Promoted
Promoted

26 vilãs maléficas e maravilhosas da televisão brasileira

Vai encarar?

“Império”, a nova novela da Rede Globo que estreia hoje terá, não só uma, como duas vilãs, interpretadas pelas atrizes Lília Cabral e Drica Moraes. Como a gente não vê a hora de ver o circo pegar fogo resolvemos relembrar outras 26 vilãs maravilhosas da teledramaturgia brasileira!

1. Odete Roitman

Intérprete: Beatriz Segal.
Novela: Vale Tudo (1988).
Função na trama: Odiar o Brasil.
Maldade principal: Não tem como contabilizar.
Bordões: Foi tanta frase maravilhosa, que durante a reprise da novela em 2010 surgiu um perfil no twitter só de quotes dos personagens.
Porque é maravilhosa: Ela odeia as pessoas, odeia o Brasil e ainda por cima é mãe da Heleninha Roitman (Renata Sorrah), a maior alcoólatra da televisão. Para completar foi assassinada, dando origem ao eterno bordão “Quem matou Odete Roitman?”. No dia da exibição da morte dela, em um sábado de Natal, a novela registrou 81 pontos no Ibope, com picos de 92. Tá meu bem!

2. Maria de Fátima Acioli

Intérprete: Glória Pires.
Novela: Vale Tudo (1988).
Função na trama: Ficar rica e causar com a mãe, a honesta e trabalhadora Raquel Acioli (Regina Duarte).
Maldade principal: Já no começo da trama Maria de Fátima vende a casa que herdou do avô e abandona a mãe sem nada. Em outro momento ela simplesmente vende o filho.
Bordões: Maria de Fátima era mais fã de barraco do que de bordão.
Porque é maravilhosa: Ela deu calote na mãe e vendeu o filho. Quer mais?

3. Perpétua Esteves Batista

Intérprete: Joana Fomm.
Novela: Tieta (1989).
Função na trama: Infernizar a vida da irmã Tieta (Betty Faria) e fazer o filho Ricardo (Cássio Gabus Mendes) virar padre.
Maldade principal: Daquelas vilãs maravilhosas pela língua ferina.
Bordões: “Teuda” e “Manteuda” ao se referir a amantes.
Porque é maravilhosa: Além de usar peruca, Perpétua era tão louca que guardou o pênis do marido morto em uma caixinha a novela toda.

4. Laurinha Almeida Albuquerque Figueroa

Intérprete: Glória Menezes.
Novela: Rainha da Sucata (1990).
Função na trama: Tombar a Maria do Carmo (Regina Duarte).
Maldade principal: Se matar com um brinco da Maria do Carmo na mão pra incriminá-la por sua morte.
Bordões: Não tinha bordão, porém, a frase “coisas de Laurinha”, proferida por Paulo Gracindo virou uma expressão para se referir a coisas absurdas.
Porque é maravilhosa: Ninguém é mais fácil de se odiar do que alguém da elite decadente que tem inveja da classe emergente.

5. Raquel Araújo de Assunção

Intérprete: Glória Pires.
Novela: Mulheres de Areia (1993) - Segunda versão.
Função na trama: Ficar rica.
Maldade principal: Roubar o boy da irmã gêmea.
Bordões: Nenhum, apenas o “Rutinha é boa, Raquel é má”, que o Tonho da Lua dizia (Marcos Frota).
Porque é maravilhosa: Porque ela era escrota e destruía as escultura de areia do Tonho da Lua.

6. Branca Letícia de Barros Mota

Intérprete: Susana Vieira.
Novela: Por Amor (1997).
Função na trama: Infernizar todo mundo, em especial a filha, Milena de Barros Mota (Carolina Ferraz).
Maldade principal: Criou o filho que teve com Atílio (Antônio Fagundes), como sendo do marido, Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella). O legal mesmo é que ela curtia o Atílio e favorecia o filho que teve com ele, só que errou o filho e passou a vida protegendo Marcelo (Fábio Assunção) enquanto era pra ter protegido o Leonardo (Murilo Benício).
Bordões: Nenhum, Manoel Carlos não curte bordões.
Porque é maravilhosa: Porque era uma pentelha e mesmo quando terminou a novela sozinha e cagada manteve a pose.

7. Laura Saboya Trajano

Intérprete: Vivianne Pasmanter.
Novela: Por Amor (1997).
Função na trama: Infernizar a Maria Eduarda Vianna de Barros Mota (Gabriela Duarte).
Maldade principal: Nada de mais, só causava mesmo.
Bordões: Não tinha também, mesmo motivo da vilã anterior.
Porque é maravilhosa: Porque ela só abria a boca pra falar ironia, infernizava a Maria Eduarda que era a personagem mais chata da novela e ainda por cima foi jogada de uma cadeira de rodas em uma piscina quando tava toda engessada.

8. Maria Altiva Pedreira de Mendonça e Albuquerque

Intérprete: Eva Wilma.
Novela: A Indomada (1997).
Função na trama: Causar com todo mundo da fictícia Greenville.
Maldade principal: Passou a novela inteira dando truque e tentando fechar o puteiro da Zenilde (Renata Sorah), além de infernizar a vida da sobrinha Helena (Adriana Esteves) .
Bordões: “Óxenti, mai gódi”.
Porque é maravilhosa: Falsa beata, manipuladora e divertida. Não tem erro. Morrer e virar uma fumaça que promete voltar pra continuar infernizando a galera foi o toque a mais.

9. Maria Regina Berganti Cerqueira Figueira

Intérprete: Letícia Spiller.
Novela: Suave Veneno (1999).
Função na trama: Tomar o controle da empresa do pai Valdomiro Cerqueira (José Volker) e humilhar o marido Álvaro (Kadu Moliterno).
Maldade principal: A novela foi tão ruim que a gente nem lembra, mas a Letícia Spiller morena e com olhar de desprezo valeu a pena.
Bordões: Nada de bordão também.
Porque é maravilhosa: Ela passou a novela gongando o Kadu Moliterno e ainda se jogou de um penhasco com o amante no último capítulo.

10. Laura Prudente da Costa

Intérprete: Cláudia Abreu.
Novela: Celebridade (2003).
Função na trama: Destruir Maria Clara Mello Diniz (Malu Mader).
Maldade principal: Deixar a inimiga pobre e matar o Lineu Vasconcelos (Hugo Carvana).
Bordões: “Cachorra” (Ela mesma) e “Michê” (o namorado Marcos Rangel, interpretado por Márcio Garcia).
Porque é maravilhosa: Porque só se ferrava a novela toda e ainda levou uns tabefes no banheiro.

11. Olga Gonçalves Lima Peixoto

Intérprete: Priscila Fantin.
Novela: Chocolate com Pimenta (2003).
Função na trama: Praticar bullying com a Aninha (Mariana Ximenes).
Maldade principal: Jogar um balde de tinta na cabeça da protagonista da novela.
Bordões: Novela das 18 horas não rende muito bordão.
Porque é maravilhosa: Ela foi a única vez que a Fantin atuou direitinho.

12. Dóris de Souza Duarte

Intérprete: Regiane Alves .
Novela: Mulheres Apaixonadas (2003).
Função na trama: Brigar com o irmão porque ele se masturbava demais e maltratar os avós idosos.
Maldade principal: Empurrar o avô Leopoldo (Oswaldo Louzada).
Bordões: Manuel Carlos de novo, só as piadas de masturbação que eram boas.
Porque é maravilhosa: Porque a gente odiou com todas as forças alguém por 9 meses, sem ter um pingo de apego e quase morreu de tanto torcer com a surra que levou do pai Carlão (Marcos Caruso).

13. Nazaré Tedesco

Intérprete: Renata Sorrah.
Novela: Senhora do Destino (2004).
Função na trama: Roubar o bebê da Maria do Carmo (Susana Vieira).
Maldade principal: Jogar as pessoas pela escada e/ou esfaqueá-las.
Bordões: “Cheiro de couro”, “Songamonga” e “Anta nordestina”.
Porque é maravilhosa: Porque além de tudo, ela sambava em cima do colchão frequentemente.

14. Bárbara Campos Sodré

Intérprete: Giovanna Antonelli.
Novela: Da Cor do Pecado (2004).
Função na trama: Emperrar a vida da Preta (Taís Araújo).
Maldade principal: Além de armar tudo que dava para destruir a protagonista, Bárbara ainda maltratava o filho Otávio (Felipe Latgé), de apenas 8 meses.
Bordões: Não havia, mas piadas racistas eram as preferidas da vilã.
Porque é maravilhosa: Acabou a novela no lixão vestida de noiva. Ponto.

15. Bia Falcão

Intérprete: Fernanda Montenegro.
Novela: Belíssima (2005).
Função na trama: Exterminar Vitória Rocha Assumpção (Cláudia Abreu), noiva pobre do neto.
Maldade principal: Além de mandar matar uma galera, forjou a própria morte para encobrir um monte de maldades e crimes que cometeu.
Bordões: Silvio de Abreu é bom de bordão, mas só no núcleo pobre.
Porque é maravilhosa: Pra começar é a Fernanda Montenegro né? Como se não bastasse isso ela acaba a novela fugindo com o Cauã Reymond que interpretava um michê.

16. Cristina Ávilla Saboya

Intérprete: Flávia Alessandra.
Novela: Alma Gêmea (2005).
Função na trama: Ficar com o Rafael (Eduardo Moscovis).
Maldade principal: Matou, roubou e simulou uma gravidez para efetivar um casamento.
Bordões: Flávia Alessandra fazendo uma papel bacana e ainda querem bordão?
Porque é maravilhosa: Porque era incrível ver a Flávia Alessandra trincando o dente para parecer má.

17. Bebel

Intérprete: Camila Pitanga.
Novela: Paraíso Tropical (2007).
Função na trama: Ser capacho do Olavo (Wagner Moura).
Maldade principal: Ela na verdade não era má, só apaixonada pelo vilão da trama e acabou dando vários golpes. De tão boa ofuscou a verdadeira vilã da trama,
Taís Grimaldi (Alessandra Negrini).
Bordões: “Catiguria”.
Porque é maravilhosa: Camila Pitanga nunca tinha estado tão linda na televisão. Dissimulada, a prostituta termina a novela rica como amante de diversos políticos após se tornar assessora parlamentar.

18. Maria Sílvia Barreto Pessoa de Moraes

Intérprete: Alinne Moraes.
Novela: Duas Caras (2007).
Função na trama: Ser louca.
Maldade principal: Se atirar de uma escada para estragar uma festa, entre outras coisas.
Bordões: Não dava tempo, ficava fazendo cara de psicopata.
Porque é maravilhosa: De tão louca, foi parar em um manicômio, de onde fugiu e foi atropelada por um milionário que a leva para França. De quebra ainda carrega J.B (Júlio Rocha) como motorista e amante.

19. Norma Gusmão

Intérprete: Carolina Ferraz.
Novela: Beleza Pura (2008).
Função na trama: Ser rica.
Maldade principal: Ser rica.
Bordões: “Eu sou rica, ricaaaaaa”.
Porque é maravilhosa: Porque ela era rica.

20. Flora Pereira da Silva

Intérprete: Patrícia Pillar.
Novela: A Favorita (2008).
Função na trama: Se vingar da Donatela (Cláudia Raia).
Maldade principal: Olha foi tanta morte, falcatrua e agressão que não dá nem pra escolher uma.
Bordões: Ela não tinha bordão mas foi responsável pelas melhores frases da TV brasileira. Ao atirar em Donatela, a rival afirma que tem mais coisas a dizer, Flora então responde: “Não tem problema, depois você psicografa”.
Porque é maravilhosa: A gente passou uns três meses jurando que a vilã era a Donatela, depois disso Flora fincou o pé como a vilã e só foi enlouquecendo. E assim, não tem como não amar uma vilã que te engana por três meses.

21. Yvonne Magalhães Oliveira

Intérprete: Letícia Sabatella.
Novela: Caminho das Índias (2009).
Função na trama: Ser uma louca psicopata.
Maldade principal: Roubar o marido da melhor amiga Silvia Cadore (Débora Bloch).
Bordões: Gloria Perez ama bordão, mas só no núcleo pobre e étnico da novela, vilão não.
Porque é maravilhosa: Porque além de usar as roupas mais lindas da novela ela foi a única personagem da Letícia Sabatella que não fez a gente dormir. O fato de ter deixado o batom snob na moda a gente não sabe se curte porque é o batom mais horrível do mundo, mas ok.

22. Tereza Cristina Velmont

Intérprete: Christiane Torloni.
Novela: Fina Estampa (2011).
Função na trama: Empurrar as pessoas da escada, andar com seu mordomo gay à tiracolo e aloprar a Pereirão (Lilia Cabral).
Maldade principal: Jogar um monte de gente da escada.
Bordões: “Bebê”
Porque é maravilhosa: Era a rainha do Nilo, cafona e meio louca. Sem contar que tinha similaridades com sua intérprete Christiane Torloni.

23. Chayene

Intérprete: Claudia Abreu.
Novela: Cheias de Charme (2012).
Função na trama: Ser diva.
Maldade principal: Todas as maldades contra as empregadas domésticas da trama.
Bordões: “Curica”, “Brabuleta”, “Revelante”, “Rejuvelhecer”, “Chumbreguetes”, “Japonês de agulha”, “Frango”, “Frangole”, “Galego”, “Ariranha”, “Personal dietista” e “Perebíase”.
Porque é maravilhosa: Claudia Abreu interpretando a Joelma da Banda Calypso com toques de humor.

24. Princesa Úrsula Ávila de Seráfia

Intérprete: Débora Bloch.
Novela: Cordel Encantado (2012).
Função na trama: Ser rainha.
Maldade principal: Foi a responsável pela morte da rainha Cristina (Alinne Moraes) e pelo sumiço da pequena Aurora (Bianca Bin).
Bordões: Novela da seis, zero bordão.
Porque é maravilhosa: A duquesa Úrsula tinha simplesmente o melhor guarda roupas da Rede Globo. Apenas isso.

25. Carmen Lúcia Moreira de Souza Araújo

Intérprete: Adriana Esteves.
Novela: Avenida Brasil (2012).
Função na trama: Ganhar um Oscar.
Maldade principal: Já começou jogando a enteada Nina (Débora Falabella) no lixão.
Bordões: Tudo que falava virava um meme ou bordão, as ofensas contra a filha gordinha Ágatha (Ana Karolina Lannes) eram especialmente maravilhosas.
Porque é maravilhosa: Sei nem como explicar. Melhor novela, melhor vilã, melhor atriz. VOLTA AVENIDA BRASIL.

26. Aline Noronha

Intérprete: Vanessa Giácomo.
Novela: Amor à Vida (2013).
Função na trama: Se vingar de César (Antônio Fagundes).
Maldade principal: Envenenar o marido para deixá-lo cego.
Bordões: Como o vilão Felix (Mateus Solano) tinha todos os bordões da história não sobrou nenhuma pra Aline .
Porque é maravilhosa: Passou a novela toda de decote e ninguém julgou mesmo ela sendo secretária de um hospital.

Check out more articles on BuzzFeed.com!

Este post foi criado por um usuário e não foi aprovado pela equipe editorial do BuzzFeed. Na comunidade do BuzzFeed, qualquer pessoa pode publicar listas e criações maravilhosas.

 
 
Now Buzzing
Seguir