Relembrando Os 15 Dias Inesquecíveis Em Que Mick Jagger E Keith Richards Invadiram… Matão

Documentário reconta o rolê (quase) secreto dos Stones pelo interior de São Paulo em janeiro de 1969

Todo mundo lembra do rolê dos Stones no Rio no fim de ‘68, com aquelas famosas fotos da geral encarando o Mick Jagger e a Marianne Faithfull, namorada dele à época, como se eles fossem aliens.

Mas o que poucos sabem — e, quando sabem, com poucos detalhes — é que em janeiro de 69 a dupla esticou a viagem até Matão, interior de São Paulo, e passou cerca de 15 dias na Fazenda Boa Vista, então do banqueiro Walter Moreira Salles — sim, pai do diretor de cinema que fez “Central do Brasil” e “Na Estrada” (“On the Road”).

Enquanto a vizinhança tentava espiar o que raios estava acontecendo na fazenda, “invadida” por uns cabeludos estranhos a bordo de uma picape cheia de latas de cerveja, um funcionário local levava o jornal para a dupla todas as manhãs. Nessas, via o Keith Richards tomar banho *sem apagar o cigarro* e a Marianne Faithfull *cavalgando só de penhoar transparente*. Tudo isso pouco antes de lamentar *o bagaço* que o Mick se tornou.

Enquanto isso a imprensa da época, que não poucas vezes errou o nome do Mick Jagger, grafando “Jogger”, tentava descobrir para onde os Stones tinham ido. E os ingleses organizavam uma *festa junina na fazenda*, jogando crianças na piscina, estourando fogos de artifício e *ouvindo um sanfoneiro local de 12 anos* tocar.

Tudo isso está no divertidíssimo documentário “Aliens 69: Quando os Rolling Stones Invadiram Matão”, dos alunos de jornalismo Diego Gibertoni, Fernanda Vilela, Gianfrancesco Bariani, Matheus Carvalho e Rafael Zocco, do Centro Universitário de Araraquara (UNIARA), sob orientação do professor Fabrício J. Mazocco.

Check out more articles on BuzzFeed.com!

This post was created by a member of BuzzFeed Community, where anyone can post awesome lists and creations. Learn more or post your buzz!

          
    Now Buzzing