go to content

Uma mulher autista fez um vídeo de seu cão a ajudando durante uma crise

O vídeo de Danielle Jacobs foi visto mais de 2,5 milhões de vezes no YouTube.

publicado

Este vídeo com imagens fortes foi postado no YouTube por Danielle Jacobs, 24 anos, de Tempe, Arizona.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

Ele mostra seu cão Samson a confortando durante um "colapso", porque ela queria que as pessoas vissem como é ter síndrome de Asperger, um tipo de transtorno do espectro autista.

Danielle contou ao BuzzFeed News que ela pegou Samson, um rottweiler de 4 anos, do abrigo de animais HALO, em Phoenix, depois de várias avaliações e estudos.

Ela disse: "eu imediatamente comecei a treiná-lo para o trabalho com a síndrome de Asperger, PTSD, TBI e transtorno de ansiedade. Ele alerta para colapsos, raiva, episódios depressivos, flashbacks e pesadelos, estereotipia, proporciona equilíbrio e contrapeso e alerta para ataques de pânico."

Danielle diz que a síndrome de Asperger afeta "tanto crianças quanto adultos em situações sociais." Ela diz que as pessoas com síndrome de Asperger "estão na extremidade altamente funcional do autismo e carregam alguns traços como aqueles do autismo clássico, como [ter] colapsos ...[e] fala e comportamento repetitivo."

No entanto, ela acrescenta: "as pessoas com síndrome de Asperger têm um vasto conjunto de competências linguísticas: elas podem ser [academicamente] inteligentes e, muitas vezes, à frente de sua classe."

Jacobs contou ao BuzzFeed News que ela foi diagnosticada em maio de 2013 e espera aumentar a conscientização sobre suas experiências.

"O que eu gostaria que o público soubesse é que crianças ou adultos em uma loja gritando ou chutando e chorando podem não [estar] fazendo birra porque não estão recebendo o que querem — pode ser porque as luzes as estão machucando porque são muito brilhantes, os cheiros na loja [são] muito fortes, e é barulhento demais para seus ouvidos e a única maneira de se expressar é através de um colapso", explicou ela.

Jacobs acrescentou que as pessoas não devem oferecer conselhos aos pais ou dizer como as crianças precisam ser disciplinadas, porque agir dessa maneira é uma "forma de expressão" para pessoas com síndrome de Asperger.

"Alguém me disse uma vez que as pessoas com Asperger ou autismo são como um computador", disse ela. "Há muita entrada [e] a saída não é suficiente — [você] perde energia e trava."

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss