win

17 coisas que te assustam sobre bebês antes de você ter um

Você está certo de estar aterrorizado?

1. Você não vai mais poder sair.

Sair de casa é realmente mais complicado depois de ter filhos, mas ainda acontece (com um pouco de planejamento). E ainda - aviso com antecedência - o seu tipo de diversão muda. Uma festa de aniversário de criança, por exemplo, pode ser muito legal quando todos os seus amigos estão lá.

2. Levar uma xixizada.

Eu tenho boas e más notícias. A má notícia é que você vai levar uma xixizada (e muitos outros líquidos nojentos também). A boa notícia é que o que parece nojento antes de você se tornar pai ou mãe não parece grande coisa quando o seu bebê chega. Além disso, aqui vai uma dica de profissional: Coloque uma toalha sobre o pênis do seu bebê enquanto você troca a fralda dele. Isso evitará qualquer espirro repentino.

3. Não saber o que fazer quando o bebê chorar.

Na maioria das vezes o bebê chora por uma de três razões - ele está com fome, cansado ou molhado. Resolver uma dessas três coisas vai acalmar o seu bebê 99% das vezes.

4. Não dormir o suficiente.

NBC / Via replygif.net

Eu não vou mentir para você - você não vai dormir o suficiente, especialmente durante os primeiros meses. O melhor conselho que me deram quando eu me tornei pai pela primeira vez foi o de dormir sempre que o bebê estiver dormindo. Então se o seu bebê tirar um cochilo, tire um cochilo também. É tentador entrar no Facebook ou ligar a TV, mas você vai se arrepender de ter feito isso quando você estiver acordado as quatro da manhã com o bebê.

5. Não conseguir sustentar a sua família.

Universal Media / Via people.co.uk

Bebês custam muito dinheiro, mas a maioria dos casais gastam menos dinheiro em outras áreas depois que o bebê nasce (como entretenimento), então a nova despesa não é tão opressiva quanto parece. Claro, é sensato dar uma boa olhada em como o seu orçamento pós-bebê vai ficar antes que ele chegue.

6. Seu bebê vai morrer.

Essa é pesada, mas não há como evitar o fato de que alguns bebês morrem inesperadamente. Porém, a causa que lidera a mortalidade infantil na América, a Síndrome de Morte Súbita Infantil, é muito rara, afetando 1 em cada 2000 bebês. Ao invés de surtar sobre o que pode acontecer, é melhor fazer alguma coisa para minimizar o risco de MSI, como parar de fumar, treinar o seu bebê para dormir de costas e certificar-se de que não há brinquedos ou cobertores dentro do berço.

7. A moleira.

The Mayo Clinic / Via riversideonline.com

Eu vou ser totalmente honesto e admitir que eu ainda fico um pouco assustado com a moleira do bebê. A moleira, na realidade, são duas aberturas entre os ossos do crânio de um bebê que o ajudam a navegar com segurança pelo canal do parto e cria espaço para o crescimento do seu cérebro. Por sorte, os pontos fecham depois de um ou dois anos, mas mesmo antes disso é tranquilizador perceber que a moleira não é tão delicada quanto parece, graças a uma membrana resistente. Porém, ainda é necessário ser muito delicado com ela e você esteja totalmente autorizado a dizer que isso te assusta.

8. O bebê vai afetar a sua vida sexual.

Universal Pictures / Via bradyspewingnonsense.blogspot.com

Sexo obviamente ainda acontece depois dos filhos, porque se não acontecesse toda criança seria filho único. Dito isso, você vai ter saudades da facilidade com que você e a sua parceira faziam sexo nos seus dias pré-bebê. Você muitas vezes vai estar cansado demais ou simplesmente sem tempo o suficiente, mas você vai descobrir como fazer isso acontecer, seu gostosão.

9. Seu casamento vai mudar.

Universal Pictures / Via postmortemdepression.blogspot.com

Acrescentar um bebê na mistura adiciona muita pressão no relacionamento, então as coisas podem mudar, mas um bebê também cria um laço incrível entre o casal que não existia anteriormente. Se você focar na comunicação e não deixar o seu relacionamento se perder em todos os cuidados com o bebê, vocês devem ficar bem.

10. Você não vai criar um laço com o seu bebê.

Muitos pais sentem uma conexão imediata com os seus bebês, mas outros demoram para fazer essa ligação. Se não acontecer de imediato, não se preocupe. Vai acontecer.

11. Você vai machucar o seu bebê.

Antes de ter um bebê é fácil ter medo de que você vai acidentalmente machucar o seu, devido ao quão pequenos e indefesos eles aparentam ser, mas depois de cuidar do seu bebê por um tempo, isso para de ser tão assustador. É claro, sempre ser cuidadoso com o seu bebê faz uma grande diferença para mantê-lo seguro.

12. Você vai ser um péssimo pai.

Leva um bom tempo para estragar o seu filho, então se você não pegar o jeito imediatamente, você não vai fazer com que sua criança vire um cheirador de cola em quinze anos. Além disso, o fato de você estar preocupado com a ideia de ser um péssimo pai é um bom sinal de que você não vai ser assim.

13. Ter que crescer.

Eu conheci vários pais prestes a terem filhos cujas maiores preocupações eram que eles não poderiam mais jogar videogame ou ficar acordados bebendo cerveja com os amigos. Bom, eu sinto dizer que novos pais não poderão fazer muito essas coisas, mas isso não é tão ruim. “Crescer”, ou tornar-se mais responsável, é na verdade algo positivo, e na hora certa você vai ter orgulho de saber que você é de confiança para a sua família. (Além disso, você ainda vai poder curtir o seu Call of Duty, só que com menos frequência.)

14. Sua casa não estará pronta para o bebê.

Quartos sofisticados de bebê são adoráveis, mas no fim das contas você não precisa de muito para cuidar de um bebê (berço, fraudas, roupas). Se a sua casa não estiver totalmente pronta até o bebê chegar, não é um grande problema. Sério. Fale para a sua mãe que eu disse isso.

15. Você não será capaz de amamentar.

Se a amamentação não acontecer naturalmente, existem coisas simples que você pode fazer - como visitar uma especialista em lactação - que irá ajudá-la a amamentar o seu bebê. Se, entretanto, amamentar nunca ficar mais fácil, não há nenhuma vergonha em dar a mamadeira para o seu bebê.

16. O bebê não vai crescer de acordo com o padrão.

Bebês crescem em velocidades diferentes, então se o seu bebê for menor ou maior do que o normal, ou engatinhar depois do que os outros, não se preocupe se o seu pediatra não se preocupar também. Saiba que Einstein não engatinhou até os dois anos e meio. (Aviso: Isso não é verdade sobre o Einstein, mas o desenvolvimento tardio do bebê não indica nada sobre como ele será quando ficar mais velho. Inclusive, o Presidente Obama não sentava sem ajuda até os quatro anos de idade. Droga. Isso também não é verdade.)

17. Seu bebê não vai te amar.

Você está brincando? Bebês são geneticamente programados para amar você até mesmo se você monopolizar o controle remoto ou esquecer de levar o lixo para fora! Tudo o que você precisa fazer é continuar trocando e alimentando eles. Bebês são incríveis desse jeito.

Check out more articles on BuzzFeed.com!

Este post foi traduzido por usuarios de Duolingo, um serviço que ajuda estudantes de idiomas praticar suas hablidades traduzindo textos do dia-a-dia para suas línguas maternas. Queremos continuar crescendo e melhorando o nosso conteúdo. Se você tiver sugestões ou comentários envie-nos um email ao brasil@buzzfeed.com. Obrigado!

Buzzing agora