back to top

Alckmin veta projeto de lei para instituir Segunda Sem Carne em órgãos públicos

Governador justificou veto ao dizer que, "embora bem intencionado", projeto é inconstitucional.

publicado

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vetou o projeto de lei que buscava instituir a Segunda Sem Carne nos restaurantes e refeitórios dos órgãos públicos do Estado.

Alexandre Carvalho/A2img

O governo justificou o veto, em nota, dizendo que a implantação de programas é atribuição do Executivo — e, portanto, o projeto seria inconstitucional.

Em entrevista ao Canal Rural, no dia 2, Alckmin havia dito que "embora bem intencionado, o projeto é equivocado, pois cerceia o direito das pessoas e desconsidera a capacidade que elas têm de tomar decisões sobre sua própria alimentação".

De autoria do deputado estadual Feliciano Filho (PSC), o projeto instituía que todos os órgãos públicos do Estado, exceto os da rede pública de saúde, deveriam substituir "carnes e seus derivados" por outros produtos às segundas-feiras.

Em entrevista ao BuzzFeed News, também no dia 2, Feliciano Filho defendeu seu projeto: “O objetivo é amplo e foi bem estudado. Não foi que eu acordei de manhã e falei ‘vamos fazer essa lei’. Existem pesquisas que mostram que o consumo de carne é excessivo. Sou defensor da causa animal, mas o projeto alcança uma questão de saúde", afirmou o deputado.

Veja também:

Este deputado propôs uma lei para criar a "Segunda-feira Sem Carne" nos órgãos públicos de SP

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.