí seguimos! Pa' lante

Os manifestantes responderam à investida da polícia com coquetéis molotov, paus, pedras e barricadas improvisadas.

O governo da Venezuela não divulgou declarações oficiais sobre o ocorrido na manifestação desta segunda-feira.

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.