Mulheres adotam o movimento fitness “Progresso Reverso” e aprendem a amar seus corpos

Duas mulheres amantes do fitness mostram tudo ao compartilhar (e amar) seu corpo após ganharem peso.

1. Mostrar o progresso do corpo na perda de peso através de fotos “antes e depois” tornou-se tão parte do processo re emagrecimento na era da internet quanto a contagem de calorias num smartphone.


Mas duas mulheres adeptas ao fitness; uma instrutora conhecida e uma fisiculturista competitiva, descobriram que compartilhar publicamente as fotos de seu “progresso inverso” - onde revelam imagens de corpos menos tonificados após diminuírem a frequência nos exercícios e ganharem um pouco de peso - apenas veio ajudá-las a aprender a se amarem mais.

2. A mãe austríaca Tara Brumfitt lutou contra questões da imagem corporal durante a maior parte da vida.

Após o nascimento dos três filhos, ela ficou particularmente obcecada em recuperar o corpo pré-gestações.

3. Tara entrou no mundo das competições de fisiculturismo.

 

Mas, apesar de emagrecer, ela ainda odiava sua aparência. “Eu tinha um corpo perfeito sim, ou quase isso, e quer saber?” disse ela, “nada mudava a forma como eu via meu corpo”.

4. Tara então percebeu que tinha que realizar a difícil tarefa de aprender a amar o seu corpo, a todo custo.

Então ela criou o Body Image Movement.

5. O Body Image Movement ajuda a desafiar as mensagens negativas que mulheres e meninas dizem a si mesmas sobre seus corpos.

View this embed ›

Sara diz que ela foi motivada a fazer isso para que sua filha não passasse pelo que ela passou. “Como eu vou ensinar a ela a amar seu corpo”, ela escreveu no seu site. “Como eu vou encorajá-la a aceitar e amar eu corpo, enquanto eu estou parada a sua frente com um corpo cheio de cirurgias plásticas? Que tipo de mãe hipócrita eu seria?”

6. Ela inscreveu um projeto no Kickstarter para financiar seu documentário “Embrace”, com o qual ela espera incentivar as mulheres a realmente avaliarem como se sentem a respeito de seus próprios corpos.

Aqui você pode saber mais sobre isso.

7. A especialista em fitness Neghar Fonooni tem um blog popular sobre alimentação e treinos saudáveis, chamado Eat, Lift & Be Happy, onde ela costuma mostrar imagens de si mesma em ótima forma, enquanto se esforça na academia (ou onde quer que tenha vontade de se exercitar) .

9. Mas a moradora de Santa Monica admitiu ter ganhado alguns quilos quando decidiu priorizar “ser a melhor mãe e esposa que posso ser”.

11. Recentemente, Fornooni postou no Facebook uma foto do “progresso reverso”, para mostrar que “profissionais do fitness não são perfeitos” e que todos têm variações de peso.

12. A instrutora ganhou mais de 6 quilos, e passou de 12% a 18% de gordura corporal. Mas apesar de chamar a foto de “progresso reverso” Fonooni disse que ela sentiu de fato que foi um “progresso real”.


Embora ela estivesse mais magra na foto da esquerda, Fonooni disse que estava “infeliz” na época, num relacionamento abusivo onde havia falta de confiança.

No post que se tornou viral no Facebook, a mãe da Califórnia disse que agora se exercita de 15 e 30 minutos por dia em vez de duas horas, não se estressa com a alimentação, e bebe quanto vinho tinto quiser.

Ela percebeu que sua decisão de valorizar menos o corpo escultural e a contagem de calorias e mais o seu bem-estar e felicidade era a atitude mais saudável que poderia ter.

“Eu estou mais feliz agora”, escreveu.

Estou compartilhando isto com você porque quero que veja que os profissionais do fitness não são perfeitos. Nem sempre estamos trincados e não deveríamos lhes mostrar apenas nossos melhores momentos. Em alguns momentos estou mais magra do que em outros, e essa flutuação é normal. Levei anos para me sentir bem com esse fato, e a aceitar meu corpo como ele é, com 5 quilos a mais ou a menos. Eu poderia ver aquela foto de 2009 e me sentir mal por ter engordado, ou poderia ver a foto de algumas semanas atrás e sentir orgulho de mim mesma. Eu escolhi o orgulho.

Leia a continuação do post aqui.

Check out more articles on BuzzFeed.com!

Este post foi traduzido por usuarios de Duolingo, um serviço que ajuda estudantes de idiomas praticar suas hablidades traduzindo textos do dia-a-dia para suas línguas maternas. Queremos continuar crescendo e melhorando o nosso conteúdo. Se você tiver sugestões ou comentários envie-nos um email ao brasil@buzzfeed.com. Obrigado!

Conversas no Facebook
Buzzing agora